fbpx

Como o uso de fio dental pode mudar a sua vida

Foto: Pexels

O fio dental faz parte (ou deveria!) de uma boa rotina de higiene bucal. O seu uso diário permite a retirada de resíduos de alimentos que ficam entre os dentes e a escova não alcança evitando, assim, o acúmulo de placa bacteriana e de tártaro. O fio dental é tão importante que a sua ausência pode ocasionar problemas graves na boca, inclusive a perda dos dentes. Passar o fio dental e escovar os dentes antes de dormir são hábitos que causam grande impacto a sua saúde como um todo. Gengivas doentes podem acarretar condições sérias, como doenças cardíacas e respiratórias. 

A dúvida que fica é: será que você está usando o fio dental corretamente? Primeiramente, atente-se à quantidade do produto que você está usando: enrole aproximadamente 40 centímetros do fio ao redor de cada dedo médio, deixando uns dez centímetros entre os dedos. Segurando o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos, deslize-o levemente para cima e para baixo entre os dentes. Atenção: sempre utilize uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo, assim você evita a contaminação entre os dentes.

O fio dental deve ser usado de forma suave. O ideal é que as duas pontas formem uma curvatura em formato de C, para abraçar o dente que está sendo limpo. O fio precisa deslizar nesse espaço para limpar toda a face dentária. Depois, deve ser direcionado para o suco gengival, porção de gengiva que envolve os dentes. Ali também se depositam resíduos de alimento que precisam ser removidos.

O sangramento pelo uso do fio dental pode ser um sinal de alerta para a gengivite, o estágio inicial da doença periodontal. Se não tratada, a gengivite pode progredir para estágios mais avançados, como uma periodontite, que pode causar um dano permanente aos tecido de suporte do dente. Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maior a probabilidade de um tratamento bem-sucedido.

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais