Balanço de Junho de 2019 no Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro passou o mês de junho de 2019 com grande amplitude térmica, com tardes mais quentes do que seria o normal para o mês e madrugadas frias. A chuva ficou acima de má

Poucas frentes frias que passaram pelo litoral fluminense conseguiram provocar chuva e queda da temperatura relevantes. O predomínio de uma massa de ar seco sobre a Região Sudeste fez com que várias madrugadas fossem com pouca nebulosidade, o que facilitou o resfriamento noturno. Isto justifica vários dias com temperatura amena ao amanhecer.

Foto de Patricia Pimentel, Rio de Janeiro (RJ)

 Extremos de temperatura 

22,4°C em 5 de junho – menor temperatura máxima – tarde mais fria do ano, registrada na na Marambaia (Instituto Nacional de Meteorologia)

14,0°C em 7 de junho – menor temperatura de junho –  madrugada mais fria do ano de 2019 até agora, registrada na Vila Militar (Instituto Nacional de Meteorologia)

34,4°C em 26 de junho – tarde mais quente de junho de 2019, registrada em Santa Cruz (Instituto Nacional de Meteorologia)

Volumes de chuva

O Rio de de Janeiro teve poucos eventos de chuva em junho de 2019, mas alguns proporcionaram chuva forte. Pela medição do Alerta Rio – Prefeitura do Rio de Janeiro foram apenas 8 dias de chuva (dias 1, 2, 3, 4, 5, 10, 19 e 20), mas foi o suficiente para que alguns bairros, das zonas oeste e norte, tivessem chuva acima da média climatológica. Nas outras regiões a chuva ficou abaixo no normal. 

Local

Chuva junho 2019 (mm)

% da média

São Cristóvão

70,2

+ 146

Santa Cruz

60,4

+124

Tijuca

96,2

+122

Grajaú

68,0

+120

Guaratiba

61,2

+107

Campo Grande

43,8

+102

Climatempo

  • separator

Fonte: PORTAL TERRA – NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: