fbpx

Confira! – Concurso Delegado PC ES: Deputados pedem novo certame

Atenção, concurseiros! Durante uma reunião na Assembleia Legislativa do Espírito Santo com profissionais da segurança pública do estado, o deputado estadual Delegado Danilo Bahiense garantiu que existe a possibilidade de retomada do concurso para a Polícia Civil do Estado do Espírito Santo para o cargo de Delegado (Concurso PC ES Delegado).

De acordo com o deputado, houve uma conversa com o delegado-chefe da PC ES, Darcy Arruda, que garantiu o empenho para a publicação de um novo certame. “Estamos atentos e sempre cobrando do Governo. Espero que o mais rápido possível possamos ter notícias”.

Já a assessoria de comunicação da PC ES afirmou que o órgão “está em fase de análise, por parte da instituição, a possibilidade de elaboração de outro concurso”. 

O último edital foi publicado em 2018, mas foi anulado em março de 2020 por conta irregularidades durante o curso do processo. Aquele concurso PC ES Delegado contava com 33 vagas imediatas, com subsídio inicial de R$ 10.058,56.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o concurso Delegado PC ES. Para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso Delegado PC ES: situação atual

ANULAÇÃO DO ÚLTIMO CERTAME

Em 20 de março, o delegado-chefe da PC ES, Darcy Arruda, decidiu por anular o certame destinado ao preenchimento de 33 vagas para o cargo de Delegado. De acordo com a Instrução de Serviço nº 113 de 19/03/20, publicado no Diário Oficial do Estado, a decisão levou em consideração:

  • os termos da suspensão preventiva do certame.
  • a instauração de procedimento administrativo visando a apuração de supostas irregularidades no concurso.
  • a conclusão registrada pela Procuradoria Geral do Estado, opinando pela invalidação do contrato e pela anulação de todo o certame com escopo na ausência de capacidade técnica do Instituto Acesso para sagra-se vitoriosa na dispensa licitatória;
  • a ampla defesa e o contraditório oportunizados à banca organizadora do concurso, nos quais não ficou comprovada a capacidade técnica do Instituto Acesso para executar o contrato firmado com o Estado do Espírito Santo.
  • A reunião extraordinária realizada no dia 12 de março de 2020 entre o Delegado e a Comissão do Concurso, em que, conforme ata, houve a deliberação unânime pela anulação de todo o certame.

Confira abaixo a decisão:

Concurso Delegado PC ES: anulado!

DEPUTADO FALA EM RETOMADA DO CONCURSO

Durante uma reunião na Assembleia Legislativa do Espírito do Santo entre membros da Comissão de Segurança Pública, os membros levantaram alguns questionamentos de profissionais que atuam no setor. Entre eles, o concurso público para o cargo de Delegado.

A justificativa é devido a falta de profissionais, uma vez que diversas delegacias foram fechadas na Grande Vitória e no interior do estado. “Estamos atentos aqui na comissão e sempre cobrando do Governo. Espero que o mais rápido possível possa ter notícias positivas para todos”, disse Bahiense.

Uma semana depois, a assessoria de comunicação da PC ES confirmou ao Gran Cursos Online que analisa a possibilidade de elaboração de outro concurso .“A Polícia Civil informa que não há previsão de um novo edital no momento, mas está em fase de análise, por parte da instituição, a possibilidade de elaboração de outro concurso”.

Concurso Delegado PC ES: remuneração e benefícios

De acordo com o edital Delegado PC ES que foi anulado, a remuneração inicial ofertada para o cargo é de R$ 10.058,56, além de vantagens financeiras decorrentes de promoção, progressão, serviço extraordinário, indenização suplementar de escala operacional, indenização para aquisição de uniforme, gratificação de acúmulo de titularidade, gratificação de chefia, gratificação de função e bônus pecuniário.

Concurso Delegado PC ES: inscrições

As inscrições estiveram abertas entre os dias 22 de março de 2019 e 30 de abril de 2019 e puderam ser realizadas pelo endereço eletrônico da banca organizadora, Instituto Acesso: www.institutoacesso.org.br.

A taxa de participação custou R$ 138,00.

Concurso Delegado PC ES: cargos e vagas

O certame era destinado ao preenchimento de vagas para:

Delegado de Polícia
Vagas: 33
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Concurso Delegado PC ES: carreira

Requisitos

Para a investidura no cargo, são necessários os seguintes requisitos:

  • ser aprovado em todas as fases do concurso;
  • ser brasileiro, nato ou naturalizado;
  • apresentar diploma de conclusão de curso superior de Bacharel em Direito, devidamente registrado;
  • possuir três anos de prática forense, após a conclusão do curso de Direito, ou três anos de atividade policial, em qualquer instituição de segurança pública prevista no art. 144 da Constituição Federal, devidamente comprovada.
  • estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (sexo masculino);
  • possuir carteira de identidade civil;
  • possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo, na data da posse;
  • ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • firmar declaração de não estar cumprindo sanção por idoneidade ou indisciplina, aplicada por qualquer órgão público e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal;
  • apresentar as seguintes certidões:
    • antecedentes criminais da Justiça Federal, da Justiça Estadual e da Justiça Eleitoral;
    • quando for o caso, da Justiça Militar Estadual;
    • da cidade/município e/ou da jurisdição onde residiu nos últimos cinco anos, expedidas, no máximo, há seis meses.

Concurso Delegado PC ES: etapas

O concurso foi composto de sete etapas, sendo elas:

  • primeira etapa – exame intelectual, constituída de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • segunda etapa – exame intelectual, constituída de prova escrita e discursiva de caráter eliminatório e classificatório;
  • terceira etapa – de caráter eliminatório, com as seguintes fases:
    • exame de aptidão física;
    • exame de sanidade física e mental; e
    • exame psicotécnico;
  • quarta etapa – constituída de prova oral, de caráter eliminatório e classificatório, realizada em sessão pública com gravação de áudio ou qualquer outro meio que possibilite a sua posterior reprodução, vedado o exame simultâneo de mais de um candidato;
  • quinta etapa – comprovação e avaliação de títulos, de caráter classificatório, até o limite de 20 pontos; e
    • comprovação do cumprimento do tempo mínimo de prática forense ou em atividade policial, de caráter eliminatório;
  • sexta etapa- sindicância da vida pregressa, de caráter eliminatório;
  • sétima etapa – aprovação em curso de formação profissional ministrado pela academia de polícia civil, de caráter eliminatório.

Prova objetiva

A prova objetiva foi composta de 100 questões, com cinco alternativas de resposta, sendo apenas uma resposta correta.

A prova objetiva foi aplicada no dia 14 de julho de 2019 no turno da tarde e teve duração de 5h30min.

Disciplinas

A prova objetiva avaliou os conhecimentos dos candidatos nas seguintes disciplinas:

  • Direito Penal – 21 questões;
  • Direito Processual Penal – 21 questões;
  • Direito Administrativo – 16 questões;
  • Criminologia – 13 questões;
  • Direito Constitucional – 13 questões;
  • Direitos humanos – 4 questões;
  • Direito Civil – 4 questões;
  • Medicina Legal Judiciária – 4 questões;
  • Legislação Estadual – 4 questões.

Prova discursiva

Só foi convocado para a realizar a segunda etapa – prova discursiva, o candidato que foi aprovado na primeira etapa – prova objetiva.

A prova abrangeu os seguintes conhecimentos:

  • peça prática – 1 questão;
  • Direito penal – 1 questão;
  • Direito Processual Penal – 1 questão;
  • Direito Constitucional – 1 questão.

Teste de Aptidão Física

Os candidatos classificados até a 165º colocação seriam convocados para realizarem a fase de exame de aptidão física

O exame visa aferir a aptidão e a capacidade do candidato para suportar física e organicamente as exigência das atribuições do cargo e consistiu em:

  • corrida de resistência:
    • Feminina – 2.000 metros – 15 minutos; e
    • Masculino – 2.400 metros – 15 minutos.

Último concurso Delegado PC ES

O último concurso Delegado PC ES aconteceu em 2013. A  Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) foi a organizadora do certame que ofertou 03 vagas efetivas. Na ocasião, mais de 5 mil pessoas se inscreveram e apesar do edital ofertar apena 3 vagas, o  governo convocou 175 candidatos para posse.

As provas foram aplicadas nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim-ES, Colatina-ES, Linhares-ES e Região Metropolitana da Grande Vitória-ES e os candidatos foram avaliados de acordo com o conteúdo abaixo:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Direito Constitucional – 10 questões;
  • Direito Administrativo – 05 questões;
  • Direito Penal / Legislação Extravagante – 30 questões;
  • Direito Processual Penal / Legislação Extravagante – 20 questões; e
  • Direito Civil – 05 questões.

Resumo do concurso Delegado PC ES

Quer conquistar a sua aprovação no concurso Delegado PC ES?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

COMECE A ESTUDAR NO GRAN

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src=”https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!