fbpx

Alec Baldwin tem encontro emotivo com o viúvo e filho de Halyna Hutchins

Alec Baldwin já se encontrou pessoalmente com o viúvo de Halyna Hutchins e o filho dela, após o acidente fatal no set do filme Rust. Segundo a revista People, o encontro do ator com Matthew Hutchins e Andros, de nove anos, aconteceu no sábado 23 de outubro em La Posada, Santa Fé, Novo México, e foi tudo muito emotivo.

Em fotos que estão circulando online, os três parecem bastante emocionados durante o encontro. Alec foi visto abraçando Matthew e Andros, fora do hotel onde a família da falecida diretora de fotografia provavelmente está hospedada.

Uma testemunha comentou:

“Honestamente, Alec não parecia bem”, contou, acrescentando que os três se sentaram para o café da manhã e todos estavam ‘definitivamente tristes’ durante a reunião.

A fonte acrescentou que o ator de 63 anos se despediu de Matthew e Andros com um abraço.

DEPOIMENTOS

As autoridades estão pegando o depoimento de todos relacionados à produção do filme “Rust”, de Alec Baldwin, após a trágica morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que foi baleada e morta no set, por uma arma que disseram que era segura para o uso.

Segundo documentos da corte liberados no domingo 24 de outubro, o operador de câmera Reid Russell foi questionado sobre Baldwin no set, e ele disse ao detetive que o ator estava apenas ensaiando uma cena, onde tinha que sacar a arma enquanto estava sentado em um banco da igreja.

Veja+: Fotos do set onde a tragédia aconteceu!

Russell conta que a câmera não estava gravando quando a arma disparou, matando Hutchins, porque era apenas um ensaio.

Ele também escutou quando Dave Halls, o assistente de direção que está sendo investigado, entregou a arma ao ator dizendo ‘arma fria’, ou seja, uma forma de dizer que a pistola era segura para seu manuseio.

O câmeraman foi questionado como Baldwin lidava com as armas de fogo no set. Russell respondeu que o ator ‘era muito cuidadoso’, e citou um momento onde Baldwin se assegurou de que um ator mirim não estivesse perto dele quando a arma estivesse sendo disparada.

Veja+: Halyna Hutchins participou de protestas antes de sua morte

A declaração juramentada que foi liberada no domingo também inclui o depoimento de Joel Souza, que estava atrás de Hutchins e também foi ferido.

Ele disse que não sabia se a arma foi checada antes de ser entregue a Baldwin.

Souza afirmou que estava focado em como a cena apareceria na câmera. Ele disse que lembrava de ouvir a frase “arma fria” antes do disparo. Souza descreveu o som do tiro como ‘um chicote e um grande estrondo’.

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais