fbpx

Concurso da Polícia Federal – Edital – Inscrição – Gabarito

O edital do concurso da polícia federal deve abrir em breve

Muita gente tinha perdido a esperança, mas o novo concurso da Polícia Federal está mais perto do que nunca. Ao que parece, o edital é mesmo questão de tempo, sabia?

Considerado um dos mais aguardados pelos concurseiros, a seleção da PF deve avançar ainda em 2020. Por isso, é importante começar a se preparar desde já.

E se você não sabe direito por onde começar, fique tranquilo. Vamos explicar o mais importante pra você sobre a prova a seguir. Confira!

Vai ter concurso da PF em 2020?

A pandemia de coronavírus afetou praticamente todos os setores, e não foi diferente com os concursos. Apesar da grande expectativa pelo concurso da Policia Federal, da Caixa Econômica e até do Banco do Brasil, aconteceram mudanças importantes em sua realização.

Para entender melhor, vale mencionar a Lei Complementar (LC) 173/2020 que gerou muita polêmica em maio desse ano. Em sua disposição, foi proibida “a realização de concurso público nos níveis federal, estadual, distrital e municipal, em razão da pandemia da COVID-19” até dezembro de 2021.

Assim que foi divulgada, a lei gerou muitos debates. No entanto, embora o escopo seja claro, há nuances importantes nessa decisão. O que acontece é que essa regra desconsidera a reposição de vagas em aberto.

Na prática, é como se proibissem a criação de novos cargos, mas não a contratação para cargos já existentes. E seja no concurso da Polícia Federal ou em outras instituições, eles são muitos.

Calcula-se, na verdade, que a defasagem seja de até 50%. Ou seja, é necessário contratar o dobro de servidores no Brasil.

Assim, a resposta para a pergunta se vai ter concurso da PF em 2020, é não. Entretanto, isso não que dizer que a prova não vá acontecer em 2020. Ou que um edital não será lançado em breve.

Quando será o próximo concurso da Polícia Federal?

distintivo da polícia
A prova do concurso é uma das mais esperadas

Ainda é cedo para determinar quando vai acontecer o novo concurso da Polícia Federal. Na verdade, a maior parte das informações sobre o assunto são extraoficiais.

Na última semana, por exemplo, houve muitas notícias sobre o presidente Jair Bolsonaro confirmando o lançamento do edital. Entretanto, não há qualquer previsão sobre quando deve acontecer.

Isso acontece porque mesmo que a lei complementar não proíba todos os concursos, as aglomerações estão proibidas no Brasil. Portanto, pelo menos até o final de 2020 nenhuma prova seletiva deve ser realizada de forma convencional. Tanto que até mesmo o ENEM 2020 já foi adiado para janeiro.

Ainda assim, há informações extraoficiais importantes. A principal aponta que serão repostas em torno de 2 mil vagas no próximo concurso da PF. Em tese, elas serão divididas assim:

  • 1.016 vagas de agente;
  • 600 vagas de escrivão;
  • 300 vagas de delegado; e
  • 84 vagas de papiloscopista.

Esse detalhamento foi divulgado pouco depois que o ministro André Mendonça deu uma entrevista falando sobre as 2 mil vagas. Além disso, o presidente Bolsonaro usou as redes sociais para corroborar a informação.

Quando sai o edital da PF 2020?

Apesar do avanço do concurso da Polícia Federal, pouco se sabe sobre o editar da PF em si. Por meio de seu Twitter, o presidente declarou que ainda em 2020, a PF terá 600 novos profissionais, além de um novo concurso. Não há, entretanto, mais explicações ou datas na declaração.

Convém dizer que o Ministério da Economia também precisa dar o seu aval para que o concurso saia do papel.

Como o coronavírus ainda segue em expansão no Brasil, a expectativa é que ainda leve algumas semanas. Na verdade, é possível que um edital seja liberado apenas no final de 2020, com andamento para 2021.

A data inclusive estaria prevista em um planejamento da Polícia Federal. O cronograma incluiria as seguintes outras datas:

  • Lançamento do edital: dezembro de 2020
  • Provas (objetiva e discursiva): de abril de 2021
  • Teste de Aptidão Física (TAF): junho de 2021
  • Curso de Formação Profissional (1ª turma): janeiro de 2022
  • Curso de Formação Profissional (2ª turma): julho de 2022

Como é possível perceber, não se trata de um calendário oficial. Essa informação começou a circular entre concurseiros ao longo da semana. Mas apesar de ser extraoficial, conta com indícios de que possa mesmo acontecer.

Outros concursos tiveram um timing parecido com esse. O que significa que é importante começar a se preparar para a prova da PF desde já.

Qual foi o último concurso da Polícia Federal?

distintivo da pf
O último concurso da PF aconteceu em 2018

Embora a espera pareça muito longa, o último concurso da Polícia Federal não aconteceu há tanto tempo assim. O edital mais recente foi divulgado em 2018. Na época, foram ofertadas:

  • 150 vagas para delegado;
  • 60 vagas para perito criminal;
  • 80 vagas para escrivão;
  • 30 vagas para papiloscopista;
  • 180 vagas para agente.

Os cargos foram disputados por quase 150 mil inscritos. O edital contemplava apenas cargos para ensino superior, com salários entre R$11 mil e R$22 mil.

Vale dizer, porém, que as vagas para a área administrativa foram selecionadas há muito mais tempo. O último edital com contratações aconteceu em meados de 2013. É por isso que se considere que a defasagem está tão em alta.

Como se inscrever para o concurso da Polícia Federal?

O concurso da Polícia Federal é considerado um dos mais concorridos e desejados do Brasil. No entanto, para se inscrever e concorrer a uma vaga, os critérios são menos restritos do que se imagina.

Para iniciar o processo de inscrição, o candidato precisa:

  • ter mais de 18 anos;
  • de carteira de habilitação categoria B ou outras acima;
  • nível superior;
  • nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • direitos políticos completos;
  • estar em dia com obrigações militares, para candidatos do sexo masculino;
  • estar em dia com a justiça eleitoral.

Convém dizer que o curso de nível superior vai depender do tipo de vaga desejada. Para os cargos de perito e delegado, por exemplo, o curso é previsto no edital.

No caso da vaga para delegado, a graduação exigida é do curso de direito. Enquanto isso, quem quer ser perito criminal pode cursar áreas como Química, Física, Medicina, Farmácia, Enfermagem, Biomedicina e Engenharias.

Para vagas de ensino médio, o requisito é ter um certificado de conclusão reconhecido devidamente pelo MEC.

O que estudar para passar no concurso da Polícia Federal?

imagem17-07-2020-19-07-49
É preciso estudar principalmente as áreas específicas

A organização sobre o que estudar para o concurso da Polícia Federal depende principalmente da vaga escolhida. Embora a graduação das vagas previstas para 2020/2021 seja de ensino superior, há nuances entre os tipos de prova.

Em geral, o conteúdo cobrado na prova envolve:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Direito Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Estatística
  • Raciocínio Lógico
  • Informática
  • Contabilidade Geral

Como você pode notar, existem questões básicas para se estudar, como língua portuguesa. No entanto, a prova não conta com redação, por exemplo, o que costuma ser um alívio para muitos candidatos. Contudo, certas vagas contam com uma prova discursiva. Portanto, é necessários saber escrever de forma correta e clara.

Por outro lado, há ainda a necessidade de se estudar estatística e raciocínio lógico. Na prática, ambos são muito mais amplos do que matemática. Por isso, é interessante estudar para cada uma delas de forma separada.

A informática também costuma ser um gargalo pouco levado à sério. O que acontece é que muito do conhecimento sobre o assunto vem da prática. No entanto, na hora de responder alguma questão, nem sempre é fácil acessar esse conhecimento.

Agora, em se tratando do concurso da polícia federal, nada é mais necessário do que os temas de direito.

Na verdade, não é incomum que muitos concurseiros tenham saído justamente dessa graduação. E não apenas em se tratando da função de delegado, de outras como papiloscopista, por exemplo. Dessa forma, um candidato vindo de outra formação precisa correr especialmente atrás desse tipo de conteúdo.

Quantas questões tem a prova da PF?

Como o edital do concurso da polícia federal 2020 ainda não foi divulgado, é impossível antever as questões da prova. No entanto, se você tem acesso a provas e gabaritos, dá para compreender que o teste sempre segue um certo padrão.

