fbpx

Como o blog antecipou. Renascido, Gabigol voltou à seleção – Prisma


São Paulo, Brasil


“Gabigol deixou Tite espantado.


“Será convocado para a seleção.”


Este foi o título da matéria publicada pelo blog, no dia 16, há quatro dias.


A importante volta do artilheiro foi antecipada com exclusividade.


Abaixo, as primeiras linhas do post.


“Uma boa notícia para motivar, atrair telespectadores para os amistosos do Brasil em outubro.


Não, não serão os adversários.


Senegal, dia 10. E Nigéria, dia 13.


Jogos impostos pela Pitch, empresa que tem os direitos dos amistosos da seleção, em Singapura.


Sim, na Ásia.


Para maior faturamento da empresa inglesa, como sempre.


Sem a menor preocupação com o valor técnico das partidas para o Brasil.


O que vale é o lucro.


A atração tem tudo para ser o artilheiro do Brasil em 2019.


Gabigol”


A fonte de informação era excelente.


E ela deu mais detalhes.


Revelou que Tite mudou a maneira de analisar Gabigol. Ele detestava seu comportamento em campo. Desde seus tempos no Santos até a Olimpíada de 2016.


Era um jogador mimado, estático, que sacrificava o time esperando a bola no pé canhoto, atuando como na direita, parado como um atacante de pebolim.


O fracasso na Europa e o Flamengo mudaram a atitude do jogador.


Gabigol não entendeu porque os treinadores da Inter de Milão e do Benfica não quiseram sua permanência. Abel Braga foi direto quando o atacante chegou à Gávea. 


Disse que, se o jogador quisesse atuar nos maiores clubes do mundo, teria de mudar. E esquecer a mordomia tática com que foi tratado no Santos. Seria sua obrigação correr por toda a intermediária, abrir espaços, tabelar, marcar, desorientar os zagueiros adversários.


A chegada de Jorge Jesus foi o ponto principal.


O português exigiu um aprimoramento nas conclusões, nas cabeçadas, na antecipação das jogadas. E melhorar ainda mais no preparo físico.


O resultado foi se tornar artilheiro absoluto do país, com 30 gols nesta temporada. 16 só no Brasileiro.


Daí a empolgação de Tite que foi captada pela fonte do blog.


A certeza há quatro dias da convocação.


E Gabigol chega com prestígio para brigar de verdade por uma posição de titular, já que a seleção brasileira se ressente de um artilheiro.


Além do atacante, Tite também teve prazer em chamar Rodrigo Caio, em ótima fase no Flamengo. Reconheceu o ótimo momento de Santos, goleiro do Athetico Paranaense. Apostou no lateral esquerdo Renan Lodi, do Atlético de Madrid.


A lista completa.


Goleiros: Ederson (Manchester City), Weverton (Palmeiras) e Santos (Athletico-PR);


Defensores: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Renan Lodi (Atlético de Madrid), Thiago Silva (PSG), Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid) e Rodrigo Caio (Flamengo);


Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Fabinho (Liverpool), Matheus Henrique (Grêmio), Philippe Coutinho (Bayern de Munique) e Lucas Paquetá (Milan);


Atacantes: Everton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Richarlison (Everton), Neymar (PSG) e Gabriel Jesus (Manchester City).


Os amistosos são contra adversários fracos, Senegal e Nigéria, na distante Singapura. A série de jogos contra rivais péssimos fez o país cair no ranking da Fifa. Está na terceira colocação.


Mais importante do que isso, a seleção segue sem intercâmbio com quem interessa, os europeus.


O treinador chamou sete atletas do futebol brasileiro.


Como a CBF não respeita as datas Fifa, o Campeonato Nacional continuará.


E os clubes com convocados serão prejudicados.


Ficarão duas rodadas sem seus  jogadores.


“Eu não posso responder em relação a outras seleções. É uma dimensão que você está trazendo para mim como uma carga excessiva. Todas as situações que podem ser argumentadas a favor ou contra podem ser respeitadas.


Quero colocar às pessoas que nos ouvem que existe outro lado da questão, que é o lado da convocação da seleção brasileira, que têm que entregar desempenho e resultado. Fomos campeões da Copa América e quinto no Mundial, precisamos entregar resultado. Estou tendo o máximo de bom senso.


O calendário é muito mais decisivo numa competição de Copa do Brasil do que numa competição de pontos corridos. Há controvérsias, há situações que podem ser defendidas das duas partes.


Cada um busque a situação que achar melhor”, resumiu Tite.


Ele está preservando o seu cargo.


Não pensa nos clubes disputando o Brasileiro, uma vaga na Libertadores.


O problema é da CBF.


Ele quer ter os melhores atletas.


Como Gabigol.


E o chamou de volta à seleção…


Quem são os ‘parças’ de Neymar que receberiam R$ 50 mil por mês



Fonte: R7

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!