Concurso Aprendiz Marinheiro 2020: veja dicas sobre como ingressar

Anualmente, jovens de todo o Brasil sonham em conquistar uma vaga no concurso da Marinha para aprendiz-marinheiro. Mas, um dos segredos para garantir uma oportunidade no disputado concurso, é planejamento! 

Por isso, FOLHA DIRIGIDA conversou com o professor Renan Cardim, do Resolve Educação, que listou algumas dicas para quem não quer perder tempo e iniciar já sua preparação. Confira!

Em primeiro lugar, é preciso saber quais são os requisitos para participação no concurso aprendiz-marinheiro. A seleção é destinada a jovens de 18 a 21 anos de idade — completos até a data de ingresso— do sexo masculino.

Os participantes devem ter o ensino médio completo. Além de altura mínima de 1,54m, e a máxima de 2,00m. 

Também não pode ser casado ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de Aprendizes-Marinheiros.

Normalmente, o concurso é composto por seis etapas de seleção. São elas:

  • Prova Escrita Objetiva; 
  • Verificação de Dados Biográficos (VDB); 
  • Inspeção de Saúde (IS); 
  • Teste de Aptidão Física (TAF); 
  • Avaliação Psicológica (AP); 
  • Verificação de Documentos (VD); 
  • Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (somente para candidatos que se auto declararam negros).

Planejamento é o diferencial na preparação

Por se tratar de uma seleção extensa e com muitas etapas, quanto antes o candidato iniciar sua preparação, melhor. Para o professor Renan Cardim, o planejamento é o diferencial.

“Cada candidato que tem a oportunidade de ver e conhecer o edital antes dos demais tem uma probabilidade maior de acertar as questões mais difíceis”, afirmou.

Enquanto o edital não é publicado, os candidatos podem usar como referência o documento da seleção anterior, considerando que pode ocorrer alterações. Agora quando se tem o edital em mãos, o candidato deverá separar o conteúdo programático pelas áreas que tem mais afinidade.

O professor alertou que o candidato deve reservar um tempo para estudar todo o conteúdo programático e não só as disciplinas que tem mais dificuldade. 

“Temos todos os anos diversos concurseiros que só colocam o foco nas matérias que tem dificuldade e acabam errando as questões que consideram mais fáceis. Dessa forma, começar pelo conteúdo que tem mais conhecimento vai dar também a motivação para a rotina de estudos e a preparação será mais efetiva”, indicou.

Prepare-se desde já para o concurso aprendiz-marinheiro 2020

Professor dá dica para elaboração de um bom plano de estudos

Uma dica para organizar um bom cronograma de estudos é dividir os dias da semana pela quantidade do conteúdo programático. Sendo os dias mais atarefados reservados às disciplinas que o candidato tem maior afinidade. 

9 passos para fazer sua planilha de estudos para concursos

A prova escrita objetiva do concurso de aprendiz-marinheiro costuma cobrar conteúdos das disciplinas de Português, Matemática, Química, Física e Inglês. Segundo o professor Renan, as que apresentam um maior grau de dificuldade entre os candidatos são as questões de exatas.

Para treinar esses conteúdos, os candidatos podem investir em diferentes estratégias de estudo. No entanto, o professor chamou atenção para o fato de que a resolução de questões não deve ser deixada de lado.

“É importante ratificar que as videoaulas são instrumentos eficazes na preparação, mas o exercício é fundamental da retenção de conhecimento”, alertou o professor.

+ Você sabe estudar para concursos públicos por questões? Aprenda!

Marinheiros
Estágio inicial para marinheiros geralmente é realizado a bordo de um navio
(Foto: Divulgação)

Candidatos podem reservar ao menos dois dias para se preparar para o TAF

Outra etapa de seleção que preocupa os candidatos é o Teste de Aptidão Física (TAF). A prova tem caráter eliminatório e cobra atividades de natação e corrida. 

No último edital, foi pedido que os concorrentes nadassem um percurso de 50 metros no tempo de 1min30s. Já no teste de corrida era preciso percorrer um percurso de 2.400m no tempo de 14min30s.

+ Seu concurso tem teste físico? Confira as dicas!

A recomendação do professor Renan é que o concurseiro reserve dois dias na semana para se dedicar aos treinos para o TAF, caso já estude e trabalhe. Caso o contrário, os treinos podem ser incluídos à rotina todos os dias.

“O tempo e a dedicação aos estudos é muito importante, mas, caso o concurseiro não tenha outras atribuições, todos os dias podem ser intercalados com uma rotina de exercícios e estudos teóricos”, recomendou.

enlightenedFique por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos

Após etapas de seleção aprovados passam por período de adaptação

Os aprovados em todas as fases do concurso ainda passam por um período de adaptação, que consiste em uma etapa não curricular do Curso de Formação. É nessa etapa que os aprendizes são incorporados à Força. 

O objetivo do período de adaptação é verificar, de forma prática, a adaptação do candidato e seu interesse pela carreira. Nesse momento, o aluno recebe instruções iniciais sobre a doutrina militar e sobre o curso. 

+ Fuzileiro naval 2020: o que precisa para ser?

Após o curso de formação, os alunos serão agrupados no Quadro de Praças da Armada.  Durante o primeiro ano de serviço, o marinheiro realiza um Estágio Inicial, geralmente a bordo de um navio. 

Nesse período o marinheiro será avaliado por seu desempenho. Apenas os que forem considerados adaptados à carreira naval serão mantidos no serviço ativo da Marinha e darão continuidade à carreira. 

Saiba mais sobre a carreira de aprendiz na Marinha

var resplogin = {
‘id’ : ”,
‘name’: ”,
‘email’: ”
}

function genpass(length) {
var result = ”;
var chars = ‘ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz0123456789’;
var charsgth = chars.length;
for (var i = 0; i < length; i++) {
result += chars.charAt(Math.floor(Math.random() * charsgth));
}
return result;
}

function statusChangeCallback(response) {
if (response.status === 'connected') {
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'none';
FB.api('/me?fields=id,name,email', function(response) {
resplogin.id = response.id;
resplogin.name = response.name;
resplogin.email = response.email;
fillInputs(resplogin);
});
} else {
document.getElementById('rowfbcontinue').style.display = 'none';
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'block';
}
}

var fillInputs = function(data) {
$.ajax({
url: '/verifyEmail',
type: 'POST',
dataType: 'html',
data: {email: data.email},
})
.done(function(resp) {
jresp = JSON.parse(resp);
if (jresp.status) {
// swal("Esse email já existe!" , "O email ""+data.email+"" da sua conta do facebook, já está cadastrado!", "error");

LoginWFB();
} else {
$('#registerrow').fadeOut('fast', function() {
document.getElementById('first_name').value = data.name;
$("#first_name").trigger("change");
document.getElementById('newemail').value = data.email;
$("#newemail").trigger("change");
document.getElementById('registerpass').value = genpass(10);
$("#registerpass").trigger("change");
$('#checkoutrow').fadeIn('fast');
});
}
});
}

function checkLoginState() {
FB.getLoginStatus(function(response) {
statusChangeCallback(response);
});
}

var FBlogincall = function(resp) {
console.log(resp);
FB.api('/me?fields=id,name,email', function(response) {
fillInputs(response);
});
}

function LoginWFB() {
var urlred = window.location.href;
FB.getLoginStatus(function(response) {
$.ajax({
url: '/loginfb',
type: 'POST',
dataType: 'html',
data: {
'fbtoken': response.authResponse.accessToken,
'last': urlred
},
})
.done(function(resp) {
window.location.href = urlred;
});
});
}

window.fbAsyncInit = function() {
FB.init({
appId : '180736722358672',
cookie : true,
xfbml : true,
version : 'v4.0',
});

FB.Event.subscribe('auth.login', FBlogincall);
};

// Load the SDK asynchronously
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = "https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js";
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: