fbpx

Amazon chega a acordo com regulador na Alemanha; UE abre nova investigação

A Amazon chegou a um acordo com a autoridade antitruste da Alemanha para revisar seus termos de serviço para terceiros que vendem em sua plataforma, agindo para apaziguar os ânimos dos reguladores, enquanto a União Europeia anunciou sua própria investigação sobre a gigante do comércio online.

19/01/2019 REUTERS/Pascal Rossignol/File Photo – RC11A05B65D0

Foto: Reuters

O Bundeskartellamt informou nesta quarta-feira que está encerrando sua investigação de sete meses depois que a Amazon concordou em alterar um acordo de serviços comerciais que se aplica a centenas de milhares de comerciantes que vendem em sua plataforma.

No entanto, horas depois, os reguladores antitruste da UE disseram que abrirão suas próprias investigações para saber se os termos de serviço da maior varejista online do mundo e o uso de dados de comerciantes violavam as regras de concorrência.

As mudanças serão aplicadas não apenas à Alemanha, o segundo maior mercado da Amazon, depois dos Estados Unidos, mas também a seus mercados no Reino Unido, França, Itália e Espanha, além de outros lugares nas Américas e Ásia, disse o regulador alemão.

“Alcançamos melhorias de longo alcance para os varejistas nos mercados da Amazon”, disse o chefe do Federal Cartel Office, Andreas Mundt, em comunicado. “Estamos encerrando nossa investigação.”

Respondendo, a Amazon disse que as mudanças em seu acordo de serviços comercial, que entrarão em vigor em 30 dias, esclarecerão os direitos e responsabilidades dos parceiros de vendas que representam 58% das vendas de mercadorias físicas em sua plataforma.

“Continuaremos trabalhando duro, investindo pesadamente e inventando novas ferramentas e serviços para ajudar nossos parceiros de vendas em todo o mundo a alcançar novos clientes e expandir seus negócios”, disse a Amazon.

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – NOTÍCIAS

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!