Concurso DPDF 2020 é autorizado e terá 60 vagas para Analista

Defensoria Pública do Distrito Federal publica autorização para novo concurso do órgão que irá preencher 60 vagas no cargo de Analista de Apoio à Assistência Jurídica. Última seleção para o cargo foi em 2014.

Abertura inscrições
Em breve
Total de vagas
60

Encerra inscrições
Em breve
Salários até
A divulgar

Boa notícia para os concurseiros do Distrito Federal! Foi publicado no Diário Oficial do DF desta terça-feira, 21, o extrato de autorização que confirma um novo concurso da Defensoria Pública (concurso DPDF 2020). Serão abertas 60 vagas no cargo de Analista de Apoio à Assistência Jurídica. A autorização prevê ainda formação de cadastro reserva na função que tem salário inicial de R$ 5.241,22 (último concurso) e exige graduação em Direito.

Confira o extrato de autorização publicado do DODF de 21 de janeiro de 2020:

Novo concurso DPDF 2020 é autorizado

Concurso DPDF é autorizado

Cargo: Analista de Apoio à Assistência Jurídica
Salário inicial: R$ 5.241,22 (do último edital)
Escolaridade: nível superior (Direito)
Vagas: 60 + cadastro reserva
Banca organizadora: a ser definida
– veja o edital do último concurso

Último foi há 6 anos

Organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a última seleção para o cargo de Analista de Apoio à Assistência Jurídica da DPDF ocorreu em 2014. Na ocasião, o edital abriu 15 vagas imediatas e 45 em cadastro de reserva com remuneração inicial de R$ 4.641,22 mais R$ 600,00 de gratificação judiciária.

O concurso anterior da DPDF avaliou os candidatos por meio de provas objetivas de múltipla escolha composta de 80 questões sobre os seguintes assuntos:

  • Conhecimentos básicos: Língua Portuguesa (10 questões) e Organização e Princípios Institucionais da Defensoria Pública do Distrito Federal (04 questões);
  • Conhecimentos específicos: Direito Constitucional (10 questões), Direito Administrativo (10 questões), Direito Penal (10 questões), Direito Processual Penal (10 questões), Direito Civil (10 questões), Direito Processual Civil (03 questões), Direito do Consumidor (03 questões) e Direito da Criança e do Adolescente (03 questões).

A segunda e última etapa do concurso foi a prova escrita discursiva de conhecimento específico, realizada em Brasília-DF na mesma data da prova objetiva. A prova discursiva consistiu em uma redação sobre tema relacionado ao tópico “Organização e Princípios Institucionais da Defensoria Pública do Distrito Federal”. O texto deveria ter entre 25 e 30 linhas.

Atribuições do cargo

Analista de Apoio à Assistência Jurídica: Análise e pesquisa da legislação, doutrina e jurisprudência nos vários ramos do Direito, assessoramento aos Defensores Públicos, e a execução de atividades da mesma natureza e nível de complexidade determinadas em legislação específica, observadas as peculiaridades da especialidade vinculada ao cargo, e, ainda, de acordo com a Portaria Conjunta SEPLAG/CEAJUR n. 49, de 22 de dezembro de 2010, alterada pela Portaria Conjunta SEAP/DEFENSORIA PÚBLICA n. 06 de 18 de outubro de 2013, analisar processos judiciais e administrativos, confeccionar minutas de petições, emitir informações e pareceres; promover, sob a supervisão direta do Defensor Público, a solução extrajudicial dos litígios, visando à composição entre as pessoas em conflito de interesses, por meio de mediação, conciliação, arbitragem e demais técnicas de composição e administração de conflitos; conduzir, sob a supervisão direta do Defensor Público, audiência de mediação, conciliação e arbitragem; elaborar minuta de instrumento de transação, mediação ou conciliação a ser referendado pelo Defensor Público; auxiliar os membros da Defensoria Pública do Distrito Federal em audiências e diligências judiciais e extrajudiciais; proceder a estudos e pesquisas na legislação, na jurisprudência e na doutrina pertinente para fundamentar a análise de processo e emissão de petições e pareceres; fornecer suporte técnico e administrativo aos Defensores Públicos, assistidos, órgãos julgadores e aos Núcleos de Assistência Judiciária; inserir, atualizar e consultar informações em base de dados; verificar e auxiliar no cumprimento de prazos processuais; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Acompanhe o Ache Concursos e adicione o site aos seus favoritos para não perder o lançamento deste edital.

function carregaComentariosFacebook(){$(‘#btcarregarcomments_facebook’).hide();(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v5.0&appId=190514314326298″;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,’script’,’facebook-jssdk’));}

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: