fbpx

Brasil registra a média diária mais baixa desde maio

São Paulo – A média diária de mortes pelo novo coronavírus no Brasil, referente a este sábado, 5, e os últimos seis dias, ficou em 819, sendo a mais baixa desde o dia 20 de maio, com 804 óbitos. Segundo o consórcio de veículos de imprensa, foram registrados 646 novos óbitos nas últimas 24 horas e 33.420 casos.

O consórcio é formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde. Os dados foram divulgados às 20h.

Rio de Janeiro 2/9/2020 REUTERS/Pilar Olivares

Foto: Reuters

No total são 126.230 mortes registradas e 4.121.203 pessoas contaminadas no Brasil. Segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde, são 3.296.702 pessoas recuperadas do coronavírus em todo o País e outros 2.387 casos ainda em acompanhamento.

O Brasil ainda é o segundo País no mundo com o maior número absoluto de casos e mortes pela doença, segundo contagem da Universidade Johns Hopkins. Em primeiro lugar estão os Estados Unidos, que registra mais de 6,2 milhões de infectados e mais de 188 mil mortos. A Índia fica na terceira posição, ultrapassando 4 milhões de infectados e mais de 69 mil óbitos.

Em São Paulo, já são 31.313 mortes e 853.085 casos de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registrados 222 óbitos e 8.069 casos confirmados no Estado. Ainda de acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde, 680.217 pessoas se recuperaram da doença, sendo que 93.856 foram internadas e tiveram alta. A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 54,1% em todo o Estado e de 52,6% na Grande São Paulo. Estão internados 11.145 pacientes, sendo que 4.758 estão em leitos de terapia intensiva. Todos os 645 municípios do Estado registram casos de coronavírus e há pelo menos uma morte em 544 deles.

O Estado do Rio de Janeiro registrou 59 mortes e 258 novos casos da doença em 24 horas, segundo boletim da secretaria estadual de Saúde. Até agora, 16.526 pessoas morreram vítimas do novo coronavírus no Estado do Rio, que já registra 232.747 casos. Há ainda 424 mortes sendo investigadas, sob suspeita de terem sido causadas pela covid-19, e 210.761 pacientes se curaram.

Consórcio dos veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Neste sábado, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 30.168 novos casos e mais 682 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 4.123.000 pessoas infectadas e 126.203 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

 

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão

Estadão

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!