fbpx

Análise: Bloqueios de riqueza, o que são e como fugir deles – R7 Meu Estilo

Nossa cultura é repleta de bloqueadores de riqueza que se perpetuam por gerações. É preciso vencer essas barreiras para alcançar a liberdade financeira

Bloqueios de riqueza, o que são e como fugir deles



Há conceitos e ditados transmitidos de geração em geração que, além de reforçar estereótipos, funcionam como barreiras que bloqueiam a visão das pessoas em relação à riqueza. A própria palavra riqueza já é vista por muitos como algo negativo, pois, segundo algumas crenças, trata-se de puro egoísmo, ou seja, ninguém deveria estar pensando em ser rico, mas sim, em ajudar ao próximo.


Para ilustrar como essa crença não tem fundamento, gosto de citar uma frase de Margaret Thatcher, a primeira mulher a ocupar o cargo de Primeiro-Ministro na Grã-Bretanha: “Ninguém se lembraria do bom samaritano se ele tivesse só boas intenções. Ele também tinha dinheiro.” Portanto, se a intenção de alguém é proporcionar o melhor, tanto para sua família, como para a sua comunidade, ter dinheiro é um requisito muito importante.


É muito comum ouvir, principalmente entre mulheres empreendedoras, citações como: “só quero poder ‘pagar’ minhas continhas”, “abri meu negócio para ‘ajudar’ lá em casa”, “não quero ‘ficar rica’, não! Só não quero depender de ninguém”. Tristes frases vindas de conceitos equivocados…


Por que temos de trabalhar apenas para pagar contas? Por que nosso dinheiro só serve para ajudar, como se não fôssemos capazes de criar algo grandioso? E por que não podemos ter a ambição de ficarmos ricas? Mas, espere aí! Ambição!? Que palavra mais feia! Até os dicionários colocam primeiramente o significado ruim da palavra para, depois, colocar o lado bom:

1. Forte desejo de poder ou riquezas, honras ou glórias; cobiça; cupidez

2. Anseio veemente de alcançar determinado objetivo, obter sucesso; aspiração, pretensão


Quando pensamos em ambição no sentido do desejo de poder, honras e glórias para nós mesmos, realmente vamos achar que se trata de algo negativo. Mas, se pensarmos bem, concluiremos facilmente que todos deveríamos ter ambição no sentido de nos empenharmos para alcançar objetivos e sermos bem-sucedidos.


Então, por que muitos pais dizem aos filhos que eles não devem ser ambiciosos quando tudo que desejam é que seus filhos tenham sucesso? Por que ouvimos que todo rico é explorador, ladrão e que não há maneira de ser bem-sucedido a não ser na base da desonestidade? Se assim fosse, todo pobre seria honesto e jamais roubaria ou exploraria alguém. Mas não é isso que vemos, pois o que define o caráter de uma pessoa não é a sua conta bancária. Se você pensa assim, livre-se desse conceito o quanto antes e repense sua visão em relação à riqueza, ao lucro, ao liberalismo econômico e à ambição, no bom sentido da palavra. Ser bem-sucedido é algo positivo, portanto, esteja aberto para o seu próprio sucesso!


Patricia Lages


É jornalista internacional, tendo atuado na Argentina, Inglaterra e Israel. É autora de cinco best-sellers de finanças e empreendedorismo e do blog Bolsa Blindada. Ministra cursos e palestras, tendo se apresentado no evento “Success, the only choice” na Universidade Harvard (2014). Na TV, apresenta os quadros “Economia doméstica” no programa “Mulheres” TV Gazeta e “Economia a Dois” na Escola do Amor, Record TV. No YouTube mantém o canal “Patrícia Lages – Dicas de Economia”, com vídeos todas as segundas e quartas.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!