Comer azeitona, soprar a comida, usar o celular: dicas de etiqueta à mesa

São Paulo – Todo mundo sabe que é feio comer de boca aberta ou que apoiar os cotovelos sobre a mesa também não é uma postura adequada durante as refeições. Algumas regras de etiqueta parecem óbvias e nem precisariam ser escritas em um manual de boas maneiras à mesa.

Existem, no entanto, situações em que o que parece falta de educação na verdade é aceitável ou até recomendado. Para entender melhor como se comportar durante as refeições – principalmente as mais formais, como um almoço de negócios, EXAME.com conversou com Claudia Matarazzo, especialista em etiqueta e comportamento.

Segundo Claudia, que ministra cursos e faz palestras em todo o Brasil sobre o assunto, o cotovelo, por exemplo, grande vilão da postura durante as refeições, pode – desde que seja de maneira delicada – ser apoiado à mesa em alguns momentos durante um jantar.

Confira a seguir 15 dicas da especialista sobre etiqueta durante as refeições:

Comer com as mãos

Algumas comidas podem ser degustadas com as mãos sem problema. “Alguns tipos de sushis ou comida árabe, desde que não sejam gordurosos, não há nenhum problema em come-los com as mãos”, ensina a especialista.

Lamber os dedos

Já lamber os dedos após comer alguma comida com as mãos não é muito adequado. O ideal, segundo Claudia, é limpar as pontas dos dedos com o guardanapo ou até mesmo lavar as mãos quando possível.

Colocar o guardanapo sobre a mesa depois de usá-lo

Devolver o guardanapo na mesa depois de usá-lo não é falta nenhuma de educação. “Se a pessoa precisa usar o banheiro, por exemplo, durante o jantar, o ideal é que o guardanapo fique na mesa e não na cadeira”, explica Claudia.

Cotovelos sobre a mesa

Ficar inclinado sobre a mesa com os cotovelos apoiados nela não é nada elegante, de acordo com a especialista em etiqueta, pois isso atrapalha a visão e pode causar até algum acidente. Claudia, no entanto, pondera que apoiá-los de forma delicada em certos momentos da refeição também não é abominável e, sim, pode acontecer.

Não saber qual talher usar

Segundo Claudia, ninguém é obrigado a saber os talheres certos para os diferentes tipos de prato. O comum é sempre usá-los de fora para dentro quando dispostos à mesa. “Se surgiu alguma dúvida, pergunte ao maître ou ao garçom. Não é falta de educação não saber”.

Soprar a comida

Se a comida estiver visivelmente quente, soprá-la também não é falta de educação desde que seja diretamente na colher e não no prato e, claro, sempre com delicadeza para que não voe comida para todos os lados.

Esperar que todos sejam servidos antes de começar a comer

A regra diz que sim e é de bom tom esperar que todos sejam servidos antes de começar a comer. Mas não tem problema começar a degustação antes se o anfitrião der o sinal verde ou se a mesa tiver mais de oito pessoas. “Se for uma mesa com muitas pessoas, espere que metade seja servida para começar a comer”, afirma Claudia.

Temperar a comida antes de prová-la

Não é o ideal, principalmente se o chef estiver por perto, explica a especialista. “Embora paladar seja pessoal, até para evitar surpresas, o mais prudente é sempre provar antes de colocar sal ou pimenta”.

Limpar os lábios antes de beber algo

Se a pessoa estiver usando batom ou comendo algo que costuma sujar a boca, o mais indicado é limpar a boca antes de beber algo, mas Claudia afirma que não tem problema nenhum limpar o copo com o guardanapo discretamente se ele sujar.

Descartar o caroço da azeitona

Se for um jantar formal com pessoas desconhecidas, o ideal é não comer a azeitona para que os outros não vejam o caroço da azeitona mastigado. “Agora, se for um tipo de azeitona grande, que pode ser cortada com a faca, não tem problema come-la”, explica a especialista.

Deixar sobras no prato

Ninguém é obrigado a comer toda a comida servida, mas também não é de bom tom deixar muita comida no prato, pois pode indicar que ela não estava tão saborosa.

Pedir para embrulhar o que sobrou

Se sobrou muita comida porque o prato era bem servido, não tem problema nenhum pedir para embrulhar e levar para casa. “ Alguns chefs, inclusive, adoram tal iniciativa, pois prova que a pessoa gostou de verdade do prato”, afirma Claudia.

Posição dos talheres após terminar de comer

Uma vez que os talheres forem usados, eles nunca devem voltar à mesa. No final da refeição, quando a pessoa já estiver totalmente satisfeita, o ideal é posicionar os talheres paralelos virado para você, pois facilita a retirada do prato pelo garçom.

Pertences sobre a mesa

Por questões de higiene, não é aconselhável colocar sobre a mesa pertences como celular, carteira ou bolsa.

Uso do celular durante a refeição

O celular durante toda a refeição deve ficar guardado e, preferencialmente, no silencioso. Claudia aconselha mexer no aparelho somente durante a sobremesa ou o café, que é quando a refeição já está quase terminando e as pessoas costumam ficar mais relaxadas.

(function(d){var id=”facebook-jssdk”;if(!d.getElementById(id)){var js=d.createElement(“script”),ref=d.getElementsByTagName(“script”)[0];js.id=id,js.async=true,js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js”,ref.parentNode.insertBefore(js,ref)}})(document)

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: