Confira! – Recursos de administração – TJ-SC

Oi, tudo bem?

A prova de AJAA do TJ-SC foi de nível intermediário-difícil – algumas questões muito difíceis, poucas questões interpretativas e muitas questões totalmente dentro do que estudamos (mesmo que de nível intermediário-dificil).

Esse é o tipo de prova que nos mostra que é impossível estudar administração querendo saber de absolutamente tudo. Mostra ainda que é preciso estudar a matéria em grau de profundidade elevado, como fazemos, e não com simplificações excessivas baseadas em questões anteriores.

Tenho certeza que, apesar dos problemas da prova, meus alunos se deram muito melhor do que aqueles que não estudaram comigo, dada a grande aderência da prova ao que estudamos.

A FGV, como lhe é tradicional, resolve fazer questões considerando pontos extremamente detalhados de algumas visões específicas (e, por vezes, controversa) da teoria, o que leva os candidatos que estudaram muito a terem novas mais baixas, se aproximando dos candidatos que não estudaram. Isso aconteceu, ao meu ver:

1) na escolha para a questão de inovação, que considera subtipos de inovação que incluem até mesmo as incrementais;
2) na escolha teórica de quais seriam os fatores contingenciais que influenciam no sistema de controle (claramente relacionando itens de algum autor e que a banca não aceita contestações);
3) na técnica de negociação aplicada a uma negociação financeira específica, não seus aspectos gerais;
4) nos pesos específicos usados no cálculo PERT; e técnica específica EVA em gestão de projetos (que é de administração financeira!).

No mais, as questões estavam totalmente dentro do conteúdo. Apesar disso, percebo duas possibilidades concretas de recursos na prova de analista administrativo – Tipo 1:

Q33) Segundo Nonaka e Takeuchi a criação de manuais de procedimento realmente é um tipo de interação de conhecimento conhecida como combinação, mas o comando da questão fala que a interação seria do tipo tácito-explícito, o que levaria o candidato a pensar na “externalização”. Como o comando aponta para duas respostas possíveis, solicite anulação da questão.

Q37) Apesar do gabarito apontado estar correto, também é possível considerar o turnover como indicador de clima organizacional, já que funcionários insatisfeitos com o clima tendem a sair da organização. O grau de satisfação com a organização também cai quando a percepção de clima se reduz. Assim, a questão deve ser anulada por múltipla possibilidade de resposta.

Abraço e sucesso!!
Prof. Carlos Xavier

Crédito:

Estratégia Concursos

Baixe o conteúdo completo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: