fbpx

Como fez com Dudu, Tite fecha as portas da Seleção a Marinho – Prisma



São Paulo, Brasil


“Há setores que ficam mais concorridos e outros que ficam menos e aí você busca.


“Marinho.


Têm externos, como Cebolinha, que foi o melhor atacante da Copa América, goleador.


“Temos Neymar que joga pelos lados, Gabriel Jesus, temos Everton Ribeiro, que é o jogador da flutuação.


“É uma questão muito mais de concorrência nos setores.”


Esta foi a resposta de Tite ao ser perguntado sobre Marinho na ESPN.



O treinador da Seleção segue um estranho padrão.


O atacante santista sofre o mesmo esquecimento que Dudu, atacante do Palmeiras, reclamava.


Não adianta ser o melhor jogador brasileiro no país.


A ausência na Seleção é uma constante.


O jogador, que está emprestado ao Al Duhail não se conteve.


“Nem sempre vai (sic) os melhores”, escreveu no Instagram, respondendo a um twitter do apresentador Benjamin Back, questionando a ausência de Marinho na Seleção.


Dudu e seus empresários avaliam a possibilidade de uma convocação pelo Qatar, para disputar a Copa de 2022.


Já desistiram de Seleção, enquanto Tite for o treinador.



“A seleção brasileira é incrível, mas eu não penso. No momento que eu estava voando, como vejo outro também voando, não tive oportunidade. Como eu vinha no Vitória, dificilmente vão olhar para o Nordeste para defender a seleção. Perdi esse brilho de defender a seleção do meu país.


“Se fosse para me naturalizar para defender outro país, não pensaria duas vezes”, disse Marinho ao comentarista Alê Oliveira.



Agora cabe a Cuca fazer o que os treinadores do Palmeiras cansaram de repetir, com Dudu: estimular Marinho.


E esquecer a Seleção.


De um jeito respeitoso, Tite fechou as portas para convocações.


Como o atacante do Santos já sabia…


Curta a página do R7 Esportes no Facebook


Craque da vila! Confira 7 motivos para Marinho ser amado pelo santista


Fonte: R7

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!