fbpx

Blogueiras na boleia: quem são as caminhoneiras que dominam a web

<div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020175204797?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Elas são aventureiras, trabalham pesado e surpreendem ao compartilhar seu dia a dia no universo dos caminhões. De acordo com dados de 2019 da Confederação Nacional do Transporte, as caminhoneiras profissionais representam apenas 0,5% dos perfis de motoristas no país e dirigem, em média, mais de 11 horas por dia. Na contramão das estatísticas, essas motoristas profissionais ainda separam tempo para dar dicas de mecânica, ensinar a manobrar a carreta e até participam de ações solidárias no combate à<b><a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus"> pandemia de coronavírus</a></b><br><br>Depois <a href="https://lifestyle.r7.com/fotos/loira-na-estrada-nos-eua-brasileira-faz-sucesso-como-caminhoneira-21072020#!/foto/1"><b>do sucesso da Loira na Estrada, a brasileira que roda os EUA em um caminhão</b></a>, conheça outras mulheres que dirigem caminhões no Brasil e conquistam seguidores na web<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171227698?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Conhecida como Sheilla Bellaver, Sheilla Rosa Machiori já tem mais de um milhão de inscritos em seu canal no Youtube e 1 milhão de seguidores no Instagram. Ela roda o Brasil inteiro em seu Scania 440&nbsp; cor de rosa e mostra até como faz para cozinhar na estrada<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/ogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020172157568?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Em um de seus vídeos com mais visualizações, Bellaver aceita o desafio de um cliente e manobra em uma rua estreita em Joinville. “Me senti poderosa”, conta a caminhoneira e youtuber, que sempre sonhou com a profissão desde a infância</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/ogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020172159690?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Com 37 anos, Sheila cresceu em uma lavoura no interior do Rio Grande do Sul e é mãe de quatro filhos<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/ogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020172159904?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>A caminhoneira também produz conteúdos humorísticos no Tik Tok e compartilha os mimos recebidos com seus seguidores<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171227901?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Paulla Demenegui tem 25 anos e iniciou sua carreira profissional aos 23, em uma concessionária no Rio Grande do Sul. Antes de se tornar caminhoneira profissional, ela estudou aviação, mas teve de interromper o sonho por falta de recursos financeiros<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020175204954?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>“Pausei o curso e decidir ir para uma profissão ainda mais desafiadora e totalmente machista”, conta a gaúcha, que hoje tem mais de 55 mil inscritos em seu canal no Youtube e 100 mil seguidores no Instagram</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171228069?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>“Apesar de improvável, busquei recursos e conhecimento para alcançar esse objetivo. Então, aos 23, realizei esse sonho de ser motorista profissional de cargas”<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020173108899?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>No primeiro semestre de 2020, Paulla teve de se afastar da estrada devido a um acidente de trabalho<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020173109250?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>“Acabei caindo do caminhão e tive uma lesão no quadril. Estava me recuperando e tentei voltar, mas a lesão é muito difícil de se recuperar. Por causa da quarentena tive que parar meu tratamento”<br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020173424802?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Após sete meses afastada, Paulla está de volta às estradas. No dia 20, ela publicou um vídeo no qual reassume a direção para um colega que também se acidentou em uma queda da carreta<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020173424981?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>“Ele não podia dirigir, e como vai para a minha cidade natal eu vim dirigindo para ele. A viagem foi sinistra”&nbsp;<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020173425232?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Durante a pandemia, Paulla também conseguiu arrecadar 500 cestas básicas para comunidades vulneráveis em São Paulo e mostrou em seu canal no Youtube como foram as entregas&nbsp;<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171229401?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Deise Gonçalves é de Ribeirão Preto, São Paulo, tem meio milhão de seguidores nas redes sociais, dirige um Volvo FH 500 e vem de uma família apaixonada pela vida na boleia<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171230066?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>O marido, Luiz Abreu, com quem é casada há mais de 20 anos, também é caminhoneiro profissional<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171229852?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Deise também é mãe de dois filhos, Luiz Felipe, de 17 anos e Ana Luiza, de 15 anos<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171229199?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Em suas postagens no Instagram, Deise defende que a classe dos caminhoneiros seja mais valorizada</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/blogueiras-na-boleia-quem-sao-as-caminhoneiras-que-dominam-a-web-21072020171229020?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>“São guerreiros”, diz a caminhoneira em uma publicação. “É uma pena que a sociedade não reconhece isso, e não dão o devido valor”&nbsp;<br><br><br><br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171653916?dimensions=660×440&no_crop=true"><p><b><a href="https://lifestyle.r7.com/fotos/loira-na-estrada-nos-eua-brasileira-faz-sucesso-como-caminhoneira-21072020#!/foto/10">Loira na estrada: nos EUA, brasileira faz sucesso como caminhoneira</a></b><br><br><br>A brasileira Carolina Ortega, de 30 anos, tem quase 100 mil seguidores no Instagram e compartilha seu dia a dia em uma profissão dominada por homens: ela vive nos Estados Unidos há mais de dois anos e ganha a vida como caminhoneira&nbsp;<br><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171653417?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>No Youtube, seu canal "Loira na Estrada" tem 300 mil inscritos, no qual publica vídeos sobre destinos e perguntas frequentes sobre caminhões. Tem até um passo a passo para trocar o pneu da carreta</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171653280?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Caroline, que é e Curitiba, Paraná, se define como uma "alma de nômade" e já rodou praticamente todos os estados norte-americanos em sua boleia&nbsp;</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171653045?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>De acordo com a loira, seu objetivo é "ajudar todas as pessoas que precisam de orientação sobre a indústria"</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171652865?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>"Espero continuar fornecendo conteúdo para ajudar outras pessoas", diz Caroline na página em que reúne seus conteúdos</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171652046?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Ela também compartilha detalhes sobre imigração e como tirar uma carteira de caminhão nos EUA&nbsp;</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171652155?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>"O primeiro ano com carteira de motorista de caminhão não é fácil para ninguém, com a carteira nova e sem experiência você pode levar um tempo até você conseguir sua primeira oportunidade de trabalho, o importante é ter calma, pesquisar, falar com pessoas, ser honesto e assim irá conseguir a sua primeira oportunidade"</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171652668?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Para além dos conteúdos sobre imigração e caminhões, ela também compartilha dicas de como cuidar dos cabelos e suas playlists favoritas na estrada</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171651761?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Nas trilhas sonoras favoritas de Caroline Ortega, estão músicas de Raul Seixas, Aerosmith e Jimi Hendrix</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/loira-na-estrada-brasileira-viraliza-como-caminhoneira-nos-eua-20072020171652490?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Com as devidas medidas de segurança, ela segue transportando carregamentos durante a pandemia e chegou a publicar um vídeo intitulado "A mascarada da Florida", contando como foi trabalhar em Miami&nbsp;</p></div>

Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!