fbpx

Amanda Kloots lamenta não ter sido uma boa esposa para Nick Cordero


Amanda Kloots com Nick Cordero e o filho do casal, Elvis (Foto: Reprodução Instagram)

Amanda Kloots confessou um grande arrependimento em sua vida quando o marido Nick Cordero estava vivo: ela não o apoiou quando ele quis se dedicar somente à compor músicas e deixar a atuação.

A co-apresentadora do The Talk disse em uma entrevista ao jornal The New York Times que sente que não foi uma boa esposa porque não apoiou sua decisão, e isso foi um conflito para eles na época.

Ela achava que escrever músicas era uma perda de tempo e que os letristas não ganhavam muito dinheiro. Ela também afirmou que eles discutiram muito quando Nick quis se mudar de Nova York para Los Angeles, pois considerava que estando em Hollywood teria mais oportunidades para compor, mas Amanda não apoiou a mudança para ficar perto de sua família.

Posteriormente acabou aceitando porque sentiu que precisava se comprometer mais com sua nova família: “E aprendi a apreciar a musica de Nick, só que tarde demais”, justifica.

Aniversário do filho

O filho de Kloots com Nick Cordero, Elvis, completou dois anos dia 10 de junho e a apresentadora fez uma homenagem ao filho e a Nick ao mesmo tempo:

“Elvis Eduardo Cordero veio a este mundo após 56 horas de trabalho de parto em 10 de junho às 6h41 (…) No minuto em que cruzei os olhos com ele, soube que era uma velha alma. Nick foi imediatamente o pai mais lindo e nós dois não podíamos acreditar que nosso pequeno milagre finalmente havia chegado. Dois anos depois, ainda olho em seus olhos comoventes e agradeço a Deus por nosso milagre. Feliz Aniversário Elvis!”, escreveu.

Morte de Nick Cordero

Nick Cordero foi hospitalizado em março de 2020 devido a uma pneumonia, mas depois foi diagnosticado com sintomas de Covid-19.

Depois de quase 3 meses no hospital, Nick morreu em 5 de julho de 2020 devido a várias complicações.

Amanda está escrevendo um livro de memórias chamado Living Your Life: My Story of Loving and Losing Nick Cordero.

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais