fbpx

Confederação Israelita acusa Roberto Jefferson de racismo

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) prepara notícia-crime contra o senhor Roberto Jefferson (RJ), presidente nacional do PTB que divulgou em seu perfil no Instagram mensagem que a entidade considera ser antissemita.

Segundo nota divulgada pela Conib, a postagem do senador evocaria “uma das formas mais vis de atacar os judeus, o infanticídio”. Assim, considera que se caracterizaria crime de racismo, “com aumento de pena pelo fato de ter sido praticado por intermédio de rede social”. Ainda de acordo com a nota, “as evidências do ilícito e dos comentários de seguidores, que também podem ser caracterizados como crime, foram preservados para investigação criminal”.

A Conib também comunicou o fato ao Instagram solicitando a remoção da postagem e punição do perfil. “Todo crime de racismo é repugnante e deve ser punido com o máximo rigor da lei. A história já nos mostrou, da forma mais dura e bárbara, como o racismo e o discurso de ódio são responsáveis pelos episódios mais terríveis da humanidade”, afirma a entidade.

A íntegra da nota está disponível aqui.

Veja também:

Bolsonaro rifa Pazuello, médica sofre resistência e Luizinho corre por fora

  • separator

Fonte: Terra

Deixe uma resposta

Jornais Virtuais