fbpx

Chega ao fim mais uma edição do Burning Man e, além das lembranças, ficam registros incríveis. Vem ver! – Notas – Glamurama

Chegou ao fim mais uma edição do Burning Man, festival de contracultura que todos os anos ocupa o deserto de Black Rock, em Nevada. Durante oito dias uma tribo com pessoas de todas as partes do mundo ocupam o local para viver momentos quase que irreais acampados no meio do nada, com toda uma filosofia colaborativa, sustentável, criativa e, por que não, de muita loucura. Instalações de artistas e arquitetos de diferentes nacionalidades marcam a ‘cidade’ construída no meio do nada. Neste ano o tema foi “Metamorphosis”, com um Templo Central, inspirado nos portões do Santuário Fushimi Inari, no Japão, que foi queimado no final, assim como a estátua do homem, marca registrada do Burning Man. E em meio a shows, um mood Mad Max psicodélico, tempestades de areia, e o que mais pintar pela frente, ficam as lembranças e fotos simplesmente incríveis. Confira a galeria e entre no clima do Burning Man 2019. Ano que vem tem mais!