fbpx

Confira! – Concurso Ministério da Saúde: Processo seletivo em breve

O Ministério da Saúde publicou o último edital de concurso em 2016 (concurso Ministério da Saúde), ofertando 102 vagas para cargos de Administrador, Analista Técnico de Políticas Sociais e Contador.

O certame foi organizado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional – IDECAN. O resultado final do concurso foi publicado em agosto de 2017.

Atualmente, o Ministério da Saúde possui 35.142 cargos vagos e está organizando um Processo Seletivo Simplificado.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o concurso do Ministério da Saúde, para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso Ministério da Saúde: remuneração e benefícios

A remuneração ofertada para os cargos foi de:

  • R$ 4.784,27 para os cargos de Administrador e Contador; e
  • R$ 5.744,88 para os cargos de Analista Técnico de Políticas Sociais.

O auxílio alimentação para todos os cargos é de R$ 458,00.

Concurso Ministério da Saúde: cargos e vagas

O concurso realizado em 2016 ofertou vagas para:

Administrador
Vagas: 34
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Técnico de Políticas Sociais
Vagas: 34
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Contador
Vagas: 34
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Cargos efetivos

De acordo com o Portal Brasileiro de Dados Abertos, referentes ao mês de junho de 2020, o órgão possui 35.142 cargos vagos.

Concurso Ministério da Saúde: requisitos

Administrador: Diploma de curso de nível superior em Administração, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro profissional no órgão de classe competente.

Analista Técnico de Políticas Sociais: Diploma de curso de nível superior, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Contador: Diploma de curso de nível superior em Ciências Contábeis, realizado em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro profissional no órgão de classe competente.

Atribuições

Administrador: Realizar estudos, análises, interpretações, planejamento, execução, coordenação e controle de trabalhos nos campos da administração, da logística, do orçamento e finanças, da gestão do trabalho e de materiais; implementar programas e projetos; elaborar planejamento organizacional; promover estudos de racionalização e controlar o desempenho organizacional; e prestar assessoria administrativa.

Analista Técnico de Políticas Sociais: Executar atividades de assistência técnica em projetos e programas nas áreas de saúde, bem como verificar, acompanhar e supervisionar os processos inerentes ao Sistema Único de Saúde e aos demais programas sociais do governo federal; Identificar situações em desacordo com os padrões estabelecidos em normas e legislação específica de
atenção à saúde. Aferir os resultados da assistência à saúde, considerando os planos e objetivos definidos no Sistema Único de Saúde e demais políticas sociais. Proceder à análise e avaliação dos dados obtidos, gerando informações que contribuam para o planejamento e o aperfeiçoamento das ações e políticas sociais; Apoiar e subsidiar as atividades de controle e de auditoria e colaborar na definição de estratégias de execução das atividades de controle e avaliação, sob o aspecto da melhoria contínua e aperfeiçoamento das políticas sociais.

Contador: Executar atividades orçamentárias, financeiras, contábeis, patrimoniais e de custos; realizar auditoria contábil e financeira; elaborar normas, relatórios e emitir pareceres; interpretar e aplicar a legislação econômico-fiscal, tributária e financeira; coordenar e executar atividades referentes à elaboração, à revisão e ao acompanhamento de programação orçamentária e financeira anual e plurianual; e acompanhar a gestão de recursos públicos e o exercício de outras atividades correlatas.

Concurso Ministério da Saúde: etapas

O concurso do Ministério da Saúde foi composto de:

  • provas objetivas de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos; e de
  • avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório, para o cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais.

Prova objetiva

As provas objetivas foram aplicadas no dia 19 de fevereiro de 2017 em todas as 27 capitais da Federação.

Disciplinas

As provas objetivas versaram sobre as disciplinas de:

  • Língua portuguesa  – 5 itens
    Raciocínio Lógico – 5 itens
    Conhecimentos Gerais – 15 itens
    Conhecimentos específicos – 25 itens

Estrutura da prova

As provas objetivas de múltipla escolha constaram de 50 itens, com 5 opções e um única resposta correta.

Prova discursiva

A prova discursiva foi aplicada no mesmo dia das provas objetivas e consistiu em um estudo de caso sobre tema constante do conteúdo programático de conhecimentos específicos para o cargo.

Esta prova valeu 40 pontos.

Avaliação de Títulos

Esta etapa foi somente para os candidatos que concorreram às vagas de Analista Técnico de Políticas Sociais e valeu 10 pontos.

Concurso Ministério da Saúde: avaliação de títulos

Resumo do concurso Ministério da Saúde

Lorena Martins

Lorena Martins
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src=”https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!