fbpx

‘Cafona é ditar regra’: 7 perguntas e respostas sobre consultoria de estilo – R7 Meu Estilo


Há cinco anos Marci Marciano trabalha em um segmento da moda que, até pouco tempo, parecia uma realidade destinada apenas para celebridades, mas que vem ganhando força entre pessoas comuns: como consultora de estilo, ela passa ao menos dois meses ajudando suas clientes a renovar o guarda-roupa e a autoestima. 


“É um processo de descoberta, de descobrir sua essência através das roupas”, explica a especialista. “Se a pessoa não está disposta a se entregar, não será enquecedor” 


Veja também: Coloração pessoal: o passo a passo da técnica favorita das blogueiras


Bota processo nisso. Para que a cliente aprenda como se vestir com elegância, a consultora marca reuniões, arruma o guarda-roupa, acompanha nas compras e montagem de looks e ainda fica disponível parar receber dúvidas via WhatsApp. Há quem diga que o investimento pode ser fútil, mas Marci garante que o ganho não é apenas na autoestima, mas financeiro. “A partir do momento em que você conhece o que funciona para o seu corpo ou não, nunca mais vai gastar dinheiro à toa com uma peça que vai ficar encostada no seu armário.” 


Veja, abaixo, as sete dúvidas mais comuns sobre consultoria de estilo


1. O que preciso saber para contratar um bom consultor? 


“A palavra-chave é empatia. Antes de fechar negócio, é importante verificar os horários que a pessoa trabalha, método, formação. Existem muitos preços diferentes, então o ideal é conhecer antes de contratar: bater um papo online, sentir se a pessoa te compreende. Não é só a menina que você acha bonita no Instagram. A consultora ideal para você é aquela que você sente que vai se desdobrar para te ajudar nesse processo.”


2 . Que tipo de formação um profissional de estilo deve ter?


“Ela não precisa necessariamente ser formada em moda. A formação é um curso técnico de 3 a 4 meses em consultoria de imagem, fora os cursos de especialização como análise de cor, e visagismo. O personal stylist pode ser que tenha ou não.”


3. A consultoria pode ser feita online? 


“Sim. A única etapa que deve ser feita presencialmente é a análise de coloração pessoal.”


4. Que tipos de serviços estão inclusos? 


“Identidade visual: realizamos uma entrevista com a cliente para descobrir do que gostam ou não, quais são suas figuras mais inpiradoras, o que gostariam de mudar. A partir daí, montamos uma identidade visual, que funciona como uma espécie de mapa para direcionar nas compras e montagem de looks.”


“Revitalização de guarda-roupa: tira o que não funciona mais, como peças desgastadas, rasgadas, ou que não têm nada a ver com o estilo. O  que existe ali e funciona, mandamos para ajustes.”


“Lista de compras: acompanhamos a cliente a um circuito de lojas e ensinamos como fazer compras conscientes.”


“Montagem de looks: pegamos peças de roupas e montamos entre 25 e 30 looks para servir de inspiração.”


5. Vou perder minha identidade?


“Esse não é o propósito. A consultoria de estilo é diferente daqueles programas de TV em que a pessoa era totalmente repaginada. Hoje em dia, cafona é ditar regra e criticar. Jamais vou falar para uma senhora de 70 anos, que usou minissaia a vida toda, que agora ela não pode mais. Uma juíza pode ter um estilo mais sensual sem parecer vulgar, uma médica pode ter um visual mais divertido mesmo com o jaleco. A consultoria existe justamente para ajudar homens e mulheres a mostrar sua personalidade, mesmo com os papéis que desmpenham na vida. Se vestir bem ou mal é uma questão de ponto de vista.”


6. Sou obrigada a comprar roupas? 


“Não necessariamente. Já atendi clientes que não fizeram compras. Às vezes temos muita coisa no guarda-roupa que simplesmente não sabemos usar. É mais importante ter peças chaves que funcionem entre si. Qualquer coisa que a consultora diz que você é obrigada a fazer, já desconfie. A única etapa realmente necessária é a identidade visual. Tudo dá pra adequar a necessidade do cliente”


7. Quando devo desconfiar da conduta do consultor? 


“É importante ficar atento quando a pessoa fala que vai disfarçar seu defeito. Não existe defeito, existe característica. Para mim não existe corpo certo ou errado. A sua silhueta é bonita do jeito que ela é e vamos valorizar como ela é. Se você quer parece mais alta ou mais magra, fazemos isso. Mas o princípio da consultoria não é esse.”

Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!