Concurso PM AL 2019: Governador confirma edital no segundo semestre!

Excelente notícia. A Polícia Militar de Alagoas vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso PM AL 2019). Na segunda-feira, 05 de agosto, o governador do Estado, Renan Filho, anunciou que o edital da corporação será lançado ainda no segundo semestre deste ano. O edital tem previsão de ser divulgado com 500 vagas.

“Estamos concluindo a convocação da reserva técnica do concurso da Polícia Militar de 2012. E, assim que essa etapa for fechada, vamos lançar, ainda neste segundo semestre, outros três editais para reforçar as Polícias Civil e Militar e a Ressocialização. Com isso, abriremos concursos para delegados e agentes da Polícia Civil, soldados da Polícia Militar e agentes penitenciários”, afirmou Renan em entrevista coletiva no Palácio dos Palmares, em Maceió.

“Os novos concursos formam uma agenda muito importante para quem estuda, para quem deseja ser servidor público e também para a sociedade, porque é uma agenda de renovação da força de trabalho do Estado, no sentido de seguir elevando a qualidade das políticas públicas prestadas, com mais policiais nas ruas, mais professores nas salas de aula, novos profissionais para os novos hospitais que estão em construção e serão entregues nos próximos anos. Mais profissionais para atuar na área-meio do Estado, na arrecadação, de maneira que muita gente tem interesse nisso”, disse o governador.

Concursos em andamento

De acordo com o secretário do Planejamento e Gestão, Fabrício Marques, os candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar de 2006, convocados em maio após decisão judicial, vão realizar os testes de aptidão física antes dos aprovados no concurso de 2018, evitando questionamentos judiciais.

“A gente veio acompanhando a evolução da decisão judicial sobre a convocação dos candidatos de 2006. A gente teve todo o cuidado sobre a melhor forma de convocar esses candidatos e amanhã será publicado no Diário Oficial todo o rito de convocação. Nós entendemos que a reserva técnica de 2006 deveria fazer o TAF antes para não haver questionamentos futuros sobre os candidatos de 2018, para não paralisar o processo por causa de outra decisão da Justiça”, disse Marques.

Segundo Renan Filho, os testes para os aprovados em 2006 aconteceram entre os dias 22 e 26 de julho. Os aprovados em 2018 realizam as provas entre 5 e 9 de agosto. “Essas eram datas muito esperadas por todos. Não poderíamos ter feito esse anúncio antes porque precisamos verificar toda a base de dados do concurso de 2006 e isso não foi uma coisa simples. Fizemos isso detalhadamente para que os nossos concursos sigam sendo céleres e que selecionem os melhores. Vamos estudar e avaliar a possibilidade de publicar um novo concurso ainda em 2019 ou no primeiro semestre de 2020 para a Polícia Militar”, lembrou o governador.

O concurso da PM AL

O cargo de Soldado requer, na data prevista para a matrícula no Curso de Formação, ter concluído a última série do ensino médio ou equivalente, com certificado de conclusão ou equivalente, devidamente registrado e reconhecido pela Secretaria de Educação ou outro órgão competente. A remuneração do Soldado Combatente de Alagoas, na condição alcançada após a conclusão do Curso de Formação de Praças, é de R$ 3.744,47. Durante o curso de formação, os ganhos chegam a R$ 1.453,14. Os valores são com base no último edital da corporação.

Atribuições Soldado Combatente:

a) durante o Curso de Formação de Praças, como Soldado Aluno: exercer atividade estudantil, em regime de internato e(ou) semi-internato, em dedicação integral e exclusiva, exercendo as demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, conforme o Regulamento do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), Manual do Aluno do CFP/PMAL e diretrizes de ensino da Diretoria de Ensino da PMAL;