Dessa forma, dá para dizer mais ou menos quantas questões tem a prova da PF ou quantas deve ter na próxima edição. Em geral, o teste é dividido em 3 blocos, com 120 questões. Em 2018, a divisão foi essa;

Bloco I: Língua Portuguesa, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal e Direito Processual Penal, Legislação Especial, Estatística, Raciocínio Lógico.

Bloco II: Informática.

Bloco III:
– Agente Policial: Contabilidade Geral;
– Escrivão: Arquivologia, Contabilidade Geral;
– Papiloscopista: Arquivologia, Biologia, Física, Química.

De forma simplificada, dá para resumir cada bloco em conhecimento geral, informática e conhecimento específico. No entanto, para a prova de delegado, por exemplo, há ainda a prova dissertativa.

Nesse caso, o teste não conta com um gabarito pré-definido. Cabe ao candidato responder de forma argumentativa a três questões. Também pode ser necessária a montagem de uma peça processual.

Tanto as provas objetivas quanto as dissertativas são eliminatórias.

Convém lembrar ainda que a aprovação não depende apenas dessas provas. As etapas tendem a se dividir em:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de Aptidão Física (EAF);
  • Prova Prática de Digitação (somente Escrivão);
  • Avaliação médica;
  • Avaliação psicológica.

Para quem quer passar no concurso da polícia federal, é sempre importante olhar o todo. Não basta, por exemplo, dominar a prova objetiva e esquecer por completo a aptidão física, se necessária.

Como me preparar para a prova da Polícia Federal?

carro da pf
A preparação para a PF envolve treinamento físico

Se você um dos concurseiros ansiosos pelo concurso da Polícia Federal, saiba que uma rotina de estudos é indispensável. Embora o edital da PF 2020 possa oferecer entre 2000 e 2500 vagas, a concorrência provavelmente será bastante alta. E tem gente que já está estudando desde agora.

Por isso, tente sempre:

  • determinar quantas horas por dia vai estudar;
  • separar o material por matérias;
  • determinar suas fraquezas e aumentar o tempo de dedicação a elas;
  • fazer revisões periódicas;
  • procurar materiais atualizados de direito;
  • acompanhar notícias e acontecimentos de todo o mundo.

Também é importante que candidatos fiquem atentos à montagem de peças processuais. Para as provas discursivas, é importante tentar responder pelo menos 3 questões por semana. E, quanto mais perto da data da prova, tentar fazer o mesmo em um tempo menor de duração.

Outro ponto importante é não descuidar da forma física. Embora os testes de aptidão ainda demorem bastante, não dá para esperar os resultados para começar.

A prova física consiste em:

  • barra fixa;
  • impulsão horizontal;
  • natação;
  • corrida.

Para homens e mulheres são determinados índices diferentes. No entanto, quanto melhor a performance, maior a pontuação. E, acredite, há muita gente que sequer consegue pontuar, o que leva à eliminação.

Se você acredita que está muito aquém do exigido, considere iniciar a rotina de treinos junto com a de estudos.

Quanto tempo dura o concurso da PF?

Falando em tempo e aptidão, é importante considerar também sua capacidade de responder toda a prova no período de tempo correto. A prova do concurso da PF oferece um tempo de, em média, 5 horas para sua realização.

No caso das provas dissertativas, para o cargo de delegado, foram 4 horas para as questões objetivas. Já a segunda etapa, com as questões a serem respondidas de forma dissertativa, mais 4 horas.

Se você está pensando em quanto tempo dura a vigência, o concurso da Polícia Federal segue o mesmo padrão de outras provas. São 2 anos de duração, prorrogáveis por pelo menos mais 2.

Quando esperar o edital do concurso da Polícia Federal?

concurso da Polícia Federal
As provas ainda não têm data de realização

Para encerrar, vale reforçar que o novo edital do concurso da polícia federal ainda não teve uma data determinada. A expectativa é de que seja liberado ainda em 2020, provavelmente no mês de dezembro.

No entanto, vale lembrar que já aconteceram muitas especulações em relação a esse certame. Por isso, é importante ficar sempre de olho nas novidades e publicações sobre o assunto.

É possível que o concurso da Polícia Federal demore menos do que o esperado. Por isso, aproveite o tempo para estudar gabaritos, provas anteriores e aumente a sua chance de aprovações!

Ficou mais animado para a prova? Ainda tem dúvidas sobre o edital da PF? Então aproveite para deixar um comentário falando sobre suas impressões!

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!