fbpx

Ações de interessadas em compra do TikTok recuam em meio a temores de bloqueio da China

As ações dos interessados na compra das operações dos EUA do TikTok, Microsoft, Oracle e Walmart, recuavam nesta segunda-feira, após decisão da China de restringir algumas exportações de tecnologia gerar temores de que Pequim bloqueie qualquer negócio envolvendo o aplicativo.

Logotipo do Tik Tok ladeada pelas bandeiras de China e EUA. 16/7/2020. REUTERS/Florence Lo

Foto: Reuters

As novas regras da China significam que a venda das operações norte-americanas do TikTok pela ByteDance pode precisar da aval de Pequim, disse um especialista em comércio à mídia estatal chinesa no domingo, exigência que complicaria a venda forçada e politicamente tensa do aplicativo.

Os três papéis reduziram perdas após a CNBC informar no início do dia, sem fornecer detalhes de suas fontes, que um acordo com o TikTok poderia ser anunciado já na terça-feira.

Executivos do TikTok disseram aos funcionários na semana passada que a empresa estava “agindo rapidamente para encontrar soluções para os problemas que enfrentamos globalmente, especialmente nos EUA e na Índia”.

A China, porém, revisou uma lista de tecnologias proibidas ou restritas para exportação pela primeira vez em 12 anos. Cui Fan, professor de comércio internacional da Universidade de Negócios e Economia Internacional de Pequim, disse que as mudanças se aplicariam ao TikTok.

“Isso é claramente direcionado a desacelerar as negociações da ByteDance neste arriscado jogo de pôquer”, disse Daniel Ives, analista da Wedbush Securities.

“Com o algoritmo principal do TikTok em jogo, a ByteDance/TikTok provavelmente agora precisará passar por um procedimento de licenciamento em torno da necessidade de transferir o código de software da China para os EUA.”

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!