fbpx

5 vilões dos estudantes que almejam o sucesso

Estudantes que desejam alcançar uma meta determinada precisam de uma rotina de esforço, organização e regularidade. Ou seja, não basta saber o que deve ser estudado.

Por isso que muitas pessoas sofrem com verdadeiros inimigos dos estudos. Eles surgem para atrapalhar o foco, o cumprimento de prazos e a eficiência da aprendizagem.

Confira a seguir uma lista com os cinco principais vilões dos estudantes, das crianças aos que se preparam para os concursos públicos.

1. Planejamento zero

É comum estudantes acreditarem que basta sentar frente ao caderno / computador para conferir vídeos e ler textos para estudar eficientemente. Contudo, esse estilo não costuma trazer resultados benéficos.

O ideal é que se faça um planejamento, por mais básico que seja. E mesmo que a meta seja apenas ir bem na prova de matemática da oitava série, por exemplo.

Criar um cronograma de estudos ajuda muito na organização dos conteúdos que precisam ser aprendidos, daqueles que geram maior e menor dificuldade, bem como nos prazos existentes.

Para ser bem estruturado, esse plano deve conter horários para iniciar e terminar os estudos de cada matéria e as pausas para descanso.

Concurseiros: Dicas para organizar o cronograma de estudos

2. Bagunça total

Você pode ter um planejamento de estudos, mas todo o resto está bagunçado. Isso ocorre com muitos estudantes e prejudica demais o aprendizado.

Afinal, não basta saber o que será estudado, ter horários pré-definidos, se falta um local adequado para estudar, uma boa iluminação, não se sabe onde estão todos os materiais e há inúmeras distrações ao lado.

Portanto, é primordial fazer uma limpa no local de estudos antes de começar essa rotina. Deixe o ambiente limpo, minimamente organizado e deixe disponível todos os materiais necessários para estudar.

Você Pode Gostar Também:

3. Tarefas múltiplas

Achar que é um super-herói e que vai conseguir armazenar conteúdos de alguma matéria fazendo outras coisas junto é um erro crasso.

Foco é a palavra-chave para estudantes terem sucesso. Portanto, na hora de estudar, não abra o Youtube para acompanhar aquele canal de futebol que você gosta tanto. Ou fique com a televisão ligada na novela, enquanto assiste à vídeo-aula.

Em relação a ouvir música, há estudos que garantem benefícios ao estudar, mas desde que sejam instrumentais. Ou seja, quando ela tem letra, pode atrapalhar em vez de ajudar.

Estudar com música ajuda? Veja o que dizem as pesquisas

4. Maus hábitos

Um ponto que passa despercebido pelos estudantes é o hábito diário de alimentação, de sono, assim como de exercício físico. Esses três pilares têm potencial para prejudicar a energia para estudar, a capacidade de aprendizado, de retenção de memória e de concentração.

Sendo assim, para alcançar o sucesso, procure manter uma alimentação balanceada, rica em nutrientes. Também crie uma rotina de atividades físicas, mesmo que seja uma caminhada de 30 minutos, e tenha boas noites de sono.

5. Vício em redes sociais

Atualmente, o vício em redes sociais atinge grande parte da população que usufruem da internet. Não só os jovens ficam horas navegando por esses sites, mas os adultos também.

Dessa forma, tanto os que precisam estudar para ir bem no ensino médio, passar no vestibular, quando os concurseiros, se prejudicam com os vilões que são os apps de relacionamento.

Essa é uma das maiores válvulas para praticar a procrastinação. Por isso que é indicado deixar o celular longe quando for a hora de estudar.

Pois é, quem diria que esses pilares simples são os grandes vilões de estudantes, não é mesmo? Eles chegam sem fazer cerimônia na vida de todo mundo praticamente, e quando menos se espera se instalam e prejudicam demais o cumprimento de metas.

Leia também outro artigo que pode ser interessante: Estudante: Dois maiores erros que afastam o alcance de metas

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!