fbpx

Com sete dias para buscar reforços no exterior, Santos tenta evitar “correria”

Santos tenta evitar correria no fechamento da janela (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Santos tem sete dias para buscar reforços no exterior. A janela internacional de transferências se encerra no último minuto do dia 31 de julho e o presidente José Carlos Peres admite a falta de opções no mercado interno.

O Peixe quer um lateral-direito, mas principalmente um volante para substituir Jean Lucas. O Alvinegro espera pelo aval da comissão técnica para intensificar as negociações a tempo. Não há nada engatilhado.

Nos últimos fechamentos de janela, o presidente Peres tentou reforços aos “45 do segundo tempo” e não conseguiu, como nos casos de Vágner Love, ainda no Besiktas (TUR), e Evandro, na primeira tentativa de tirá-lo do Hull City (ING). A ideia agora é não precisar correr no dia final.

Jorge Sampaoli sabe da dificuldade de encontrar um volante bom e com preço acessível, capaz de defender e apoiar com a mesma qualidade, porém, conta com a equipe de análise de desempenho para encontrar o melhor custo-benefício.

A vontade de ter um “novo Jean Lucas” é tão grande que Sampaoli aconselhou a direção a não pagar caro por uma “sombra” para Victor Ferraz e sobrar dinheiro. Esse foi um dos motivos para a negociação com Adriano não avançar – o jogador fechou com o Athletico-PR.

Jorge Sampaoli vê o elenco em condições de brigar pelo título brasileiro se um grande volante pintar. Ele está preocupado com as opções escassas em meio a lesões e/ou suspensões. As alternativas no meio são Diego Pituca, Carlos Sánchez, Jean Mota, Alison, Jobson, Cueva, Evandro e Ivonei.


Gazeta Esportiva

  • separator

Fonte: TERRA

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!