“achavam que eu tinha perdido a cabeça” – Notas – Glamurama

Costanza Pascolato no Conversa com Bial // Reprodução

Costanza Pascolato brilhou no último programa ‘Conversa com Bial’. Acompanhada das filhas Alessandra e Consuelo – que aliás tem seu blog hospedado aqui no Glamurama -, deu um show de bom humor e rebeldia do alto de seus 80 anos. No bate-papo, delicioso por sinal, o trio relembrou momentos em família e contou sobre quando Costanza se apaixonou por outro homem e se separou do então marido, pai de suas filhas. Um escândalo na época, que fez a consultora de moda ser deserdada pelos pais e perder a guarda das meninas. “Aprendemos a conviver com isso. O que a gente procurou fazer no livro foi mostrar os três lados. O que estava acontecendo enquanto ela estava numa paixão enlouquecida, o que acontecia com a gente lá e o que a minha avó estava pensando. É o que é”, disse Alessandra, que está lançando o “O Fio da Trama”, livro que mostra a trajetória da família Pascolato desde a Itália até os dias de hoje.

“Meus pais achavam que eu tinha perdido um pouco a cabeça. Eles queriam proteger as duas (as netas), na verdade”, ponderou Costanza. Sobre o livro escrito por Alessandra, ela dispara: “Me choquei um pouco porque não lembrava das coisas. Por exemplo, no livro das meninas, elas pegaram diários, imagina, de adolescente, e um pouquinho mais e eu falava cada coisa que fiquei chocada!(…) Eu era meio disléxica”.

Claro que o tema moda apareceu várias vezes na conversa, afinal, permeia toda a história dos Pascolato: ostanza falou como faz para se manter sempre atual: “A curiosidade me habita, aliás, você sabe bem que criança é curiosa e eu nunca perdi isso. Para mim é impossível não entender uma coisa e não perguntar porque é assim. No fundo, minha vida, o que é? A moda. E o que é a moda se não o espelho do comportamento de uma época? Imagina eu com 80 anos, já vivi tudo. Quer dizer, desde os anos 50 até aqui, o mundo mudou de uma maneira tão extraordinária que para você viver bem isso tudo, você tem que saber porque, porque e porque.” Play pra conferir:

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.4&appId=1409357522615229”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Glamurama

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: