Brasil busca vitória inédita no Mundial M20 encarando o Quênia

Foto: Lucas Sakai

Nesse sábado, dia 13, o Estádio Martins Pereira voltará a receber o Troféu Mundial M20 (World Rugby U20s Trophy, a 2ª divisão mundial), que chega à sua segunda rodada. Vencedores na primeira rodada, Japão e Uruguai duelam em uma das partidas mais empolgantes do dia, ao passo que Brasil e Quênia duelarão pela primeira vitória no torneio, nos embates do Grupo A. Nos dois duelos do Grupo B, situações distintas: Tonga, que triunfou na estreia sobre o Canadá, encara Hong Kong, que perdeu na abertura para Portugal, enquanto portugueses e canadenses medirão forças na outra partida, em encontro que promete.

Vale lembrar que apenas o campeão de cada grupo fará a final pelo título do torneio, que vale promoção à primeira divisão mundial de 2020. Os jogos têm transmissão do BandSports.

 

Tonga favorita, mas Hong Kong tem qualidade

– Continua depois da publicidade –

O jogo que abre a rodada opõe Tonga e Hong Kong, que tiveram momentos distintos na primeira rodada. Tonga mostrou potência e intensidade em seu primeiro tempo contra o Canadá, mas caiu de produção perigosamente no segundo tempo e quase sofreu a virada, mas acabou vencendo por 26 x 25. Já Hong Kong, apesar de derrota por 59 x 27 para Portugal, os Jovens Dragões tiveram bons momentos e chegaram a pressionar na reta final do jogo, mostrando capacidade física. Tonga é favorita, mas precisa de toda a atenção.

 

versus copiarhong kong rfu logo

12h00 – Tonga x Hong Kong – BandSports YouTube AO VIVO

Árbitro: Nehuen Jauri (Argentina) / Assistentes: Cauã Ricardo (Brasil) e Matías Esteban (Uruguai)

Tonga: 15 Hateni Tafolo, 14 Lisiate Folau, 13 Rodney Tongotea, 12 Malakai Uasi (c), 11 Taniela Filimone, 10 Filipe Samate, 9 Alan Tukuafu, 8 Lopini Kioa, 7 Roy Lolesio, 6 Aisea Makasini, 5 Aisea Makasini, 4 Solomone Fono, 3 Tevita Sole, 2 Fifita Mafi, 1 Apitoni Toia;

Suplentes: 16 Mesake Toumohuni, 17 Falamani Mafi, 18 Lisivani Tuifua, 19 Otunuku Pauta, 20 Lote Fakatou, 21 Siaosi Nai, 22 Tuatao Savou, 23 Hesitoni Fa, 24 Pita Halaifonua, 25 Mordecai Pulu;

Hong Kong: 15 Thaddeus Summers, 14 Oliver Duffy, 13 Kyle Kitney, 12 William Panday, 11 Samuel Down, 10 Paul Altier (c), 9 Henry Poon, 8 Hugo Christopher, 7 Joe Knight, 6 Sam Tsoi, 5 Jon Howells, 4 James Rivers, 3 Mikkel Christensen, 2 Callum Tam, 1 Nicholas McGregory;

Suplentes: 16 Ng Cheuk Wai, 17 David Tang, 18 Rory Cinnamond, 19 Wai Shing, 20 Oliver Overman, 21 Tomek Tsang, 22 Harry Laidler, 23 Lucas Lacamp, 24 Tiernan Neville, 25 Julian Onderwater, 26 Kyle McCallum;

 

Vale a liderança – e vaga na final

Japão e Uruguai farão o duelo mais aguardado da rodada, que deve valer o primeiro lugar do Grupo A – não matematicamente, mas na prática. Japoneses e uruguaios abriram o torneio com vitórias impactantes sobre Brasil e Quênia, com o time uruguaio impressionando até mais que o japonês, apesar do Japão ser o grande favorito do Trophy.

Do lado uruguaio, a força do pack impressionou, dominando por completo um time queniano grande fisicamente. Sonneveld e Rippe foram nomes de impacto no primeiro dia, assim como o abertura D’Avanzo. Já do lado asiático, os terceiras linhas Vaile e Fukui chamaram a atenção, assim como o ponta endiabrado Yamaguchi, que muito trabalho deu ao Brasil. Dos dois lados, a chave da vitória estará no domínio da zona de contato, com a batalha do breakdown prometendo muito. Na linha, ambos são muito competentes, mas o Japão, a princípio, tem mais brilho.

 

versus copiar

14h00 – Japão x Uruguai – BandSports YouTube AO VIVO

Árbitro: Federico Vedovelli (Itália) / Assistentes: Damian Schneider (Argentina) e Cauã Ricardo (Brasil)

Japão: 15 Ryosuke Kawase, 14 Yuichiro Wada, 13 Tomoki Osada, 12 Taihei Kusaka, 11 Futo Yamaguchi, 10 Ryuto Fukuyama, 9 Kaisei Tamura, 8 Takamasa Maruo, 7 Shota Fukui (c), 6 Halatoa Vailea, 5 Ryusei Koike, 4 Ougi Yamamoto, 3 Sho Maeda, 2 Mamoru Harada, 1 Yota Kamimori;

Suplentes: 16 Daiki Nishiyama, 17 Gun Tajima, 18 Shohei Tsujimura, 19 Terutaka Oka, 20 Kohki Matsumoto, 21 Akito Okui, 22 Hayato Fukunishi, 23 Ryota Tomoike, 24 Takumi Aoki, 25 Moeki Fukushi, 26 Keita Inayoshi;

Uruguai: 15 José Iruleguy, 14 Juanpi Costabile, 13 Felipe Arcos Perez, 12 Alfonso Costa, 11 Balta Amaya, 10 Mati D’Avanzo, 9 Piojo Cat, 8 Juanma Aguiar, 7 Pipe Lombardo, 6 Maxime Sonneveld, 5 Felipe Aliaga, 4 Juanjuan Garese (c), 3 Fausto Etchegorry, 2 Juanchi Rippe, 1 Ezequiel Ramos;

Suplentes: 16 Charlie Gruss, 17 Jorge Bonasso, 18 Chona Péculo, 19 Reinaldo Piussi, 20 Santi Nicolich, 21 Charly Deus, 22 Cote Slinger, 23 Santi Del Cerro, 24 Nacho Rodriguez, 25 Pollo Pollio, 26 Manu Barreiro;

 

 

Portugal desafiado, Canadá no tudo ou nada

Portugal brilhou no primeiro dia contra Hong Kong, destilando uma equipe extremamente habilidosa e com capacidade de finalização. Porém, os portugueses tiveram alguns momentos ruins defensivos e o Canadá já provou que sabe ler os espaços no adversário. Apesar da derrota na estreia para Tonga, os canadenses mostraram um jogo bem estruturado, com atletas fortes fisicamente e capazes de reação. O duelo entre Portugal e Canadá promete muito, com leve favoritismo português, mas que terá que ser provado com um jogo sem oscilações, pois o Canadá é capaz de se superar.

 

versus copiar

17h00 – Portugal x Canadá – BandSports TV AO VIVO

Árbitro: Luke Rogan (EUA) / Assistentes: Damian Schneider (Argentina) e Frank Méndez (Chile)

Portugal: 15 Simão Bento, 14 Raffelle Storti, 13 Rodrigo Marta, 12 José do Carmo, 11 Francisco Salgado, 10 Jerónimo Portela, 9 Joaquim Félix, 8 José Roque (c), 7 Manuel Pinto, 6 Manuel Maia, 5 Martim Belo, 4 Helano Alberto, 3 Duarte Conde, 2 Rodrigo Bento, 1 David Costa;

Suplentes: 16 Márcio Pinheiro, 17 António Cunha, 18 Federico Simões, 19 André Gouveia, 20 José Madeira, 21 Sebastião Silva, 22 Pedro Lucas, 23 Tomás Lamboglia, 24 João Vieira, 25 José Santos, 26 Francisco Afra Rosa;

Canadá: 15 Thomas Isherwood, 14 David Richard, 13 Gabriel Casey, 12 Quinn Ngawati, 11 Jarvis Dashkewytch, 10 Brock Webster, 9 Will Percillier (c), 8 Nick Carson, 7 Will Matthews, 6 Quentin James, 5 Tyler Duguid, 4 Frank Carson, 3 Tyler Rowland, 2 Michael McCarthy, 1 Stefan Zuliani;

Suplentes: 16 Jared Augustin, 17 Josh Tweed, 18 Guerschom Mukendi, 19 Reid Davis, 20 Avery Oitomen, 21 Siaki Vikilani, 22 Jack Carson, 23 Lockie Kratz, 24 David Carson, 25 Mason Flesch, 26 Antoine de la Fontaine;

 

Hora dos Curumins!

