fbpx

Confira! – saiba quais são e como lidar com eles

Todos temos sabotadores internos em maior ou menor grau. Entender suas características e como manifestam-se é uma maneira de não se deixar dominar por eles.

Os sabotadores internos são fruto da autossabotagem, que pode aparecer graças a algum medo, referência de modelo comportamental ou trauma na infância, sensação de não pertencimento, efeito manada ou até mesmo hábito e acomodação.

Geralmente estão no campo do inconsciente e são uma reação automática na nossa maneira de viver. Insegurança e baixa autoestima; medo de mudanças, de autoconhecimento do sucesso ou do ostracismo; imaturidade; ansiedade; falta de autorresponsabilidade e ter orgulho do sabotador são elementos que permitem a ação desse mal no nosso dia a dia.

Já sentiu que algo dentro de você sempre atrapalha o seu fluxo de estudos ou de trabalho? Pois é, pode ser um dos 10 inimigos mentais descritos pela psicologia. Saiba como acabar com isso e aproveitar todas as oportunidades dos Concursos 2020.

Identificar os sabotadores internos é o primeiro passo. Conheça-os:

1. Esponja

 Você pode identificá-lo em pessoas com sensibilidade acima da média. Aquelas que assimilam os problemas alheios e estão sempre cansadas, irritadas e com sono, graças a carga mental que adquirem pensando e sentindo coisas que não lhes dizem respeito.

Para os “esponja” não é indicado consumir filmes e séries violentos e nem acompanhar todas os noticiários, pois isso os afetará negativamente.

2. Prestativo

O prestativo está sempre aberto a tomar para si uma responsabilidade que não é sua. Isso causa muitos conflitos, pois está sempre dizendo sim para todos os pedidos que lhes são feitos e deixa de lado suas próprias obrigações.

Esse comportamento amigável e aparentemente nobre na verdade esconde o desejo constante de afeto e atenção.

3. Controlador

O controlador é viciado em poder. Acredita sempre estar certo e tem dificuldade de aceitar sugestões e ideias de outras pessoas.

Assume responsabilidades dos outros porque acredita ter maior capacidade para resolver. Isso, geralmente, é um reflexo de pessoas que assumiram responsabilidade muito cedo durante a infância.

4. Crítico

Para o crítico nada nunca está bom. A negatividade impera nesse perfil e há uma lupa em seus olhos sempre maximizando os problemas. A crítica está voltada não apenas para si, mas também para os outros e para as situações.

Graças a sua visão pessimista, encontra dificuldade em solucionar problemas, afinal, o foco sempre está nos obstáculos.

5. Vitimista

Pessoas sem metas e objetivos, que não assumem responsabilidades e estão sempre terceirizando a culpa de suas frustrações.

Qualquer um pode ser o culpado por seus problemas, menos ele mesmo. Por isso, tem tendências passivo-agressivas vindas de um lugar de mágoas, inveja e comparações.

6. Negativo

Ninguém nasce negativo, isso é construído ao longo da vida e a porta de entrada é a reclamação. Esse sabotador torna a pessoa hostil, e faz com que ela sinta incomodo quando vê alguém feliz e satisfeita quando percebe alguém em situação pior do que a dela.

Levam tudo a sério, desistem no primeiro obstáculo e comparam-se constantemente.

7. Hiperviligante

Está sempre fugindo da possibilidade de sofrimento, o que é paradoxal, pois acaba sempre levando a ele. A preocupação com problemas que sempre parecem maiores que a realidade causam muita angústia e impedem que a pessoa arrisque.

8. Perfeccionista

Este é o mais comum. Quem não conhece alguém que se autointitula perfeccionista?

É preciso bastante cuidado, porque essa característica pode ser apenas uma fuga para não iniciar nada. O perfeccionista acha que sabe de tudo e melhor do que os demais

Para evitar o erro, costuma procrastinar e fica paralisado diante dos desafios. Exige demais de si e dos outros.

9. Esquivo

O esquivo é o oposto dos que falamos até agora. Ele está sempre focando apenas no lado positivo de tudo. É acomodado, o famoso “deixa vida me levar”.

Minimiza os problemas, esquiva-se das responsabilidades e está sempre em busca do prazer imediato. Trilhando o caminho mais fácil, mesmo que não leve a lugar algum.

10. Inquieto

Sabe aquela pessoa super empolgada que vive com novos projetos, mas nunca finaliza nenhum? Esse é o inquieto.

Essas pessoas tendem a achar que a vida é muito curta e deve ser aproveitada ao máximo, isso dificulta a constância e a concretização de objetivos.

Agora que você identificou seus sabotadores está na hora de atacá-los. Sempre que perceber que um deles está querendo dar as caras, pare, reflita e não permita que ele tome o controle.

Deixe para trás o que te impedia de avançar. Confira os concursos abertos e dê mais um passo.

Para saber mais sobre os sabotadores, veja a live da psicóloga, especialista em concursos públicos, Juliana Gegrim, clique aqui.

Thais Souza
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src=”https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!