fbpx

Como ter foco, atenção e concentração?

Eu me chamo Raul Brigagão, fui aprovado em vários certames policiais e hoje sou Policial Civil do Distrito Federal. Faço parte da equipe de GranXperts, tendo como missão facilitar o seu caminho nos estudos para que você alcance a alta performante e seja aprovado no concurso dos seus sonhos. É por isso que te convido a conhecer o nosso acompanhamento, que é direcionado e totalmente personalizado. Vamos juntos?

Sei o quanto foi difícil durante a minha trajetória manter-me sempre concentrado, focado e com a atenção total para os concursos públicos. Aprendi muito ao longo dessa minha trajetória, principalmente com os meus erros. Então, é pensando em te ajudar, bem como facilitar um pouco o seu caminho árduo até a aprovação, que eu resolvi escrever esse artigo.

O primeiro ponto a ser observado é o mito criado sobre a atenção. Em resumo, existem três tipos de falta de atenção: a comum, a circunstancial e a clínica. A primeira é aquela natural, do dia a dia, que ocorre por algum motivo externo. Por exemplo: você está estudando e alguma pessoa te chama, ocasionando a quebra do seu raciocínio. A segunda é a circunstancial, que, como o próprio nome diz, acontece em algum momento da sua vida no qual você esteja passando por algum problema e este se torna o centro da sua atenção. Isso te impossibilita de ter atenção em outras coisas – por exemplo, a morte de um ente querido. A terceira é a falta de atenção clínica, que foge ao seu controle, podendo ser causada por hiperatividade (TDAH) ou déficit de atenção, e necessita de um tratamento externo, realizado por algum profissional da saúde.

Basicamente, o passo mais importante para te auxiliar a ter mais foco e concentração é a utilização de um bom planejamento de estudos, porque a falta de organização te impede de conseguir efetividade na hora de estudar. Agora, se você já tem um cronograma bem organizado com todas as suas metas do dia, as chances para que você alcance maior concentração são bem maiores, e, consequentemente, você absorverá a matéria da melhor forma, potencializando o seu aprendizado.

A criação de um ambiente de estudos que te estimule a estudar é essencial, pois favorece o início e a permanência dos seus estudos. É importante você estar num local livre de distrações (celular, televisão etc.), estimulante e que não contribua para a retirada do seu foco. Ambientes como bibliotecas e salas de estudo, além de te proporcionarem um local propício, também asseguram que você estará cercado de pessoas as quais estão estudando – consequentemente, você será mais estimulado a estudar, aumentando o seu foco.

É importante também que, durante o seu período de concentração, o seu celular esteja em modo avião ou no silencioso, para as notificações dele não te interromperem. Eu sabia que o celular era um dos maiores motivos que me faziam perder a concentração e diminuir o meu desempenho, então eu deixava o aparelho em outro local, bem longe do meu alcance.

Atenção! O seu local de estudos deve ser “sagrado”, sendo que, quando você sentar para estudar, nada te fará perder a direção do caminho até a aprovação.

Os tipos de tarefas (ativas e passivas) interferem muito no seu foco e na sua concentração. O que seriam essas tarefas? As tarefas passivas são aquelas que envolvem mais observação e menos aprendizado (assistir a uma aula com pouca interação, por exemplo), e as tarefas ativas são aquelas que envolvem mais ação e menos observação, gerando mais aprendizado (assistir a uma aula acompanhando o material escrito e fazendo observações ao longo do período, por exemplo). Obviamente, a segunda tarefa gera muito mais foco e atenção que a primeira – consequentemente, quanto mais tarefas ativas você incluir nos seus estudos, mais atenção você terá.

A realização de pausas durante a sua meta diária é importante, mas elas não existem para diversão, e sim para recuperar estrategicamente a sua energia e o seu foco para mais uma rodada de estudos. Existem vários métodos os quais podem te auxiliar nessa etapa. Um deles é a técnica Pomodoro – nela, seus estudos devem ser divididos em pequenos blocos intercalados de alta concentração e descanso. Porém, é importante você respeitar o tempo determinado da pausa (ative um despertador!) e não se perder em outras atividades que possam te entreter, como assistir TV e ver redes sociais.

Cuidado para que as suas pausas não se tornem procrastinação. Elas podem ser utilizadas para fazer um lanche, ir ao banheiro, conversar com um familiar. É essencial você deixar esses intervalos estrategicamente previstos em seu planejamento diário, pois eles revigorarão o seu momento de atenção! Nosso maior aprendizado acontece justamente nos momentos de reflexão, então, é interessante utilizar essas ocasiões para analisar o que foi estudado, buscando uma melhor compreensão.

Outro passo positivo para revigorar o seu foco é a realização de atividades físicas – elas contribuem diretamente liberando hormônios (como a endorfina) que reduzirão a sua ansiedade, contribuindo para o seu corpo e a sua mente serem mais propícios ao estudo. Algumas atividades como Yoga e meditação também são muito eficientes nesse passo. Fazer alongamentos também auxilia na oxigenação dos tecidos, podendo reduzir dores e aumentar sua atenção.

Um dos passos mais importantes é o alinhamento entre o seu corpo e a sua mente; eles devem estar completamente conectados à sua ação de estudar. Seu cérebro precisa estar focado nos seus estudos, e você só conseguirá ser eficiente se estiver cem por cento direcionado na atividade que se propôs a fazer, ou seja, não tente ser multitarefas nesse momento. Para ser mais efetivo, sugiro que realize sempre suas atividades de modo ativo, controle seu ambiente de estudos, faça meditações (foque na respiração, pois a oxigenação cerebral auxilia no seu estudo e no seu comportamento), controle sua alimentação (consuma alimentos leves e beba muita água), tenha momentos de descanso pleno, durma bem (o sono revitaliza os órgãos e os tecidos, além de ajudar a sedimentar as informações).

É importante que, durante o seu estudo individual, você tenha um ambiente de estudos silencioso, iluminado, organizado e adequado à sua postura; um planejamento de estudos previamente preparado (metas, tarefas, materiais e métodos); os materiais que serão utilizados separados e organizados anteriormente; o seu celular programado em modo avião em um local fora do seu campo de visão. Além disso, leia a teoria antes das aulas, preparando a sua mente para a melhor absorção do conteúdo. O seu foco deverá ser sempre cumprir a sua meta diária, almejando a sua meta-fim.

A melhor forma de conseguir alcançar esses níveis de concentração, de atenção e de foco é estar entregue verdadeiramente ao seu propósito. Passar em concurso publico é uma tarefa árdua e complexa, que exige muita dedicação e esforço. Foque no processo, siga as suas metas, não negligencie nenhuma etapa dos seus estudos, pois, dessa forma, você estará preparado para o dia do certame escolhido e, consequentemente, atingirá o seu objetivo: a aprovação.

Raul Brigagão
Agente de Polícia Civil e coach de carreiras policiais do Gran Cursos Online.

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src=”https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!