fbpx

Confira! – pedido de novo certame é protocolado no MP

Confira todas as informações do concurso INSS 2018 

O INSS divulgou no dia 09 de julho o edital do concurso de remoção para o cargo de analista do seguro social.  Tendo em vista o déficit de servidores, o documento pode indicar mais nomeações dos aprovados no último certame  e aumenta as expectativas de um novo concurso entre este ano e 2019.

Vale lembrar que, após muito rumores e reivindicações, a solicitação concurso INSS 2018 foi protocolada no ministério do planejamento. O processo que regulamenta o pedido do certame tramita na divisão de concursos públicos.

Ainda não há definições sobre o número de vagas, mas a expectativa é que o certame abra muitas oportunidades para suprir o quadro de servidores do órgão, que está bastante defasado. Abaixo você confere a solicitação na íntegra:

Anteriormente, reivindicando a nomeação de concursados e a realização de um novo concurso para o INSS, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) organizou paralisações de agências em todo o país.

Conforme a Federação, “no contexto atual o INSS vem passando por um verdadeiro caos, principalmente em virtude da insuficiência de servidores e a proposta de solucionar tais dificuldades com a implantação de ferramentas digitais”.

Ainda no início do mês de junho, o novo presidente da instituição informou que tenta conquistar o direito de nomear 475 concursados até o fim do mês de agosto, prazo final para que os cadastros de reserva sejam preenchidos.

Ainda conforme a presidência do INSS, a pasta deseja investir na gestão de pessoas e processos. “Quero fortalecer o servidor que está em condições de se aposentar e incentivá-lo a permanecer no INSS”, contou o presidente Edison Garcia durante entrevista ao Correio Brasiliense.

A FENASPS informou que “apresentou inúmeras vezes a direção do INSS, pauta de reivindicações, dentre elas, a proposta de implantar Plano de Carreira com Adicional de Qualificação, com incorporação das Gratificações, realização de Concurso Público”. Sem sucesso, agora inicia uma mobilização nacional.

INSS pede urgência em concurso

O INSS enviou uma nota técnica ao Ministério do Planejamento ratificando a urgência na recomposição do quadro de pessoal do órgão através dos excedentes do concurso INSS de 2015.

Segundo a nota, o quantitativo de vagas autorizadas oferecidos neste último certame não foi suficiente para amenizar o déficit de servidores, e o prazo do mesmo expira em agosto deste ano, sendo de extrema importância a autorização de vagas adicionais no novo edital.

O quadro II da nota, mostra o número de vacâncias do cargo de Técnico do Seguro no mês de março, referentes a aposentadorias, demissões, óbitos, decisões judiciais e exonerações.

São no total, 7.614 cargos vagos. Os concursos de 2012 a 2015 para o cargo proveram apenas 3.900 vagas, o que mostra a desproporcionalidade.

O INSS espera a autorização de 10.468 vagas considerando o novo concurso e os excedentes de 2015:

  • 2.212 para Perito Médico Previdenciário;
  • 2.222 para Analista do Seguro Social;
  • 6.034 para Técnico do Seguro Social.

Portaria concede ao presidente do INSS a função de prover cargos

Uma portaria concedeu ao presidente do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS a função de prover cargos efetivos do Quadro de Pessoal por meio de concurso público, entre outras movimentações do quadro de pessoal comissionado dentro do órgão.

A portaria de nº 2.178 foi publicada na edição desta quinta-feira, 24 de maio, do Diário Oficial da União.

Atualmente, há no Ministério do Planejamento uma movimentação para o acontecimento do concurso INSS que já havia confirmado como necessário em nota pela FENASPS (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social).

Esta medida está pretendendo ser tomada como meio de resolver o caos generalizado em que se encontram os postos de trabalho e o atendimento à população nas políticas públicas da base da federação.

concurso inss

 

Vagas Previstas

São previstas 7.580 vagas para Técnico do Seguro Social, Analista do Seguro Social e Perito Médico.

  • Técnico do Seguro Social: 3.941 vagas​
  • Analista do Seguro Social: 1.493 vagas​
  • Perito Médico: 2.146 vagas​

A carência de servidores no INSS  já é conhecida, porém, nos últimos semestres, o órgão vem apresentando a necessidade de um novo concurso público com uma urgência cada vez maior.

Remunerações Atualizadas

Atualmente, um servidor que atua no cargo de técnico recebe vencimentos de R$5.344,87. Já o cargos de analista e perito médico oferecem, respectivamente, ganhos de R$ 7.954,09R$ 10.616,14 .

O que é necessário para ser um servidor do INSS?

Se você se interessa pelo órgão e deseja ser um servidor é preciso se atentar aos requisitos antes de começar a sua preparação, assim, caso seja necessário suprir alguma exigência, haverá tempo para resolver a questão.

Se você possui nível médio ou superior e deseja ser um técnico do INSS, este vídeo foi pensado em você.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=aM2olz3CsdQ?rel=0]

Na lista abaixo estão presentes os principais requisitos exigidos no último edital, publicado no de 2015. Confira:

Analista do Seguro Social: para este cargo é  necessário possuir formação superior em Serviço Social, além de registro no órgão de classe.
Técnico em Seguro Social: já para o cargo de técnico basta possuir ensino médio
Perito Médico Previdenciário: graduação em medicina e registro no conselho regional de medicina

É possível prestar concurso dois cargos (Técnico e Analista)?

Às vezes, diante da expectativa de um novo certame, é comum que surjam dúvidas a respeito dos cargos. Por isso, vale ressaltar que no último concurso as provas para técnico e analista ocorreram em horários diferentes, além disso, há diversas disciplinas em comum.

Então, se você preencher os requisitos para ambos os cargos, é possível aproveitar o tempo de estudo e fazer as provas para os dois cargos, aumentando a sua chance de aprovação. Confira abaixo as disciplinas exigidas no certame:

Disciplinas em comum

Língua Portuguesa
Raciocínio Lógico
Noções de Informática

Disciplinas aproveitáveis

O cargo de Analista exige disciplinas como direito constitucional, enquanto o cargo de Técnico exige “noções de direito constitucional”; assim, é possível estudar a fundo as disciplinas de direito para a prova de analista e obter um bom desempenho na prova de técnico, que geralmente exige conhecimentos mais brandos de direito.

É o caso das disciplinas de direito constitucional e direito administrativo, exigidas para analista e cobradas apenas sob “noções” na prova de técnico.

Disciplinas divergentes

Após estudar as disciplinas comuns aos cargos, restam as disciplinas cobradas separadamente nos mesmos, sendo estas:

Para o cargo de Analista:

Legislação Previdenciária
Legislação da Assistência Social
Saúde dos trabalhadores e das pessoas com deficiência
Serviço Social

Para o cargo de Técnico:

Seguridade Social
Ética no serviço público

Sendo assim, com 12 disciplinas o candidato pode prestar 02 concursos e aumentar suas chances de ser um servidor público, em um único tempo de estudo.

Como estudar para o Concurso INSS?

Se você sonha em fazer parte da equipe de servidores do INSS deve saber que uma boa preparação deve ser feita com bastante antecedência, já que o concurso é um dos mais concorridos do país. Então, caso tenha iniciado sua trilha de concurseiro recentemente e não saiba por onde começar, assista o vídeo abaixo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=G17xglIcyBM?rel=0]

Último Concurso INSS

Como mencionado acima, o último certame aconteceu em 2015. Na época, foram oferecidas 150 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social e 800 para Técnico do Seguro Social. A banca organizadora foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), denominado Cespe.

Para o cargo de Analista foi exigido nível superior em Serviço Social, além de registro no órgão de classe específico (o vencimentos era de R$ 7.496,09, correspondente à remuneração bruta). Já para o posto de Técnico, foi necessário certificado de conclusão de curso de ensino médio (remuneração de até R$ 4.886,87, correspondente à remuneração bruta).

Ambos os cargos deveriam cumprir 40 horas semanais de trabalho.

Inscritos

Foram  1.087.789 candidatos inscritos neste concurso, tornando-se um dos maiores dos últimos anos.

Analista: 43.982 inscritos (concorrência de aproximadamente 293 candidatos por vaga)

Técnico: 1.043.807 inscritos (concorrência de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga)

Nomeações

Todos os 950 candidatos aprovados foram nomeados:

  • 07/11/16​: Foram nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 30/11/16​: Foram nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 09/12/16​: Foram nomeados 150 candidatos (100 técnicos e 50 analistas)
  • 13/04/17​: Foram nomeados 200 candidatos (técnicos)
  • 29/16/17: Foram nomeados 100 candidatos (técnicos)
  • 25/10/17​: Foram nomeados 100 candidatos (técnicos)
  • 21/11/17​: Foram nomeados 100 candidatos (técnicos)

Aprovados no INSS

Confira abaixo algumas entrevistas com nossos ex-alunos aprovados no INSS. Inspire-se e anote as dicas para otimizar a sua preparação!

Entrevista com Aprovada em 2° lugar no INSS 

Confira as dicas de Josimar Machado, aprovado no INSS 

Gostou dessa oportunidade? Deseja se preparar para o Concurso INSS?
O Estratégia Concurso já possui cursos relacionados ao certame. Confira:

Analista – INSS

Técnico – INSS

Crédito:

Estratégia Concursos

Baixe o conteúdo completo!

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!