fbpx

Cebraspe recebe R$ 3,4 mi para preparar projeto da universidade distrital

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é bem conhecido como banca de concursos, mas suas atividades vão além. A entidade, ligada à Universidade de Brasília (UnB), também tem um núcleo de pesquisa em educação, que acaba de receber uma tarefa para os próximos dois anos: estudar a viabilidade da concepção de uma universidade distrital (UnDF).

O projeto de criação já está na Câmara Legislativa (CLDF) desde março deste ano. O GDF pediu prioridade na pauta de debates dos deputados distritais, mas a proposta ainda não foi apreciada. A edição de quinta-feira (6/8) do Diário Oficial (DODF) trouxe um termo de colaboração como novidade sobre a iniciativa.

Segundo o documento, as partes envolvidas são, além do Cebraspe (foto em destaque), a Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF) e a Fundação Universidade Aberta (Funab-DF). O acordo prevê repasse de R$ 3,48 milhões para realização do projeto de pesquisa da universidade distrital e tem validade de 2 anos prorrogáveis.

A escolha foi realizada após chamamento público, lançado em agosto de 2019. As duas fundações procuravam um “projeto inovador com vistas ao desenvolvimento social, econômico e tecnológico do DF por meio da estruturação de uma universidade distrital”.

Inicialmente, o Cebraspe deve comprovar a viabilidade da nova instituição. Estudos técnicos sobre o impacto e os custos de implantação da futura UnDF deverão ser apresentados até fevereiro de 2021. Depois, a instituição poderá procurar “modelos inovadores de gestão” e novas “metodologias e tecnologias de ensino superior”. Nesta última etapa, já estão previstos o desenvolvimento de plataforma de ensino a distância (EAD) e de sistemas de informática para gestão acadêmica e biblioteca virtual.

Confira a publicação do DODF: 

0

Projeto de Lei Complementar

Pelo PLC que está na Câmara Legislativa, a UnDF será vinculada à Secretaria de Economia. O prazo máximo para implantação da universidade é de cinco anos. O impacto orçamentário é calculado em R$ 4.557.250,53 para 2020 e o mesmo valor para 2021.

De acordo com o estabelecido no atual projeto, a universidade distrital ofertará cursos de graduação, pós-graduação, formação continuada e extensão. A Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) vai integrar a UnDF, segundo a proposta.

Outras instituições que estão em fase de credenciamento, como a Escola Superior de Polícia Civil, vinculada à PCDF, e a Escola Superior do Cerrado, vinculada ao Jardim Botânico de Brasília, também farão parte da universidade distrital.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!