fbpx

Brasil termina 1º dia de disputas de medalhas com 8 pódios no Pan de Lima – Esportes

A delegação brasileira terminou o primeiro dia de disputas de medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, com oito pódios, neste sábado. Os destaques foram os ouros obtidos por Luisa Baptista no triatlo individual feminino e por Bruna Wurts na patinação artística.

O desempenho é o melhor da história para o Time Brasil no primeiro dia do Pan, superando as sete medalhas de Guadalajara, em 2011.

O dia foi finalizado com a medalha de bronze obtida pela equipe feminina de ginástica artística, com 158,550. Ficou atrás somente dos Estados Unidos (171,000) e do Canadá (160,600). O time nacional foi formado por Flávia Saraiva, Thaís dos Santos, Lorrane Oliveira e Carolyne Pedro.

A prova serviu ainda para as brasileiras avançaram às finais individuais. Flávia e Thaís se classificaram para a disputa da decisão do individual geral. Ambas também vão estar na final do solo. Flávia ainda estará na trave. Lorrane e Carolyne competirão nas barras paralelas.

Neste sábado, o Brasil competiu sem duas das suas principais ginastas. Rebeca Andrade se recupera de lesão e Jade Barbosa foi cortada justamente neste sábado, a poucas horas do início da apresentação das brasileiras. Ela foi vetada por precaução após sentir dores durante os treinos e será preservada por causa do Mundial, na Alemanha, em outubro. Mesmo fora da disputa, Jade acompanhou as colegas de equipe durante toda a apresentação, neste sábado.

Pouco antes, o Brasil faturou dois pódios no taekwondo. Paulo Ricardo Melo levou o bronze ao superar o colombiano Jeferson Ochoa por 13 a 11 na disputa do 3º lugar da categoria até 58kg. No feminino, Talisca Reis foi batida pela mexicana Daniela Souza por 4 a 1 e ficou com a prata na categoria até 49kg.

Com estes resultados, o Brasil já exibiu evolução na modalidade em comparação à edição anterior do Pan, em Toronto-2015. No Canadá, foram conquistadas apenas duas medalhas de bronze.

Ainda neste sábado, Vittoria Lopes conquistou a prata no triatlo individual, formando dobradinha com Luisa Baptista na prova. E Manoel Messias faturou a prata na versão masculina da prova. Na patinação artística, Gustavo Casado ficou com o bronze.

VAGA OLÍMPICA – Não teve medalha, mas teve comemoração. A brasileira Ieda Guimarães terminou a prova do pentatlo neste sábado em Lima com o quarto lugar, porém está com a vaga garantida para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 por ter sido a atleta sul-americana de melhor resultado.

Ieda se manteve entre as primeiras posições em todas as cinco etapas da competição. Após ir bem na natação e na esgrima, ela chegou a subir para a segunda colocação durante o hipismo. No entanto, ela perdeu a medalha após os resultados do atletismo e do tiro.

“Eu esperava estar entre as cinco ou brigando. A sensação é de dever cumprido. Espero ser uma Ieda muito melhor”, disse a atleta. A medalha de bronze, que escapou por pouco, ficou com a norte-americana Samantha Achterberg.

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!