O embate contra o Quênia é a grande oportunidade para o Brasil conquistar uma histórica primeira vitória. Os africanos foram a equipe que pior desempenhou no primeiro dia e os Curumins se superaram em um jogo melhor contra o Japão do que o Sul-Americano todo. O Brasil apresentou muito mais recursos que os quenianos e no aspecto físico o time brasileiro tem melhor preparo, sobretudo para aguentar na mesma intensidade o jogo inteiro.

Os Curumins tiveram nomes de destaque contra o Japão, com Neymar e Fillippo cravando tries que coroaram um bom desempenho do pack brasileiro, guardadas as diferenças com relação ao time japonês. O Brasil teve seus momentos conduzido pela criação de Felipe Cunha e Lucas Spago e a entrada no segundo tempo de Gerónimo mostrou que o Brasil tem finalizadores capazes de definir contra os quenianos. Mas do lado africano nem tudo foi ruim. Olho no abertura Brighetti, que mostrou qualidade contra os Teritos.

 

versus copiar

19h00 – Brasil x Quênia – BandSports TV AO VIVO

Árbitro: Gonzalo Ventoso (Uruguai) / Assistentes: Frank Méndez (Chile) e Matías Esteban (Uruguai)

Brasil: 15 Carlos Eduardo “Dudu” Proença, 14 Vicent Ramiro, 13 Gabriel Zurca, 12 Joel Santos, 11 Murillo Bonesso, 10 Lucas “Spaguinho” Spago, 9 Felipe Cunha, 8 Ádrio Luiz de Melo (c), 7 Rafael dos Santos, 6 Henrique Pedro da Silva, 5 Fillippo Bugno, 4 Samoel Bertan, 3 Henrique “Caminhoneiro” Ribeiro, 2 Leonardo “Neymar” da Silva, 1 Naasson Porto;

Suplentes: 16 Felipe Quevedo, 17 Marcos de Melo, 18 Gabriel Henrique Oliveira, 19 Weslley Barbosa, 20 Matheus “Acerola” de Oliveira, 21 Alisson Kalkmann, 22 Guylherme Rangel, 23 Carlos Rafael, 24 João Victor Furst, 25 Geronimo Olivares;

Quênia: 15 Matoka Matoka, 14 Geofrey Okwach, 13 James McGreevy, 12 John Okoth, 11 Timothy Omela, 10 Dominic Coulson, 9 Samuel Asati, 8 George Kyriazi, 7 Brian Amaitsa, 6 Samuel Were, 5 Hibrahim Ayoo, 4 Emanuel Silungi, 3 Ian Masheti, 2 Bonface Ochieng (c), 1 Andrew Siminyu;

Suplentes: 16 Wilfred Waswa, 17 Ian Njenga, 18 Collins Obure, 19 Rotuk Rahedi, 20 Frank Aduda, 21 Sheldon Kahi, 22 Barry Robinson, 23 Owain Ashley, 24 Michele Brighetti;

 

Classificação

 

Tabelas

Dia Hora Local Time 1 Placar versus Placar Time 2 Grupo/Fase
09/07/2019 12:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) TONGA 26 X 25 CANADÁ Grupo B
09/07/2019 14:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) JAPÃO 56 X 24 BRASIL Grupo A
09/07/2019 17:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) QUÊNIA 11 X 63 URUGUAI Grupo A
09/07/2019 19:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) PORTUGAL 59 X 27 HONG KONG Grupo B
13/07/2019 12:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) TONGA X HONG KONG Grupo B
13/07/2019 14:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) JAPÃO X URUGUAI Grupo A
13/07/2019 17:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) PORTUGAL X CANADÁ Grupo B
13/07/2019 19:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) QUÊNIA X BRASIL Grupo A
17/07/2019 12:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) CANADÁ X HONG KONG Grupo B
17/07/2019 14:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) TONGA X PORTUGAL Grupo B
17/07/2019 17:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) JAPÃO X QUÊNIA Grupo A
17/07/2019 19:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) URUGUAI X BRASIL Grupo A
21/07/2019 12:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) X Decisão de 7º lugar
21/07/2019 14:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) X Decisão de 5º lugar
21/07/2019 17:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) X Decisão de 3º lugar
21/07/2019 19:00 Estádio Martins Pereira – São José dos Campos (Brasil) X FINAL


Fonte: R7

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: