fbpx

Apesar do sucesso, Idris Elba ainda luta contra o racismo


Em meio a protestos contra o racismo e campanhas como a Black Lives Matter (Vidas negras importam), Idris Elba assegurou em uma nova entrevista que convive com o racismo e a discriminação desde pequeno e assegura que seu sucesso não negou o racismo para ele. 


O ator e DJ de 47 anos afirmou que seus pais sempre o avisaram que ele deveria ser ‘duas vezes melhor que o homem branco’ para ter sucesso na vida e disse que, mesmo sendo uma estrela de Hollywood, ele ainda tem que lidar com a discriminação pela cor de sua pele. 


Enquanto participava do evento ‘The Reckoning: The Arts and Black Lives Matter’, Idris disse: “O sucesso não negou o racismo para mim. Me perguntar sobre racismo é como me perguntar por quanto tempo estou respirando”, justifica. 


Idris comentou que a primeira vez que os negros têm ‘qualquer consciência em torno de sua pele, geralmente se trata de racismo’ e acrescentou: “Isso permanece com você, independentemente de você ter sucesso ou vencer o sistema”.


 O ator também revelou os ensinamentos de seus pais em relação a esse difícil tema: 


“Eles me diziam ‘se você quer fazer parte deste mundo, precisa ser duas vezes melhor que o homem branco’.”, relembra, acrescentando que dava crédito aos pais por colocá-lo no caminho do sucesso, explicando que eles lhe ensinaram ‘a importância da independência’ e o trabalho duro. 


“Eu era filho único de pais imigrantes da Serra Leoa, na África Ocidental. E eles trabalharam duro pelo que tinham. Esse modo de vida me ensinou a importância da independência e a confiança em mim para o meu próprio sucesso”, assegura. 


Em 2016, Idris Elba lamentou a falta de diversidade na indústria do entretenimento e falou sobre a necessidade de uma melhor representação para os negros, membros da comunidade LGBTQI+, mulheres e pessoas com deficiência. 


Ele disse na época: “Você tem que fazer a pergunta – os negros normalmente têm papéis de pequenos criminosos? As mulheres sempre têm interesse amoroso ou estão falando de homens? Os gays são sempre estereotipados? As pessoas com deficiência são vistas de alguma maneira?”, criticou, abrindo a discussão para a inclusão, sem discriminação na indústria.


 


Série cancelada


 


A série de Idris Elba para a Netflix, Turn Up Charlie, foi cancelada após apenas uma temporada, confirmou o jornal Daily Mirror.


 


O programa, que também foi criado por Idris, mostra o ator como um DJ de sucesso, que é forçado a se tornar uma babá, estreou em março de 2019 com críticas boas e ruins, e agora o seriado de comédia foi oficialmente cancelado. 


“Idris esperava lançar uma segunda temporada e estava trabalhando em novas ideias, mas não conseguiu fazê-lo funcionar”, disse uma fonte à publicação. “Netflix e Idris simplesmente não concordaram.” 


A notícia chega depois que Idris Elba falou sobre suas esperanças de ter uma segunda temporada. 


“É muito emocionante. Estou envolvido com a criação do roteiro, que está principalmente semeando histórias”, disse ele na época. “Existem personagens que têm suas próprias narrativas agora.” 


Idris, que recentemente se recuperou do coronavírus, ainda não abordou o cancelamento do programa em suas páginas de mídia social.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.7”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!