fbpx

Boris Casoy detona Bolsonaro:“Não tem vacina contra burrice”

Boris Casoy não poupou críticas aos dois principais nomes da política brasileira atual, Jair Bolsonaro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), durante participação no “Conversa com Bial”, da TV Globo, na madrugada desta terça-feira (20). O jornalista detonou as atitudes da dupla e se revoltou com a postura anti-vacina do atual presidente do Brasil.

LEIA TAMBÉM: Pabllo Vittar diz que quer cantar na posse de Lula e PT responde

Veja quem são os famosos que já lutaram contra a depressão

Veja artistas que passaram por transformações por personagens

“Eu não perdoo o Bolsonaro. Ele pode ter as virtudes que tiver, mas isso anula as virtudes. Não tem ainda vacina contra a burrice, mas vai surgir”, disparou.

O veterano, atualmente com 80 anos de idade, também comentou o fato de ter sofrido na infância por falta de imunizante. “Se houvesse vacina, eu e minha irmã gêmea não teríamos sido vítimas da poliomielite.”

E avaliou: “Cada criança salva é um cidadão lá na frente que pode ser um médico, bom marido, um bom pai…”.

Já sobre Lula, Boris Casoy afirmou: “Depois de tudo o que ele aprontou, de tudo o que o PT aprontou… As pessoas estão sendo soltas e, de repente, você olha e algumas pessoas e empresas podem até ser indenizadas”.

O jornalista também falou a respeito da operação Lava Jato. “Não tinha assistido a um fato como esse, quando você tinha um país que não punia os seus ladrões e, de repente, aparece um grupo de juízes, promotores, que começam a reagir ante a uma situação absurda onde se tolerava, se achava que a vida era assim.”

Mas ressaltou os erros da operação: “As gravações clandestinas, até criminosas, mostraram que a Lava Jato teve erros. Claro que eles são amplificados por aqueles que têm interesse em destruir a Lava Jato”, ponderou.

Fonte: Famosidades

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais