Após 1º revés com Ceni, Cruzeiro pega Grêmio para se distanciar de zona da degola

Após a eliminação para o Internacional na semifinal da Copa do Brasil, restou ao Cruzeiro a disputa do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, apesar de não perder há três jogos no torneio, ainda está perto da zona de rebaixamento e precisa vencer o Grêmio, neste domingo, às 11 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, para abrir mais distância do grupo dos piores colocados.

O duelo será no Independência porque o Mineirão recebe um festival de música neste final de semana. Será a segunda partida do time mineiro pelo Brasileirão no estádio que o arquirrival Atlético-MG está acostumado a usar. O primeiro foi o revés por 2 a 1 para a Chapecoense, pela sexta rodada.

Após 1º revés com Ceni, Cruzeiro pega Grêmio para se distanciar de zona da degola.

Foto: Divulgação/Cruzeiro / Estadão

O Cruzeiro tem 18 pontos e deu início à reação na competição assim que Rogério Ceni assumiu o comando técnico da equipe. Neste período, foram dois triunfos sobre Santos e Vasco e um empate com o CSA.

A sequência de bons resultados ainda não é suficiente para deixar o time despreocupado em relação à zona de descenso porque a campanha anterior à chegada de Rogério Ceni foi muito ruim. Foram 11 jogos sem vencer que deixaram o elenco pressionado e causaram a demissão do técnico Mano Menezes.

Ceni, que começa a sofrer seus primeiros questionamentos depois da derrota categoria por 3 a 0 para o Inter na última quarta-feira, a primeira sob seu comando, vai escalar o que tem de melhor, incluindo Thiago Neves. O meia reclamou das improvisações que o treinador promoveu diante do rival gaúcho.

O treinador não terá Dedé, que sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo direito e já iniciou o processo de recuperação, e o lateral-direito Orejuela, que está com a seleção colombiana. O meia Rodriguinho e o lateral-direito Weverton fazem trabalho especial em campo com o fisioterapeuta Charles de Oliveira Costa e seguem fora.

Por outro lado, o clube conseguiu efeito suspensivo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e o lateral-direito Edilson poderá entrar em campo. O atacante Ezequiel, apresentado na sexta-feira, participou de alguns trabalhos com o grupo e, como já está regularizado, também pode jogar.

Estadão

  • separator

Fonte: TERRA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: