fbpx

À francesa no Brasil

Um novo oásis da moda acaba de surgir no coração da capital paulista. O CJ Shops Jardins, um espaço de 13.691 metros quadrados na rua Haddock Lobo, que pode ser equiparado aos grandes magazines europeus do gênero. A céu aberto e com ventilação natural, o novo empreendimento projetado pelo arquiteto Arthur Casas chega como o grande lançamento do ano do grupo JHSF, também responsável pelo Shopping Cidade Jardim há mais de dez anos. O conceito de um centro de compras diferente, com jardins e uma tentativa de aproximar o visitante da natureza presente no shopping ao lado do rio Pinheiros há uma década, é revistado agora no novo empreendimento do grupo imobiliário.

A paisagista Maria João d’Orey é quem tem a tarefa de aproximar a natureza dos espaços de compra e entretenimento, algo válido em se tratando de São Paulo, muita vezes, e com razão, associada ao cinza. No campo da moda, o CJ Shops Jardins vai abrigar marcas internacionais que aterrissam pela primeira vez em solo brasileiro.

Um passeio pelo espaço permite a identificação de duas butiques que estão chegando, inclusive, pela primeira vez à América do Sul. A francesa Isabel Marant, conhecida pelo estilo com referências entre o boho e o rock. E Inès de la Fressange, ícone e símbolo do estilo da mulher parisiense. Apelidada de “chique sem esforço “ou “naturalmente elegante”, a marca foi fundada pela ex-modelo de nome homônimo e escritora do best-seller La Parisienne. No Brasil, A Parisiense.

“Em Paris, notei ter muitos clientes brasileiros e o meu amigo Bruno (Astuto, Chief Creative Officer (CCO) do grupo JHSF) contou-me sobre o projeto e disse que eu deveria abrir um espaço no Brasil. Hoje em dia é sinal de sucesso estar no Brasil, todas as marcas mais famosas estão aí”, diz Inès sobre a chegada da etiqueta dela ao País.

A obra A Parisiense desvenda o estilo e o modo francês de se vestir e de viver. Inès exportou de forma simples e clara um guia prático da elegância da mulher francesa, tornando-se, assim, mundialmente conhecida. Sua visão sobre a moda mostra-se alinhada com o nosso tempo, em que o consumo mais consciente é palavra de ordem. “Desde sempre adoro roupas e moda, mas, acima de tudo, gosto do estilo. Meu conselho foi sempre comprar coisas que ajudem você a se sentir melhor e não itens para se exibir como uma vítima da moda. Assim, você vai amar suas roupas por muito tempo. Guarde-as e misture-as, isso vai embelezar sua personalidade”, afirma a estilista em entrevista exclusiva ao Estadão.

Seus conceitos são traduzidos e facilmente visíveis nas peças da loja que acaba de abrir no Brasil. Modelos sofisticados clássicos e atemporais, com forte foco na camisaria e a presença marcante de calças de corte reto e cintura alta. Tudo pontuado por estampas irreverentes e atuais e um mix de tons neutros e cores vivas. O tipo de peça que se tornam curingas em qualquer armário e que podemos levar para a vida toda sem nunca parecer datado.

A moda de Inès de la Fressange se torna ainda mais interessante quando se conhece a criadora. Em um passeio pelo seu feed do Instagram, que é o mesmo para a vida pessoal e para a marca, surge uma mulher em movimento, com pés no chão e sorrisos, luz do sol e uma leveza que já se tornaram a marca registrada da ex-modelo. Sobre imagem, sua melhor dica é a autenticidade: “Se tivesse que dar um só conselho, seria não trapacear. Seja sincera e você será sedutora. Não pense tanto na sua imagem, pense em quem você é e no que você ama”.

A moda de Inès de la Fressange faz ainda mais sentido para a brasileira de vida ativa e contemporânea. Certamente, a moda francesa será traduzida aqui ao estilo local, como é feito com criações de outras marcas. O caminho é promissor, pois há uma similaridade marcante já identificada por Inès, que conclui: “acredito que o gosto pela felicidade seja minha ligação com a mulher brasileira”.

Veja também:

Forte batida deixa duas pessoas feridas no Centro de Cascavel

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais