fbpx

Concurso TRF 3: convocação publicada!

O concurso TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) tornou pública a convocação dos candidatos que se autodeclararam pretos ou pardos na última prova para provimento de cargos no órgão.

Segundo o edital, a primeira fase da verificação do componente étnico-racial poderá ser realizada em uma ou mais entrevistas, a critério da Comissão de Avaliação constituída especificamente para esse propósito.

Portanto, em caso de necessidade de entrevistas complementares, estas serão realizadas em datas e horários a serem comunicados ao candidato interessado pela referida Comissão.

A primeira avaliação prevista na publicação do Diário Oficial da União (DOU) está marcada para a data de 24/8/2020, a partir das 14h00 (clique aqui e vá até o anexo do edital).

Nesta matéria, você irá conferir as principais informações da publicação feita no DOU, mas antes saiba como estudar para concursos de tribunais, bem como outras áreas, pagando um valor que cabe no seu bolso:

Assinatura ilimitada

Com a Assinatura Ilimitada, você terá acesso a vários pacotes completos de cursos para concursos públicos de diversos órgãos e esferas.

Não só isso, mas você utilizará da nossa ferramenta inédita e exclusiva: o PDF 2.0. Todos os problemas que um concurseiro pode imaginar, o PDF 2.0 resolve. Ainda há a opção de pagamento recorrente!

Então, clique abaixo e confira:

Concurso TRF 3: local de detalhes da avaliação

A entrevista de avaliação dos aprovados cotistas no concurso TRF 3 será realizada pela Comissão, na sede do TRF 3, situado à Avenida Paulista, 1842, Torre Norte, 13º andar, na cidade de São Paulo – SP.

É de responsabilidade da Comissão de Avaliação emitir parecer decisivo quanto ao enquadramento do candidato para ocupação de vagas destinadas a pessoas pretas e pardas, observando-se o fenótipo apresentado pelo candidato, em avaliação pessoal:

  • Previamente à avaliação, o candidato será instado a preencher formulário, firmando autodeclaração que represente sua condição étnica;
  • Será tirada uma foto do candidato, por servidores do quadro de pessoal do órgão, a qual, depois do aceite do candidato, será juntada ao formulário descrito no item anterior;
  • Durante a avaliação, o candidato poderá apresentar a documentação que julgar pertinente, com o intuito de comprovar o seu enquadramento na condição de pessoa preta ou parda;
  • O parecer decisivo da Comissão será emitido com base na percepção de seus membros sobre o fenótipo apresentado pelo candidato durante a entrevista.

Informa-se que o candidato será considerado enquadrado na condição de pessoa preta ou parda quando, pelo menos um dos membros da Comissão, decidir pelo atendimento ao quesito fenotípico.

Aquele candidato que não for enquadrado na condição citada acima será excluído da lista de reserva a candidatos pretos ou pardos.

Na hipótese de a Comissão constatar falsidade na declaração feita pelo candidato, ele será excluído do concurso e a documentação encaminhada ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal para apuração.

Importa informar que o não enquadramento do candidato na condição de pessoa preta ou parda não se configura em ato discriminatório de qualquer natureza.

Será excluído do concurso aquele candidato que não comparecer à entrevista designada pela Comissão.

Concurso TRF 3: documentação exigida

A publicação ainda traz a informação quanto aos documentos exigidos dos candidatos convocados. Segundo o edital, o candidato deverá, obrigatoriamente, estar portando documento de identidade com foto e validade no território nacional, em todas as avaliações.

A não apresentação da documentação referida implicará a impossibilidade de realizar a respectiva avaliação e resultará na eliminação do candidato do concurso público.

Normas de prevenção sanitária e isolamento social

A realização das entrevistas de avaliação observará as normas sanitárias dispostas para o restabelecimento gradual das atividades presenciais no âmbito do TRF 3.

As entrevistas poderão ser suspensas caso haja alteração das condições sanitárias, de acordo com as fases estabelecidas pelo Governado do Estado de São Paulo, conforme a evolução da Covid-19.

O ingresso e a permanência nas dependências do Tribunal estão restritos aos candidatos convocados, a fim de se evitar aglomerações, e deverão observar:

  • I – o distanciamento social;
  • II – as regras de higiene pessoal e etiqueta respiratória (cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar);
  • III – o uso obrigatório de máscara individual, cirúrgica ou de tecido, de proteção de nariz e boca, não sendo permitido o acesso sem a utilização da mesma;
  • IV – a aferição da temperatura corporal.

Concurso TRF 3: disposições gerais

Os candidatos do concurso TRF 3 que apresentarem, no momento da aferição, temperatura corporal superior a 37,5°C serão impedidos de adentrar nas dependências do Tribunal.

O TRF 3 não fornecerá máscaras de proteção ao candidato, o qual deverá dispor da quantidade suficiente para sua reposição, bem como embalagem plástica para seu descarte e manutenção, uma vez que é recomendada a sua troca na entrada do prédio e a cada 2 horas de uso.

A retirada da máscara de proteção facial somente será permitida nos momentos da identificação, da foto e da avaliação fenotípica pela comissão do TRF 3.

Os candidatos deverão seguir e respeitar a sinalização para manter o distanciamento social nos elevadores (cuja utilização está limitada a cinco pessoas por vez), corredores e salas de espera e de entrevistas/avaliação.

Será obrigatória a higienização das mãos com álcool em gel a 70% antes e depois do compartilhamento de canetas ou outros objetos, se for o caso.

Ao candidato é proibido se alimentar enquanto estiver nas dependências do TRF 3, recomendando-se que traga a sua própria garrafa de água para uso individual.

A recusa do candidato em obedecer às normas sanitárias dispostas neste edital acarretará a sua retirada do local de avaliação e a sua exclusão do concurso TRF 3.

Resumo

  • banca: FCC;
  • cargos: Técnico Judiciário – área administrativa, Técnico Judiciário – área da informática, Analista Judiciário – área judiciária e Analista Judiciário – área de informática;
  • escolaridade: ensino médio e ensino superior;
  • Vagas: 9 imediatas + CR
  • Confira o edital neste link
notícias concurso trf 3

As principais notícias, avisos de eventos e dicas de estudo estão no Instagram do Direção Concursos: clique e confira!

concurso federal concurso trf 3 concurso trf3 concursos de tribunais concursos federais concursos poder judiciario trf 3 trf3

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!