fbpx

Britney Spears era vigiada em sua tutela através de seu iPhone clonado

A CNN prepara o lançamento de ‘TOXIC: Britney Spears ‘Battle for Freedom’, um programa especial sobre a batalha de Britney Spears por sua liberdade após 13 anos sob a tutela de seu pai, e revela que a cantora estava controlada em todos os aspectos de sua vida.

Dan George, um ex-gerente de turnê de Spears, confirmou que os conservadores de Britney Spears controlavam ‘todos os aspectos de seus cuidados médicos’.

“A tutela ditou a ela quem seriam seus médicos, quais médicos ela iria ver, com que frequência iria vê-los, quanto tempo essas sessões seriam, todos os aspectos de seus cuidados médicos.”, indicou o homem, referindo-se ao pai da cantora, Jamie Spears e também Jodi Montgomery.

Em uma audiência no tribunal em junho, aparentemente Britney confirmou os comentários de Dan quando ela alegou que foi forçada a colocar um DIU.

Veja+: Netflix libera trailer de documentário sobre Britney Spears

Ela disse na época: “Eu tenho um (DIU) dentro de mim agora, então não engravido. Eu queria tirar o (DIU) para poder começar a tentar ter outro bebê, mas esta suposta equipe não quer deixar-me ir ao médico para tirar porque eles não querem que eu tenha filhos”.

Já o documentário Controlling Britney Spears revelou que o uso do telefone e da internet da cantora era monitorado por seu pai, que pediu que seu iPhone fosse clonado quando ela pediu um novo aparelho celular.

Alex Vlasov, que trabalhou para a Black Box Security de 2012 a 2021, disse: “Britney queria um iPhone novo e isso foi um grande problema. Todo mundo estava preocupado. (Meu chefe) Edan (Yemini) se aproximou de mim e perguntou: ‘Existe algum serviço de monitoramento para um iPhone que você conheça?’ E eu, “O que você quer dizer? ‘ E ele disse, “Bem, controle dos pais. Existe alguma maneira de colocar o controle dos pais em um iPhone?’. E foi então que Edan me explicou que a comunicação de Britney é monitorada para sua própria segurança e proteção.”, contou.

Alex questionou a ‘legalidade’ do pedido e foi informado que o tribunal estava ‘ciente’ do monitoramento de suas comunicações, o que acabou fazendo com que o telefone de Britney fosse clonado em um iPad, que foi mantido em um cofre.

Veja+: Britney Spears não consegue ficar longe do Instagram

Ele continuou: “(Edan) disse: ‘Sim, o tribunal está ciente disso. O advogado de Britney está ciente disso. Isso é para a segurança dela. É para a proteção dela ‘. E então Robin (Greenhill da equipe de gerenciamento de Britney no Tri Star Sports & Entertainment Group) teve a ideia… ‘Por que não pegamos um iPad e fazemos login com um iCloud lá, o mesmo iCloud que Britney tem no telefone dela, e isso espelharia toda a atividade?’ Você seria capaz de ver todas as mensagens, todas as ligações do FaceTime, notas, histórico do navegador, fotografias… O motivo do monitoramento era a procura de má influência, a procura de atividade ilegal em potencial que poderia acontecer, mas eles também monitoravam as conversas com seus amigos, com sua mãe, com seu advogado Sam Ingham”, relatou.

NOIVO DE BRITNEY CRITICA A NETFLIX

Sam Asghari está com o pé atrás com a plataforma de streaming Netflix que acaba de soltar o trailer do novo documentário sobre sua noiva Britney Spears. O personal trainer disse nas redes sociais que ‘espera que a Netflix não esteja se aproveitando da batalha pela tutela’ da cantora.

Quando Sam viu o trailer do documentário Britney vs. Spears ele criticou o momento para o lançamento do projeto, e disse que ‘não é certo’ o documentário, que será sobre o famoso caso da batalha para remover seu pai Jamie Spears, como tutor da estrela, ‘conseguir lucrar com a injustiça dela’.

Asghari fez o comentário na página do Instagram da Netflix.

Veja+: Noivo de Britney Spears se defende

Ele escreveu: “Espero que o lucro desse documentário vá para a luta contra a injustiça #freebritney”, indicou.

A sinopse do filme de Erin Lee Carr diz: “O mundo conhece Britney Spears: cantora, artista, ícone. Mas nos últimos anos, seu nome foi publicamente alinhado a outro, algo mais misterioso: tutela. Britney vs. Spears conta a história explosiva da vida de Britney e sua busca pública e privada por liberdade. Mostrando anos de trabalho investigativo, entrevistas exclusivas e novos documentos, esse filme da Netflix mostra um retrato da trajetória da estrela pop de uma garota próspera para uma mulher presa pela fama e pela família em seu próprio status legal. Mostra a vida de Britney sem utilizar as imagens traumáticas que a definiram antes”.

Sam comentou que Britney vs. Spears surgiu horas depois de ser revelado que Britney teria sua tutela terminada ‘completa e inevitavelmente’ em breve.

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais