fbpx

CBF quer retorno do público só com aprovação de municípios – Esportes



Após colocar em pauta a discussão, defendendo ela mesma o retorno gradual do público aos estádios, a CBF acabou criando um impasse com a Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) e com o Flamengo.


A proposta da CBF é inicialmente retornar com 30% da capacidade,  mas com a aprovação das autoridades. 



O impasse foi criado porque Flamengo e Ferj são defensores da volta imediata e que, segundo a CBF, foram os que iniciaram a campanha para a retomada do público. Agora, ambos se ancoram também no fato de o Ministério da Saúde ter aprovado a proposta da CBF, enviada pela própria instituição, tornando, portanto, existente a autorização das autoridades.


O argumento da CBF, no entanto, é que o próprio ministério recomendou que os Estados e municípios também dessem a aprovação. Tal posição é defendida pelos médicos da entidade, que fizeram parte da elaboração da proposta, como Carlos Starling, consultor científico da Sociedade Brasileira de Infectologia, que também dá assessoria à comissão médica da CBF.


“Esse retorno dos torcedores tem sido discutido, para encontrarmos a maneira mais segura. É algo que absolutamente depende dos municípios, não há possibilidade nenhuma de ultrapassarmos a linha das autoridades sanitárias de cada localidade”, ressaltou.


Starling entende que o retorno tem de ser gradativo. Neste sentido, apresentar o estudo acabou precipitando um debate que poderia ser postergado, na avaliação de alguns especialistas. Ainda mais porque o próprio Ministério da Saúde já autorizou. Mesmo assim, Starling acredita que não houve precipitação.


“Há um entendimento em relação à volta gradual, sem data estabelecida. E não pode ser em um lugar e em outro não. Tem de haver consenso entre as autoridades sanitárias locais”, destacou.


A divergência causou uma discussão durante reunião online dos 20 clubes da primeira divisão nacional, na última quinta-feira (24). Rubens Lopes, presidente da Ferj, e Rogério Caboclo, presidente da CBF.


Lopes quer o retorno imediato e Caboclo, assim como 19 dos 20 clubes, preferem esperar o momento em que todos puderem abrir os estádios para os torcedores, evitando o risco de alguém sair privilegiado por poder atuar com torcida, em detrimento de outros que não podem.


Você sabe de quais estados são esses 30 clubes? Tente acertar!


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!