Após levar ouro, Isaquias diz que se poupou em prova do Pan por causa do Mundial – Esportes

Medalhista de ouro do C1 1.000 metros da canoagem velocidade dos Jogos Pan-Americanos de Lima, Isaquias Queiroz revelou que pôde se dar ao luxo de se poupar na reta final da prova realizada nesta segunda-feira no Peru. O brasileiro garantiu a primeira posição com facilidade ao fechar a distância em 3min47s631, enquanto a prata ficou com o cubano Fernando Jorge (3min48s574) e o bronze com o canadense Drew Hodges (3m58s454).

Três vezes medalhista na Olimpíada do Rio-2016, quando faturou duas pratas e um bronze, Isaquias confirmou o seu favoritismo e disse que guardou energia já visando a disputa do Mundial, que será realizado entre os próximos dias 21 e 25 de agosto, na Hungria. E ele fez isso também para não fornecer armas aos seus adversários neste evento que ocorrerá no próximo mês.

“A prova foi boa e eu saí (larguei) bem, o cubano (Fernando Jorge) chegou junto nos 500 metros (iniciais), daí ele começou a crescer. Mas depois eu comecei a subir mais forte e ele desistiu, daí eu conclui a prova, fui um pouco mais devagar com a remada bem baixa até o final, até para não mostrar o meu potencial”, destacou Isaquias, que também havia faturado o ouro nesta prova do C1 1.000m na edição passada do Pan, em Toronto-2015, no Canadá, onde ainda subiu ao topo do pódio no C1 200m e foi prata no C2 1.000m.

Outros dois brasileiros que conquistaram medalhas na canoagem dos Jogos de Lima-2019 nesta segunda-feira também festejaram os pódios alcançados. Vagner Souta, terceiro colocado no K1 Masculino 1000 metros, foi um deles. “A prova foi muito boa, por pouco quase consegui a medalha de prata, estou contente com o bronze”, disse o canoísta, que levou esta mesma medalha nesta prova no Pan de Toronto, onde ainda ganhou uma prata no K4 1.000m.

Já Ana Paula Vergutz, que ganhou um bronze no K1 feminino 500 metros, valorizou a sua medalha, mas confessou que poderia ter obtido um resultado mais expressivo. “Eu consegui fazer uma prova disputada, foi uma prova decidida no final, gostei do tempo e sei que posso melhorar muito ainda”, destacou a atleta, que nesta terça-feira participará da final do K1 feminino 200 metros da canoagem do Pan.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: