fbpx

Confira! – Infecções Odontogênicas

INFECÇÕES ODONTOGÊNICAS

                As infecções odontogênicas são causadas geralmente por bactérias que já fazem parte da flora oral normal, ou seja, são bactérias que, em condições normais, habitam as superfícies mucosas da cavidade bucal, o sulco gengival e a placa bacteriana. Normalmente essas bactérias causam as cáries dentárias, as gengivites e as periodontite. No entanto, quando invadem tecidos profundos subjacentes, através do ápice dentário ou de uma bolsa periodontal profunda, esses microrganismos podem causar infecções odontogênicas.

Estas infecções podem se propagar mais superficialmente, no caso de abscessos que drenam por via intra-oral, mas também podem se disseminar pelos espaços fasciais, mais profundamente, resultando, muitas vezes, em infecções de difícil resolução e de alta gravidade. A depender do caso, o tratamento varia desde uma terapia endodôntica e curetagem gengival até a extração, incisão e drenagem dos espaços fasciais profundos da cabeça e do pescoço. Além disso, o uso de antibióticos sempre deverá ser considerado para auxiliar na resolução dos casos.

ORIGEM DAS INFECÇÕES

                As infecções de origem odontogênica podem ocorrer por duas vias principais: a periapical (mais comum) e a periodontal.

Pela via periapical, a partir de uma polpa dentária necrosada, as bactérias se disseminam para áreas de menor resistência. Ou seja, da polpa dentária, as bactérias invadem a região periapical (osso esponjoso) e se disseminam até encontrar uma cortical óssea, rompendo a que apresentar a menor resistência (menor espessura). Por exemplo, a infecção originada de um incisivo central superior normalmente rompe a cortical vestibular, e não a palatina, pois a vestibular se apresenta mais delgada, com menor resistência. E isso ocorre para todos os dentes da cavidade bucal!

Quando a infecção perfura a cortical óssea, ela se dissemina por localizações anatômicas previsíveis, de acordo com o dente, com a espessura do osso que cobre o ápice desse dente e de acordo com o local da perfuração no osso e as inserções musculares na maxila e mandíbula.

PRINCÍPIOS PARA TRATAMENTO DE INFECÇÕES ODONTOGÊNICAS

Ao todo são 8 princípios que irão guiar a terapia das infecções odontogênicas.

1. Determinar a gravidade da infecção.
Isso será possível através de uma boa anamnese e exame clínico do paciente. Serão avaliados, entre outros fatores, o início da infecção, a velocidade de progressão e a ocorrência de alterações dos sinais vitais (temperatura, frequência cardíaca e respiratória e pressão sanguínea).

2. Avaliar o estado dos mecanismos de defesa do hospedeiro.
Deve-se estar atento a condições médicas que alteram os mecanismos de defesa do paciente, por exemplo diabetes, desnutrição, uso de medicamentos imunossupressores, etc.

3. Definir se o paciente deve ser tratado por um clínico ou por um Cirurgião Bucomaxilofacial.
Algumas infecções são mais graves e podem pôr em risco a vida do paciente, sendo necessário tratamento médico e cirúrgico agressivo, normalmente em uma unidade hospitalar.

4. Tratamento cirúrgico da infecção.
Nessa etapa, a terapia básica a ser realizada é a remoção da causa (tratamento endodôntico ou exodontia) e drenagem cirúrgica.

5. Suporte médico para o paciente.
A resistência sistêmica do paciente é talvez o fator mais importante para um bom resultado. Dessa forma, é essencial que o paciente com o sistema imune comprometido seja também acompanhado por um médico, que irá controlar sua condição.

6. Escolher e prescrever os antibióticos apropriados.
Inicialmente, deve-se considerar se de fato o paciente necessitará de antibioticoterapia. Algumas vezes, apenas a terapia cirúrgica será suficiente para resolver a infecção. No entanto, se houver necessidade, para a maioria dos casos, os antibióticos mais utilizados são penicilina, amoxicilina, clindamicina, azitromicina, metronidazol, moxifloxacino.

7. Administrar o antibiótico apropriadamente.
Ou seja, deve-se prescrever a posologia correta, observando doses e intervalos adequados, resultando em níveis de antibiótico satisfatórios para combater os microrganismos. Além disso, deve-se alertar o paciente sobre a continuidade de toda a terapia antibiótica, não interrompendo o tratamento diante de uma melhora inicial.

8. Avaliar frequentemente o paciente.
Por fim, deve-se reavaliar o paciente frequentemente afim de determinar sua melhora ou piora. Em caso de piora, devem ser investigadas as possíveis razões de insucesso, por exemplo, cirurgia inadequada, defesa do hospedeiro comprometida, presença de corpo estranho e problemas com o antibiótico prescrito.

 

REFERÊNCIAS

HUPP, J. R. et al. Cirurgia Oral e Maxilofacial Contemporânea. Elsevier, 5ed. 2015.

TOPAZIAN, R.G. et al. Infecções Orais e Maxilofaciais. Santos, 4ed. 2006.

 

QUESTÕES DE CONCURSO E RESIDÊNCIA

1. (FEPESE 2013 – Prefeitura de Florianópolis – Odontólogo) As infecções odontogênicas constituem um dos problemas mais difíceis de se tratar em odontologia. Em relação a esse assunto, analise as afirmativas abaixo:

I. As infecções odontogênicas possuem duas origens principais: periapical e periodontal.

II. Os micro-organismos aeróbios causadores das infecções odontogênicas mais comuns são os estafilococos.

III. Na mandíbula, as infecções dos incisivos, caninos e pré-molares geralmente perfuram o osso pela lâmina cortical vestíbulo-labial e acima da musculatura associada.

IV. Mais comumente, os molares superiores apresentarão infecções que perfuram o osso em posição superior à inserção do músculo bucinador, resultando numa infecção do espaço bucal.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas I, II e III.

b) São corretas apenas as afirmativas I, II e IV.

c) São corretas apenas as afirmativas I, III e IV.

d) São corretas apenas as afirmativas II, III e IV.

e) São corretas apenas as afirmativas I, II, III e IV.

 

Comentários:

I – Verdadeira.

II – Falsa. As bactérias aeróbias mais comuns são do grupo dos Streptococcus milleri.

III – Verdadeira. Realmente nesses dentes a cortical vestibular é mais delgada, e normalmente as infecções drenam para o meio intra-bucal.

IV – Verdadeira. Normalmente os molares superiores rompem a cortical vestibular, e a infecção pode se disseminar acima ou abaixo do músculo bucinador. Quando acima, desenvolve-se uma infecção no espaço bucal; quando abaixo, a infecção tende a drenar para o meio intra-bucal.

                Dessa forma, a alternativa correta desta questão é a alternativa C.

 

2.(SELECON – Prefeitura de Boa Vista – Cirurgião Bucomaxilofacial) Nos princípios para o manejo de infecções odontogênicas, NÃO é imperativo realizar:

a) remoção da causa da infecção.

b) drenagem cirúrgica.

c) uso de antibióticos.

d) uso de antipiréticos.

 

Comentários:

Quando se estuda os princípios para tratamento de infecções odontogênicas, fica bem evidente as considerações a respeito da remoção da causa, a drenagem cirúrgica e o uso de antibióticos. Os antipiréticos só serão indicados para controle sintomático (febre) do paciente, não alterando a evolução da doença (infecção odontogênica).

Alternativa a ser marcada: D.

 

NOSSOS CURSOS – GRAN CURSOS SAÚDE

Pessoal, abaixo trago alguns cursos que certamente irão ajudar na resolução de questões voltadas para concursos e residências. Corre lá no site www.grancursosonline.com.br, pesquisa o curso que melhor se adequada às suas necessidades e vamos começar juntos!!

Cursos:

  • Bucomaxilofacial Questões para Residências

Questões de residências em Cirurgia Bucomaxilofacial.

  • Resolução de Questões para prova do CADAR da Aeronáutica

Questões de provas da Aeronáutica na área de Cirurgia Bucomaxilofacial.

  • Odontologia para Concursos e Residências (área de Cirurgia Bucomaxilofacial)

Questões de concursos e residências na área de Cirurgia Bucomaxilofacial.

  • Residência USP – Residência em Área Profissional da Saúde – Odontologia

Questões de residências em diversos temas da Odontologia.

 

Vamos juntos!! E contem comigo para solucionar qualquer dúvida! Um abraço!

The post Infecções Odontogênicas appeared first on Gran Cursos Online.

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!