fbpx

Apple marca evento de lançamento para o dia 13 de outubro e pode anunciar iPhone 12

(Reprodução)

SÃO PAULO – Nesta terça-feira (6), a Apple anunciou que vai fazer um evento de lançamento de um novo produto no dia 13 de outubro, quando se espera que a companhia revele o iPhone 12. O evento começa às 10h (14h no horário de Brasília) e será transmitido online, diretamente da sede da Apple em Cupertino, Califórnia.

O convite da imprensa diz “Hi, Speed!” (Olá, velocidade, em tradução livre), sugerindo que os rumores de iPhones conectados ao 5G podem se revelar verdadeiros, já que o 5G é uma rede de celular de última geração que promete uma velocidade de dados muito mais rápida para downloads, uploads e streamings de jogos e filmes (veja mais sobre o 5G).

No seu último evento de lançamento, em setembro, a companhia anunciou o novo Apple Watch Series 6 e o iPad de 8ª geração, mas o modelo do novo iPhone estava ausente, apesar das expectativas.

A Apple normalmente anuncia novos iPhones em setembro, mas a empresa já havia avisado que os novos iPhones deste ano seriam adiados, devido a atrasos na produção por causa da pandemia.

Espera-se que nesse evento a Apple anuncie os quatro novos modelos do iPhone 12, sendo dois deles convencionais e dois modelos Pro. Também é esperado que eles tenham novos designs, semelhantes ao do novo iPad Air.

Segundo informações da Bloomberg, os novos modelos do iPhone 12 Pro terão três câmeras adicionais e um novo sensor 3D, tipo LiDAR, um recurso que melhora as funções de realidade aumentada dos aparelhos. O sensor LiDAR foi lançado pela primeira vez nos modelos mais recentes do iPad Pro.

Apesar da especulação de que os novos telefones iPhone 12 suportarão redes 5G, não está claro se todos teriam suporte para as redes 5G mmWave mais rápidas ou se suportariam apenas 5G mais difundidas, porém mais lentas.

Para Daniel Ives, analista da consultoria Wedbush Securities, o lançamento do novo iPhone será um marco para a companhia do Vale do Silício.

“O iPhone 12 representa o ciclo de produto mais significativo desde o iPhone 6, em 2014, e será outro capítulo decisivo na história de crescimento da Apple no futuro, apesar do ambiente de consumo estar mais fraco”, disse Ives em nota a investidores nesta terça-feira (6).

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!