fbpx

Concursos públicos: saiba que matérias estudar

Estudar para concurso público por conta própria exige muita disciplina e dedicação. Além de ter um bom planejamento, o concurseiro precisa também se antecipar nos estudos, pois estar um passo a frente dos demais concorrentes abre uma vantagem. Por isso, o ideal é ter longos meses de preparação. 

Muitos concurseiros cometem o erro de só estudar após a divulgação do edital, o que significa ter pouco tempo para se preparar para a prova. No entanto, é preciso estudar muito antes da data para a qual se espera a divulgação do edital. O ideal seria saber o conteúdo programático previsto no edital para se preparar, mas aguardar por ele é perder tempo de estudo. Além disso, é possível estudar por área e observar o conteúdo programático dos editais dos concursos anteriores. 

Desse modo, é possível saber quais matérias estudar ou, ao menos, ter uma ideia de por qual matéria começar. Ainda assim, os concurseiros mais inexperientes têm dúvidas sobre quais matérias estudar. Pensando nisso, apresentamos algumas dicas para aqueles que estão começando. 

Que matérias estudar para o concurso?

Em primeiro lugar é preciso ter em mente que as matérias podem ser classificadas em básicas, secundárias e específicas. As matérias básicas são aquelas mais comuns, que caem na maioria dos concursos, independentemente da área. Além disso, costumam valer mais pontos. As secundárias valem menos pontos. Já as específicas são próprias da área, então, costumam variar.

Começar a estudar a partir das disciplinas mais básicas da área escolhida é o ideal. Para saber quais são essas matérias, vale realizar uma pesquisa a partir do conteúdo programático de editais anteriores. No entanto, há disciplinas que dispensam essa procura, é o caso das matérias de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico. Essas três sempre aparecem entre as cobranças dos certames, então começar por elas é uma boa ideia. 

Na área fiscal, por exemplo, as matérias de Contabilidade Geral, Direito Tributário, Direito Constitucional e Direito Administrativo também são basilares. Já na área de educação, uma das disciplinas básicas é a de Didática. Desse modo, observa-se que pode haver uma variação.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Leia O que fazer se “der um branco” na prova? Veja 3 dicas.

Fonte: Google News

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais