fbpx

como a meditação ajuda a viver melhor

Dia do Silêncio: como a meditação ajuda a viver melhor

Foto: Shutterstock / Sport Life

A rotina está cada vez mais caótica. O estresse, a ansiedade tomam conta da vida moderna. Por isso, é cada vez mais importante reservar um tempo do seu dia para ficar em paz, bem quietinho. Nada melhor do que aproveitar que 7 de maio é o Dia do Silêncio para aprender mais sobre esse tema.

Em parceria com o WW Vigilantes do Peso vamos mostrar a importância da meditação. Ela pode ser definida como um estado de profunda tranquilidade e maior consciência, concentrando a mente em um pensamento, objeto ou atividade. A atividade está se tornando uma prática comum na cultura ocidental e cada vez mais associada a uma vida saudável, o controle do estresse e a saúde mental. Pode ajudar a combater uma série de problemas de saúde mental (incluindo sinais de ansiedade), ou podem ser praticados para melhorar a respiração e relaxar.

A maioria das pessoas encontra pequenos motivos para o estresse, como o trânsito, prazos de trabalho e algumas relações pessoais. No entanto, o estresse crônico – um estado persistente de sentimento esgotado ou sobrecarregado, que é ignorado ou não é tratado adequadamente – pode contribuir para problemas digestivos, aumento do apetite, enfraquecimento do sistema imunológico e interrupções do sono.

Embora a sabedoria convencional aponte para atividades como Ioga e meditação, a respiração profunda – que faz parte de ambas as atividades – pode ser a chave.

Mas vamos dar um passo atrás nesse dia do silêncio: situações muito estressantes ativam uma série de mudanças fisiológicas para preparar o seu corpo para responder ao perigo. Por exemplo: seu batimento cardíaco e sua respiração aceleram para distribuir oxigênio e energia, o que resulta em respirações rápidas e superficiais que interferem no movimento típico do diafragma e fornecem menos oxigênio à parte inferior dos pulmões. Isso pode fazer com que você se sinta ansioso e com falta de ar.

A respiração profunda não apenas proporciona alívio, ajudando a distribuir o ar, mas também diminui a velocidade com que você respira. Exercícios de respiração lenta podem ativar sua conexão entre mente e corpo para relaxá-lo mental e fisicamente, de acordo com estudo sobre técnicas de respiração e seus efeitos, publicado na Frontiers of Human Neuroscience.

Uma vantagem das técnicas de respiração: você pode praticá-las ao longo da sua vida cotidiana. Os exercícios respiratórios podem te ajudar a lidar com situações desconfortáveis e a maioria das abordagens envolve variações simples do mesmo conceito – aprender a regular seu corpo durante períodos de estresse.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais