fbpx

Caixa anuncia medidas de cortes de taxas de juros- Edital Concursos

A Caixa Econômica Federal fez um anúncio, na quarta-feira, (31),  bastante positivo para os brasileiros no geral, incluindo famílias e empresas. O banco estatal informou cortes nas taxas de juros de suas principais linhas de crédito.

Além deste anúncio, a partir de 19 de agosto de 2019, a Caixa ainda disponibilizar um novo pacote de produto, o Caixa Sim. Por meio dele, as taxas ficarão ainda mais atrativas aos consumidores.

De acordo com o Presidente do Banco, Pedro Guimarães, a Caixa é a Instituição Financeira mais solvente no mercado, já que nenhuma outra possui 20% de índice de Basileia (a qual mede a solvência das instituições financeiras).

O Presidente ainda completou falando que as reduções de taxas serão permanentes.

Caixa diminui taxas de juros: cheque especial

Para pessoas físicas, a redução imediata nos juros será de 26%. Dessa forma, no mês a taxa mínima irá de 13,45% para 9,99%. Enquanto isso, pessoas físicas terão as taxas diminuídas em 33%. Portanto, a porcentagem vai cair de 14,95% para 9,99% ao mês.

Já no pacote Caixa Sim, estas atenuações são ainda mais vantajosas para os clientes. Em relação ao cheque especial para famílias, a redução na taxa vai alcançar 33%. O que significa 8,99% ao mês.

Para as empresas, esta diminuição será de 40% para 8,99% ao mês.

Sobre o crédito pessoal, o empréstimo também terá uma redução de até 21% nas taxas cobradas. Atualmente,cobra-se o piso de 4,99% ao mês. Com as mudanças, esta porcentagem passa a ser de 2,29% mensais. As taxas podem variar de acordo com o perfil de cada cliente.

Caixa diminui taxas de juros: cartão de crédito

Outra novidade anunciada pela Caixa foi a isenção da anuidade do Cartão de Crédito para pessoas físicas. Segundo o Presidente do Banco, Pedro Guimarães, esta liberação é importante, já que o mercado bancário passa por uma grande competição. Principalmente em decorrência dos recursos do FGTS.

Caixa diminui taxas de juros: capital de Giro

As empresas terão uma redução de 11% nas taxas de capital de giro nas operações com aval de sócios. Portanto, 1,69% ao mês. Este número é maior, 13%, nas de capital de giro com aval de sócios mais imóvel ou aplicação financeira. Então, a partir de 0,99% ou 0,95% ao mês, respectivamente.

Em relação à antecipação de recebíveis com cartão de crédito, a taxa será de 1,85%. Além do mais, no primeiro ano do cartão de crédito, não vai haver anuidade para pessoas jurídicas.

O movimento da Caixa Econômica Federal parte de uma orientação interna do próprio banco. O intuito é antecipar uma retomada mais aquecida na demanda por crédito segundo semestre.

Saiba também: Caixa faz corte de juros que afeta dívidas novas e antigas de clientes.


Fonte: Edital Concursos Brasil

Jornais Virtuais