fbpx

B3 começa a aceitar cotas de ETFs de renda fixa como margem de garantia

SÃO PAULO – Como parte das iniciativas para estimular o desenvolvimento do mercado de ETFs (fundos de índice negociados em Bolsa) de renda fixa, a B3 anunciou nesta segunda-feira (29) que passará a aceitar cotas do produto como margem de garantia.

Hoje, o depósito de garantias, que assegura operações no mercado de Bolsa, como negociação de ações, units, derivativos de juros e moedas, pode ser realizado em dinheiro (real ou dólar), bem como pelo depósito de ativos como títulos públicos e ações.

“A inclusão do ETF de renda fixa como uma possibilidade de aceitação em garantia não só proporciona maior eficiência na alocação de capital, como também aumenta as possibilidades de utilização do produto”, afirma Marcos Skistymas, superintendente de juros e moedas da B3, em comunicado.

De acordo com a B3, os critérios para a elegibilidade e o cálculo do limite de aceitação em garantia podem ser encontrados no Manual de Administração de Risco da Câmara de Compensação e Liquidação da BM&FBOVESPA (Câmara B3).

Sigla para Exchange Traded Funds, o ETF é um fundo de índice negociado em bolsa composto por uma cesta de ativos. Ele permite ao investidor replicar o desempenho de um índice (que pode ser de renda fixa ou variável), sem precisar aplicar individualmente em cada papel, diversificando seu portfólio com uma única operação.

Atualmente, são seis ETFs de renda fixa listados na B3, que totalizavam, até maio deste ano, um patrimônio líquido de R$ 6,4 bilhões, segundo a B3.

Invista na carreira mais promissora dos próximos 10 anos: aprenda a trabalhar no mercado financeiro em um curso gratuito do InfoMoney!

Fonte: Infomoney

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!