Concurso Araguaína-TO: projeto de lei propõe edital com 600 vagas

No Tocantins, a Prefeitura de Araguaína encaminhou à Câmara de Vereadores um projeto de lei para criação de 600 novas vagas no Executivo. Desse total, 40 serão para Guarda Municipal. Em caso de aval, o preenchimento de tais cargos será por concurso público.

A informação foi confirmada à FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 6, pela Assessoria de Comunicação do município. A assinatura do projeto de lei foi feita pelo prefeito Ronaldo Dimas na última segunda, 4, junto com a proposta de implantação da Guarda Municipal (GM) de Araguaína.

A previsão é queo concurso Araguaína-TO ocorra em 2020. Ambos os projetos foram entregues ao presidente da Câmara, Aldair da Costa, para votação nos próximos dias. Os cargos, escolaridades e salários ainda não foram revelados. Em caso de aprovação da Casa Legislativa, o texto segue para sanção do prefeito.

Depois, o município formará uma comissão para acompanhar todos os preparativos internos do concurso Araguaína-TO. O grupo será responsável, por exemplo, pela elaboração do projeto básico, que funciona como um espelho para o edital.

Prefeito de Araguaína-TO (em pé) assina projeto de lei para criação de
600 vagas no município (Foto: Divulgação)

 

Esse documento, também conhecido como termo de referência, apresenta dados importantes como vagas, cargos, escolaridades, salários e etapas de seleção. Quando pronto, o projeto básico integra a licitação para escolha da banca organizadora.

As instituições participantes recebem o documento para que possam propor seus preços para ficar à frente da seleção. Em geral, a que apresenta o melhor preço e atende aos requisitos é contratada como banca. Assim, recebe o direito de receber as inscrições do concurso e aplicar as etapas, como provas objetivas.

A Prefeitura de Araguaína fica localizada a 384 km de Palmas, capital do Tocantins. O município, porém, é o segundo mais populoso do estado. A expectativa é que a forma de contratação seja pelo regime estatutário. Ou seja, que garante a estabilidade empregatícia aos servidores.

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação
+ Como estudar para concurso público sem edital?

Câmara de Araguaína-TO realizou concurso com 2016

O último concurso realizado em Araguaína, no Tocantins, ocorreu em 2016 com oferta para ingresso como servidor da Câmara de Vereadores. O edital trouxe 28 vagas distribuídas entre carreiras de todos os níveis de escolaridades.

Os salários do concurso Araguaína-TO de 2016 chegaram até R$4.083,41 para cargas de trabalho de 30 horas semanais. As oportunidades foram para auxiliar de serviços gerais, vigilante, auxiliar administrativo, intérprete de libras, motorista, oficial de diligências, técnicos em áudio e vídeo, legislativo, contador, analista financeiro, entre outros.  

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A etapa contemplou questões de múltipla escolha sobre Língua Portuguesa para todos. Assim como Matemática e Conhecimentos Gerais, para ensino fundamental.

Quem concorreu às vagas com exigência de nível médio, técnico ou superior foi submetido, além da disciplina comum a todos (Português), a questões de Atualidades, Informática, Legislação, Administração Pública e Especificidades.

A validade do concurso foi de dois anos, prorrogáveis por igual período. Todos os aprovados foram contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade empregatícia aos novos profissionais.

Para a Prefeitura de Araguaína o último concurso ocorreu em 2015, com a oferta de 40 vagas para agente de transportes e trânsitos. O cargo exigiu ensino médio completo, com remuneração inicial de R$1.621,05. A jornada de trabalho era de 12×36 horas.

var resplogin = {
‘id’ : ”,
‘name’: ”,
‘email’: ”
}

function genpass(length) {
var result = ”;
var chars = ‘ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz0123456789’;
var charsgth = chars.length;
for (var i = 0; i < length; i++) {
result += chars.charAt(Math.floor(Math.random() * charsgth));
}
return result;
}

function deleteperm() {
FB.api('/me/permissions', 'delete', function(response) {
// console.log(response);
// alert('removed perms!');
});
}

function statusChangeCallback(response) {
if (response.status === 'connected') {
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'none';
FB.api('/me?fields=id,name,email', function(response) {
resplogin.id = response.id;
resplogin.name = response.name;
resplogin.email = response.email;
fillInputs(resplogin);
});
} else {
document.getElementById('rowfbcontinue').style.display = 'none';
document.getElementById('rowfbcontinuelg').style.display = 'block';
}
}

var fillInputs = function(data) {
if (data.email == null) {
html = '

‘+

‘+

‘+
Você não autorizou vermos o seu email. Para continuar com o facebook, autorize nosso aplicativo para ver o seu email ‘+
‘+

‘+

‘+

‘;
$(‘#loginalertfb’).html(html);

deleteperm();
return false;
}

$.ajax({
url: ‘/verifyEmail’,
headers: {
‘X-CSRF-TOKEN’: $(‘meta[name=”csrf-token”]’).attr(‘content’)
},
type: ‘POST’,
dataType: ‘html’,
data: {email: data.email},
})
.done(function(resp) {
jresp = JSON.parse(resp);
if (jresp.status) {
html = ‘

‘+

‘+

‘+
O email ‘+data.email+’ já está cadastrado. Por favor clique no botão “Entrar com o Fabebook” ‘+
‘+

‘+

‘+

‘;
$(‘#regalertfb’).html(html);

return false;
} else {
if (window.location.pathname == ‘/login’) {
LoginWFB();
} else {
$(‘#registerrow’).fadeOut(‘fast’, function() {
document.getElementById(‘first_name’).value = data.name;
$(“#first_name”).trigger(“change”);
document.getElementById(‘newemail’).value = data.email;
$(“#newemail”).trigger(“change”);
document.getElementById(‘registerpass’).value = genpass(10);
$(“#registerpass”).trigger(“change”);
$(‘#checkoutrow’).fadeIn(‘fast’);
});
}

}
});
}

function checkLoginState() {
FB.getLoginStatus(function(response) {
statusChangeCallback(response);
});
}

var FBlogincall = function(resp) {
console.log(resp);
FB.api(‘/me?fields=id,name,email’, function(response) {
fillInputs(response);
});
}

function LoginWFB() {
const querystr = new URLSearchParams(window.location.search);
const querylast = querystr.get(‘last’);
let urlred;
if (querylast == null) {
urlred = window.location.href;
} else {
urlred = querylast;
}

FB.getLoginStatus(function(response) {
$.ajax({
url: ‘/loginfb’,
headers: {
‘X-CSRF-TOKEN’: $(‘meta[name=”csrf-token”]’).attr(‘content’)
},
type: ‘POST’,
dataType: ‘html’,
data: {
‘fbtoken’: response.authResponse.accessToken,
‘last’: urlred
},
})
.done(function(resp) {
jresp = JSON.parse(resp);
if (jresp.status) {
window.location.href = urlred;
} else {
html = ‘

‘+

‘+

‘+
‘+jresp.message+’ ‘+
‘+

‘+

‘+

‘;
$(‘#loginalertfb’).html(html);

deleteperm();
}
});
});
}

window.fbAsyncInit = function() {
FB.init({
appId : ‘180736722358672’,
cookie : true,
xfbml : true,
version : ‘v4.0’,
});

FB.Event.subscribe(‘auth.login’, FBlogincall);
};

// Load the SDK asynchronously
(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: