fbpx

aprenda como utilizar nos seus estudos

O Método Cornell surgiu com o objetivo de organizar informações e facilitar a memorização de tudo o que é estudado. Através da ordem no modo de realizar anotações, a técnica transforma a revisão de conteúdo ainda mais eficaz.

Desenvolvida na década de 1940, essa metodologia permite a condensação dos assuntos estudados, tornando possível a leitura rápida, melhor compreensão e memorização. 

O método cornell ajuda na construção de resumos
(Foto: Divulgação).

Método Cornell: o que é e como funciona

No Método Cornell, ou “Sistemas de Anotações Cornell”, o foco principal é resumir conteúdos de maneira eficiente. 

O autor desse método de estudo foi Walter Pauk, professor da Universidade de Cornell, em seu livro “Como estudar na faculdade”. Contudo, a técnica trouxe resultados tão positivos aos adeptos, que atravessou os muros das universidades e hoje se faz presente na vida de estudantes de todos os níveis.

O Método Cornell pode ser utilizado sempre em que há a necessidade de memorizar uma grande quantidade de informações. Portanto, é indicado para quem estuda para concursos públicos, vestibulares, Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), estudantes matriculados em universidades, alunos do ensino médio e do segundo período do ensino fundamental.

Aprenda a utilizar o Método Cornell

O modo como as informações são disponibilizadas nas folhas de estudo para a leitura é que determina a eficácia do método. Confira!

Divida a folha de papel em quatro seções:

  1. Título: 1ª Seção, localizada no topo da folha.
  2. Tópicos: 2ª Seção, localizada no canto esquerdo da folha, deve ser a mais estreita.
  3. Informações importantes: 3ª Seção, localizada ao lado da 2ª seção e abaixo da 1ª, deve seguir até o canto direito da folha.
  4. Resumo: 4º Seção, localizada ao final da folha, deve seguir do canto esquerdo ao direito.

Organize o seu resumo:

  • Título: Assunto abordado na folha
  • Tópicos: Informações pontuais, datas, locais, títulos de técnicas, palavras-chaves sobre o tema.
  • Informações importantes: Anotações completas, descrição detalhada de teorias, métodos, fórmulas, eventos históricos, entre outros.
  • Resumo: Destaque dos pontos principais abordados na seção destinada para informações importantes.
Exemplo de resumo no método cornellExemplo de resumo no método cornell

Como estudar? 

Após dividir a folha e realizar as anotações, é necessário seguir a técnica criada por Cornell com a finalidade de absorver todo o conteúdo estudado. Desse modo, recomenda-se começar o revisão lendo as informações localizadas à direita, já que nesta parte estão as anotações principais. 

Para assimilar melhor o conteúdo, deve-se pesquisar os tópicos na coluna à esquerda e, depois, ler as informações contidas no resumo, localizado na parte inferior da página.

O método é bastante simples, o que permite que ele seja aplicado para o estudo de todas as disciplinas que compõem a grade de cursos de nível fundamental, médio e superior. Seguindo esses passos é possível memorizar todo o conteúdo de maneira organizada e eficiente, e, com isso, aumentar o desempenho nas provas e concursos. 

Dicas de como usar o Método Cornell

O uso de canetas coloridas ou lápis de cor para separar as colunas é importante, assim como utilizar uma régua para fazer a divisão da folha. Colocar essas dicas em prática, além de garantir uma melhor estética da folha de estudo, facilita o aprendizado, pois torna a leitura muito mais agradável. 

É importante frisar que o estudo por esse método pode ser facilitado com ferramentas digitais. Além disso, há outras opções: o caderno Oxford possui folhas com um design parecido com o utilizado pelo Método Cornell. 

Folha Método Cornell para baixar

Abaixo, arquivo em PDF personalizado para você organizar os seus resumos, memorizar o conteúdo com mais facilidade e conquistar boas notas.

Baixar o modelo em PDF

Carlos Eduardo BertinJornalista, publicitário e mestre em comunicação social. Pesquisa assuntos relacionados à interface Comunicação e Religião, e escreve sobre diversos temas da atualidade.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!