b) após a conclusão do Curso de Formação, como Soldado Combatente: exercer atribuições inerentes ao Soldado Combatente, com atribuições e deveres, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes, participando e promovendo a segurança pública por meio de execuções em ações e operações policiais militares. Para tanto, a atuação do Soldado Combatente compreende as seguintes atribuições específicas, dentre outras: executar o policiamento ostensivo fardado, reservado e velado; assessorar os comandantes de guarnição; executar o serviço de sentinela das guardas de: quartel, em estabelecimentos prisionais e nas assessorias militares; participar de ações e operações policiais; auxiliar e secretariar no desenvolvimento de processos e procedimentos administrativos da Polícia Militar; comandar guarnição de policiamento ostensivo fardado, reservado ou velado, na ausência de oficial e(ou) graduado para tal, obedecida a antiguidade hierárquica; auxiliar a parte administrativa das Unidades Operacionais; executar o serviço de motorista de viaturas operacionais e administrativas e de patrulheiro; pautar suas ações em preceitos éticos, técnicos e legais, previstos em leis e regulamentos da Polícia Militar de Alagoas;

c) condições gerais ao exercício do cargo: trabalhar em contato cotidiano com o público, em equipe, sob supervisão, em ambiente de trabalho que pode ser fechado, a céu aberto ou em veículos, em horários diversos (diurno, noturno e em rodízio de turnos); atuar em condições de pressão e de risco de morte em sua rotina de trabalho;

d) realizar atividades de segurança contra incêndio e pânico;

e) realizar serviços de limpeza e manutenção de dependências, viaturas, materiais e equipamentos;

f) realizar serviços administrativos, tais como: auxiliar de serviços gerais; auxiliar de tesouraria e finanças; auxiliar de aprovisionamento; auxiliar de almoxarifado; auxiliar de serviço de manutenção; auxiliar de arquivo; auxiliar de serviço de inteligência; digitador; armeiro; auxiliar de relações públicas; e outros serviços inerentes à atividade administrativa que sejam determinados pelos superiores hierárquicos; cumprir todas as leis, decretos, normas e regulamentos aplicados a PMAL.

Requisitos – Concurso PM AL Soldado 2019

  • a) ser brasileiro;
  • b) na data da matrícula ter concluído a última série do ensino médio ou equivalente, com certificado de conclusão ou equivalente devidamente registrado e reconhecido pela Secretaria de Educação ou outro órgão competente;
  • c) idade compreendida entre 18 anos, na data do ingresso no curso de formação, e 30 anos, na data da publicação deste edital;
  • d) ter altura mínima de 1,65m se do sexo masculino e 1,60m se do sexo feminino;
  • e) ter aptidão física e intelectual, comprovada por exames específicos;
  • f) ter sanidade física e mental, comprovada por exames específicos;
  • g) possuir bons antecedentes, comprovados por Certidões de antecedentes criminais da Justiça Federal, da Justiça Estadual, da Justiça Eleitoral e da Polícia Judiciária da(s) jurisdição(ões) onde residiu nos últimos cinco anos, obedecida a validade do próprio documento;
  • h) estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;
  • i) estar quite com as obrigações eleitorais;
  • j) não ter sido julgado incapaz ou inválido para o serviço ativo das Forças Armadas ou Forças Auxiliares;
  • k) não ter sido desligado por motivos disciplinares de estabelecimento de ensino militar, policial militar, policial civil, policial federal ou bombeiro militar;
  • l) não estar exercendo nem ter exercido atividades prejudiciais ou perigosas à Segurança Nacional;
  • m) ser aprovado, dentro do número de vagas oferecidas neste concurso, observado o prazo de validade do certame;
  • n) possuir conduta ilibada;
  • o) ser habilitado para conduzir veículos automotores, no mínimo na categoria B, ou provisória para esta categoria.

Como é formado o concurso?

O concurso da PM-AL deve ser composto por

a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da banca organizadora;

b) avaliação médica das condições de saúde física e mental, de caráter eliminatório, de responsabilidade da banca;

c) teste de aptidão física, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PMAL;

d) comprovação documental e investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PMAL.

A prova objetiva deve contar com questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Ciências Sociais: História Geral, do Brasil e de Alagoas, Geografia Geral, do Brasil e de Alagoas, Atualidades, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Direitos Humanos, Legislação Pertinente ao Policial Militar de Alagoas e Matemática.

Último edital foi divulgado em 2018

O último edital do concurso da PM-AL foi divulgado no Diário Oficial do Estado do dia 22 de junho com 500 vagas para o cargo de Soldado Combatente. O certame recebeu 28.728 inscritos.  O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe – CESPE) teve a responsabilidade do certame. As avaliações foram aplicadas no dia 30 de setembro.

Conteúdo cobrado no último edital

Conteúdo Programático

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome). 3.3 Programas de correio eletrônico (Outlook Express e Mozilla Thunderbird). 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloud computing). 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4 Procedimentos de backup. 5.5 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

CIÊNCIAS SOCIAIS: I HISTORIA GERAL, DO BRASIL E DE ALAGOAS: 1 Primeiras civilizações. 2 Idade Média, Moderna e Contemporânea. 3 Expansão do capitalismo. 4 Brasil 500 anos. 4.1 Estrutura econômica, política, social e cultural. 4.2 Sociedade colonial. 4.3 Família real no Brasil e os períodos regenciais. 4.4 Período republicano. 4.5 Tenentismo. 4.6 Crise de 1929. 4.7 Era Vargas. 4.8 A nova república e a globalização mundial. 4.9 Aspectos históricos do Estado de Alagoas: colonização, povoamento, sociedade e indústrias.

II GEOGRAFIA GERAL, DO BRASIL E DE ALAGOAS: 1 Geografia política do mundo atual. 2 Globalização. 3 Aspectos gerais da população brasileira. 4 Degradação do meio ambiente. 5 O Brasil no contexto internacional. 6 Formação do Brasil. 7 Território brasileiro atual. 8 Problemas sociais urbanos no Brasil. 9 Estrutura fundiária brasileira. 10 Qualidade de vida e alguns indicadores. 11 Aspectos geográficos do estado de Alagoas.

ATUALIDADES: 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Princípios. 2 Regime jurídico Administrativo. 3 Poderes da Administração Pública. 4 Serviço Público. 5 Atos Administrativos. 6 Contratos Administrativos e Licitação. 7 Bens Públicos. 8 Administração Direta e Indireta. 9 Controle da Administração Pública. 10 Responsabilidade do Estado.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: 1 Direitos e garantias fundamentais. 2 Estrutura e organização do Estado Brasileiro. 3 Defesa do Estado e das Instituições Democráticas. NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL PENAL: 1 Inquérito policial. 2 Ação penal.

NOÇÕES DE DIREITOS HUMANOS: 1 Conceito. 2 Evolução. 3 Abrangência. 4 Sistema de Proteção. 5 Convenção americana sobre direitos humanos (Pacto de São José e Decreto nº 678/1992).

LEGISLAÇÃO PERTINENTE AO POLICIAL MILITAR DE ALAGOAS: 1 Lei Estadual nº 5.346/1992 (Estatuto dos Policiais Militares do Estado de Alagoas). 2 Decreto Estadual nº 37.042/1996 (Aprova o Regulamento Disciplinar da Polícia Militar de Alagoas e dá outras providências). 3 Decreto-Lei nº 2.848/1940 e suas alterações (Parte geral do Código Penal): Título I a III.

MATEMÁTICA: 1 Modelos algébricos. 2 Geometria das superfícies planas. 3 Padrões numéricos. 4 Modelos lineares. 5 Modelos periódicos. 6 Geometria dos sólidos. 7 Modelos exponenciais e logarítmicos. 8 Princípios de contagem. 9 Análise de dados. 10 Geometria do plano cartesiano. 11 Geometria do plano complexo.

TV Notícias Concursos

Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Militar de Alagoas
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: R$ 3.744,47 (conforme último concurso)
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
  • Link do último edital

ago 6, 2019Saulo Moreira

The following two tabs change content below.

Saulo Moreira

Editor do Site Notícias Concursos com mais de 2 mil artigos publicados.

Últimos posts de Saulo Moreira (ver tudo)

!function(f,b,e,v,n,t,s){if(f.fbq)return;n=f.fbq=function(){n.callMethod?
n.callMethod.apply(n,arguments):n.queue.push(arguments)};if(!f._fbq)f._fbq=n;
n.push=n;n.loaded=!0;n.version=’2.0′;n.queue=[];t=b.createElement(e);t.async=!0;
t.src=v;s=b.getElementsByTagName(e)[0];s.parentNode.insertBefore(t,s)}(window,
document,’script’,’https://connect.facebook.net/en_US/fbevents.js’);
fbq(‘init’, ‘492570790923500’);
fbq(‘track’, ‘PageView’);

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: