fbpx

Como Estudar por Videoaula

Olá, futuro servidor público! Tudo bem com você? Eu espero que sim!

Já tinha um tempinho que eu não aparecia aqui no blog do Gran Cursos Online, não é verdade? Após um período sabático para renovar as energias e adquirir mais conhecimento, decidi voltar para agregar aos estudos e, é claro, à sua vida. Estamos juntos e ninguém fica para trás.

Durante esse tempo, eu recebi várias perguntas sobre um assunto muito interessante! Eu não vou te falar agora. Segura só um pouquinho, já eu te falo qual é. Antes disso, quero fazer uma pergunta: qual material você tem utilizado em seus estudos?

Você tem essa resposta em mente? Se estivéssemos conversando frente a frente, você teria a resposta na ponta da língua?

Hoje nós temos uma diversidade enorme de materiais: são doutrinas, apostilas, PDFs, videoaulas, audioaulas, dentre outros. A desculpa de que não tem material para estudar já não é mais válida. Olha só o canal do Gran Cursos Online no YouTube: uma imensidão de materiais gratuitos para você. É só pesquisar.

Nessa diversidade de materiais, um tem se destacado: a videoaula, e é sobre esse assunto que nós falaremos hoje. Muitos alunos têm materiais em vídeo, mas não sabem estudar por esse meio de aprendizado. Então, vamos lá! Como estudar por videoaula?

O processo de aprendizagem requer atitudes positivas do estudante; este não deve ficar inerte diante de uma tela de computador ou de smartphone, assistindo por horas o professor ministrar a sua aula. Quem assim o faz está fadado ao destino da maioria, que é não se lembrar de quase nada do que foi transmitido.

O estudo é ativo! Você precisa entender que a sua participação nesse processo é fundamental. O professor já sabe o conteúdo e, provavelmente, já é servidor público. Quem precisa aprender e ser aprovado agora é você! Pode ter certeza de que permanecer com essa postura não trará os resultados almejados. Assumir um papel de protagonista durante a sua preparação para concursos públicos é essencial. Portanto, preste muita atenção: ESTUDAR POR VIDEOAULA NÃO É COMO ASSISTIR TELEVISÃO!

“Mas, Marco, como eu devo estudar por videoaulas então”?

Fica tranquilo. Vou te dar algumas orientações que certamente irão contribuir. Vamos lá!

Quando assistimos à televisão, nós apenas nos posicionamos como mero expectadores. Nada é esperado de nós após assistir a um filme, a uma série ou a um capítulo da novela favorita, diferente do que ocorre quando estamos estudando para concurso. Você não deve apenas assistir à videoaula, mas deve estudar utilizando videoaula.

Você costuma assistir às videoaulas com um material de anotação? Não? Opa! Então já inicie a mudança por aí. É fundamental ter esse material ao seu alcance no decorrer da aula. Anote os principais pontos da exposição, especialmente aqueles os quais o professor diz que caem em prova com maior incidência. Se está difícil escrever e continuar prestando atenção ao que é dito pelo mestre, aperte o pause e, após terminar a sua anotação, libere o vídeo.

Outra dica muito valiosa é: se não entendeu algo, assista novamente. Você tem esse recurso em suas mãos. Você pode assistir à aula quantas vezes quiser! Não fique acanhado, agora é você e mais ninguém.

Ah, sugiro que, quando estiver estudando alguma matéria jurídica, você tenha em mãos a legislação correspondente à matéria. Vade Mecum ajuda muito. Se não tiver o Vade, tenha ao menos a legislação por perto; pode ser impressa ou no próprio computador.

“Mas por que isso?”

Bom, isso é importante para você compreender melhor o conteúdo estudado. Quando um professor citar o artigo de uma lei, pause o vídeo, procure o texto citado na legislação, leia-o e marque-o com uma caneta marca-texto. Feito isso, aperte o play e retorne para o vídeo.

Mas pode acontecer outra situação: você não querer construir esse material totalmente do zero. Nesse caso, é possível baixar a degravação das aulas e acompanhar o professor com ela em mãos. Dessa forma, você somente acrescentará alguns pontos os quais despertem mais a sua atenção ou de maior relevância que, porventura, ainda não estejam no material.

Por fim, a sua situação pode ser outra: não ter paciência ou tanto tempo para assistir aos vídeos. Aqui eu faço uma pausa e te digo: dê um passo de cada vez. Não queira queimar etapas. Essa é necessária e, ainda assim, muitos alunos querem acelerar esse processo. Se esse for o seu caso, eu indico que você assista às aulas numa velocidade acelerada. Alguns fatores deverão ser considerados caso essa seja a sua opção. Vamos vê-los a seguir.

Primeiro, considere o seu nível de conhecimento daquela matéria. Se você já tem uma noção, acelere o vídeo.

Num segundo momento, você deve analisar a didática dos professores. Alguns falam devagar; outros, de forma acelerada. Isso pesará no momento de acelerar o vídeo e quanto acelerar.

Caso você tenha dificuldade no começo, inicie com a velocidade 1.25 ou 1.50. Logo você estará na velocidade 1.75 ou até mesmo 2.0 quando estiver “revisando”.

Para fins de exemplo: se você tiver de estudar quatro videoaulas de 30 minutos em tempo normal, demorará duas horas para terminar. Na velocidade 1.5, você precisaria de 90 minutos. Dessa forma, sobrariam 30 minutos para fazer alguns exercícios. Que tal?

Acredite em mim, essas dicas são simples de serem seguidas e podem potencializar o seu aprendizado no estudo através de videoaula.

 

Hoje ficamos por aqui.

Um grande abraço!

Bons estudos, e até a próxima!

 

VÁ E VENÇA!

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src = “https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!