fbpx

Confira! – último certame foi realizado em 2013. VEJA

O último edital de concurso da Companhia do Metropolitando do Distrito Federal (concurso Metrô DF) foi publicado em 2013, ofertando  232 vagas, além de formação de cadastro de reserva para empregos de níveis médio e superior.

O certame foi organizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) e 99.481 candidatos concorreram às vagas ofertadas.

Ao todo, 215 candidatos aprovados foram nomeados.

Atualmente, há 154 empregos vagos, mas não há previsão de realização de um novo concurso.

Confira ao longo desta matéria mais informações sobre o concurso Metrô DF, para facilitar, navegue utilizando o índice abaixo:

Concurso Metrô DF: remuneração e benefícios

De acordo com o edital de 2013, os salários mensais para os empregados do Metrô DF variam de R$ 2.916,00 a R$7.020,00, a depender do emprego.

Concurso Metrô DF: cargos e vagas

O edital ofertou vagas para:

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Adminitrador
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Advogado
Vagas: 6 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Analista de Sistema
Vagas: 4 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Arquivista
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Assistente Social
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Bibliotecário
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Contador
Vagas: 4 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Economista
Vagas: 4 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Médico do Trabalho
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 20 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Pedagogo
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Psicólogo
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Ambiental
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Civil
Vagas: 11 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenehrio de Controle de Qualidade
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Segurança do Trabalho
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletricista
Vagas: 4 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletrônico
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Mecânico
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Telecomunicações
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Profissional de Suporte Metroviário – Assistente Administrativo
Vagas: 24 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Contabilidade
Vagas: 3 +CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Informática
Vagas: 5 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Edificações
Vagas: 14 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrônica
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrotécnica
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Estradas
Vagas: 8 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnica em Mecânica
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Segurança no Trabalho
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Técnico Metroviário – Técnico em Telecomunicações
Vagas: 4 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Operador de Transporte Metroferroviário – Operador Metrofeerroviário Júnior
Vagas: 86 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Profissional de Segurança Metroferroviário – Segurança Metroferroviário
Vagas: 30 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Concurso Metrô DF: requisitos

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Adminitrador: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Administração, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Administração.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Advogado: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional na Ordem dos Advogados do Brasil.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Analista de Sistema: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em análise de sistemas ou área correlata à programação, computação, engenharia de sistemas, equipamentos e redes informatizadas, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Arquivista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Arquivologia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Assistente Social: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Serviço Social, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Serviço Social.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Bibliotecário: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Biblioteconomia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Biblioteconomia.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Contador: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Contabilidade, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Economista: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Economia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Economia.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Médico do Trabalho: diploma registrado, de conclusão de curso de graduação em Medicina, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e especialização em Medicina do Trabalho registrada no Conselho Regional de Medicina.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Pedagogo: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Pegagogia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Psicólogo: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Psicologia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro profissional no Conselho Regional de Psicologia.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Ambiental: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Ambiental, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Civil: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Civil, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Controle de Qualidade: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, especialização em controle de qualidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Segurança do Trabalho: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia ou Arquitetura, expedido por instuição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia ou no Conselho de Arquitetura e Urbanismo.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletricista: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Elétrica, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletrônico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Eletrônica, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Mecânico: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Mecânica, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Telecomunicações: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia de Telecomunicações, expedido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Profissional de Suporte Metroviário – Assistente Administrativo: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição educacional reconhecida Ministério da Educação.

Técnico Metroviário – Técnico em Contabilidade: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio técnico em contabilidade (antigo segundo grau profissionalizante) ou ensino médio completo mais curso técnico em contabilidade, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Informática: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em informática e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

 

Técnico Metroviário – Técnico em Edificações: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio técnico, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em edificações e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrônica: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em eletrônica e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrotécnica: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, e curso técnico em eletrotécnica e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnico em Estradas: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em obras e infra-estrutura em estradas e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnica em Mecânica: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em mecânica e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnico em Segurança no Trabalho: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em segurança do trabalho e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Técnico Metroviário – Técnico em Telecomunicações: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, curso técnico em telecomunicações e registro profissional no respectivo Conselho ou órgão competente, se for o caso.

Operador de Transporte Metroferroviário – Operador Metrofeerroviário Júnior: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B”, no mínimo.

Profissional de Segurança Metroferroviário – Segurança Metroferroviário:  certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo Ministério da Educação, e Carteira Nacional de Habilitação, categoria “D”, no mínimo.

Concurso Metrô DF: atribuições

Segundo o edital de concurso Metrô DF de 2013 são atribuições de:

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Adminitrador: participar das atividades de nível superior de administração relativas a planejamento, recursos humanos, materiais, organização e métodos, finanças, comercial, auditoria e apoio organizacional. Participar da elaboração e execução de planos e programas relativos às atividades da área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Advogado: participar das atividades de nível superior nos campos do direito administrativo, cível, penal, trabalhista, tributário e demais campos do direito. Executar levantamento de dados, análise e estudos de casos, acompanhamento de processos, análise e elaboração de minutas, editais, contratos, pareceres, despachos, audiências e demais procedimentos relativos à área jurídica. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Analista de Sistema: participar das atividades de nível superior relativas à manutenção, monitoração, programação e implementação dos sistemas informatizados, banco de dados, equipamentos e redes de teleprocessamento do METRÔ-DF. Participar da elaboração de projetos de sistemas informatizados baseados em métodos e processos, estruturas organizacionais e determinações específicas. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Arquivista: participar das atividades de nível superior relativas à organização do acervo do METRÔ-DF, visando a disponibilização da informação de maneira padronizada e ordenada, em tempo hábil. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Assistente Social: participar das atividades de nível superior de serviço social relativas aos programas de bem estar social, reabilitação profissional, higiene e segurança do trabalho para os empregados do METRÔ-DF. Participar da elaboração dos planos e programas de bem estar social, reabilitação profissional, higiene e segurança do trabalho. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Bibliotecário: participar das atividades de nível superior de bibliotecário, referentes à implantação e manutenção do acervo literário do METRÔ-DF. Participar da elaboração de planos e projetos envolvendo a catalogação, classificação, tematização, indexação, atualização, documentação e divulgação do acervo literário. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Contador: participar das atividades de nível superior relativas à contabilidade, finanças, obrigações tributárias e de auditoria nas contas do METRÔ-DF. Participar da elaboração e execução de planos e programas que envolvam a classificação e demonstrativos de contas, balancetes, balanços, apuração de resultados, situação patrimonial, orçamentos, custos, contas a pagar e receber e realizar demais procedimentos contábeis e financeiros no METRÔ-DF. Realizar análises e pareceres e emissão de notas técnicas. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de
complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Economista: participar das atividades de nível superior de economia, relativas ao programa orçamentário, receitas e despesas do METRÔ-DF. Participar da elaboração e da execução de planos e programas que envolvem política econômica, orçamentária, comercial, cambial, de crédito. Emitir pareceres técnicos, auditorias, análises financeiras de investimento de capital, rentabilidade de projetos e obtenção de recursos, acompanhamento de cenário econômico de tendências, incidências demográficas e pesquisas de demandas de transportes e formação de preços no METRÔ-DF. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Médico do Trabalho: participar das atividades de nível superior de medicina do trabalho, relativas a atendimento de emergência e doenças
ocupacionais, do METRÔ-DF. Executar programas de proteção à saúde, primeiros socorros, acidentes de trabalho, análise de doenças psicossomáticas derivadas das ocupações, interpretação de exames, análises de riscos, condições de trabalho, fadiga e fatores de insalubridade, exames periódicos, admissionais e demissionais, inspeção das instalações e demais procedimentos decorrentes da medicina do trabalho. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Pedagogo:  participar das atividades de nível superior de pedagogia, relativas ao desenvolvimento e capacitação profissional dos empregados do METRÔ-DF. Participar da elaboração de planos e programas que envolvem levantamento de necessidades de capacitação profissional, cursos, processo de formação profissional, avaliação de métodos de treinamento e desempenho profissional, captação de recursos humanos, materiais didáticos e demais aplicações pedagógicas. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Administrativa – Psicólogo: participar das atividades de nível superior de administração relativas a: planejamento, recursos humanos, materiais, organização e métodos, finanças, comercial, auditoria e apoio organizacional. Participar da elaboração e execução de planos e programas relativos às atividades da área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Ambiental: participar das atividades de nível superior de engenharia ambiental. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção de trens e que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Civil: participar das atividades de nível superior de engenharia civil do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Controle de Qualidade: participar das atividades de nível superior de engenharia de controle de qualidade do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Segurança do Trabalho: participar das atividades de nível superior de engenharia do trabalho, relativas à riscos, higiene e segurança do trabalho, do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos, projetos e programas que envolvem detecção de riscos, processos e ações preventivas, medidas de segurança e controle, riscos ambientais, equipamentos e instrumentos de segurança individual, inspeção de áreas e equipamentos, determinação de áreas de periculosidade, análise de causas de acidente de trabalho, materiais de segurança, inquéritos, treinamentos, auditorias e demais ações de segurança e higiene do trabalho. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletricista: participar das atividades de nível superior de engenharia elétrica do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Eletrônico: participar das atividades de nível superior de engenharia eletrônica do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro Mecânico: participar das atividades de nível superior de engenharia mecânica do METRÔ-DF. Participar da elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção que envolvam trens, dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Analista Metroferroviário – Área Técnica – Engenheiro de Telecomunicações: participar das atividades de nível superior de engenharia de telecomunicações do METRÔ-DF. Participar da
elaboração e executar planos e projetos de licenciamento, construção, alteração e manutenção de trens e que envolvam dimensionamento de linhas e estações metroferroviárias, avaliação e controle de fornecedores e materiais, especificações técnicas, atribuições legais, cronogramas, custos e orçamentos de projetos, equipamentos, instalações e auditorias. Emitir laudos, pareceres e fiscalização de obras, estudos técnicos e demais sistemas relativos às diversas áreas da engenharia. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Profissional de Suporte Metroviário – Assistente Administrativo: executar atividades de baixa complexidade relativas ao suporte administrativo nas diversas áreas do METRÔ-DF. Levantar e conferir dados relativos às áreas administrativas e operacionais do METRÔ-DF. Manter atualizados os dados e informações do sistema informatizado da área de atuação, executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Contabilidade: executar a classificação e conciliação de documentos contábeis e financeiros. Manter atualizado sistema informatizado da área de atuação. Participar da elaboração de balancetes e balanços. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Informática: auxiliar e executar atividades de baixo grau de complexidade relacionadas aos recursos computacionais do METRÔ-DF, envolvendo atendimento e suporte a usuários, manutenção corretiva e preventiva de equipamentos, monitoramento dos recursos computacionais de redes, incluindo servidores de domínio, de arquivos, de banco de dados, de sistemas diversos, de intranet e internet e a segurança de informação decorrente. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Edificações: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva, corretiva e preditiva relativas à edificação. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrônica: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva e corretiva relativas à eletrônica. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Eletrotécnica: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva e corretiva relativas à eletrotécnica. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Estradas: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva e corretiva relativas à estradas. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnica em Mecânica: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva e corretiva relativas à mecânica. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Segurança no Trabalho: auxiliar, executar e coordenar atividades de médio grau de complexidade relacionadas à inspeção das dependências do METRÔ-DF. Identificação de causas de acidentes do trabalho, inspeção periódica de equipamentos e instrumentos, preparar mapas, gráficos, relatórios e outros demonstrativos. Prestar primeiros socorros em caso de emergência. Treinar e orientar empregados do nível anterior no desenvolvimento das atividades. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Técnico Metroviário – Técnico em Telecomunicações: executar e fiscalizar as atividades de implantação de projetos, manutenção preventiva e corretiva relativas à telecomunicações. Executar, atualizar e elaborar roteiros de manutenção, esboços e desenhos técnicos, plantas, esquemas, estudos de medição, leitura de manuais, inspeções de materiais, testes e especificações técnicas para realização dos trabalhos. Executar programas de trabalhos dentro do cumprimento de cronogramas e demais condições estabelecidas pela área de atuação. Executar outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Operador de Transporte Metroferroviário – Operador Metrofeerroviário Júnior: executar, monitorar, controlar e dar suporte operacional nas estações metroferroviárias, envolvendo os procedimentos operacionais, de caráter assistencial, primeiros socorros, achados e perdidos, operação de equipamentos de comunicação, vendendo bilhetes, prestando informações e operando os equipamentos vinculados às estações. Prestar atendimento aos usuários. Treinar operadores metroferroviários no desenvolvimento das atividades. Executar todas as atividades que estejam previstas em normas internas, bem como outras tarefas correlatas da mesma natureza e nível de complexidade.

Profissional de Segurança Metroferroviário – Segurança Metroferroviário: executar atividades envolvendo os procedimentos de segurança, de fluxo de usuários e de combate a incêndio; treinar seguranças metroviários no desenvolvimento das atividades; operar equipamentos de comunicação; atender em primeiros socorros e encaminhar usuários a instituições de saúde ou órgãos de assistência social; atender com prioridade a idosos e portadores de deficiências; adotar medidas preventivas e repressivas com relação à prática de crimes e contravenções nas dependências do METRÔ-DF, encaminhando infratores a delegacias de polícia; elaborar relatórios e demais documentos conforme procedimentos vigentes; conduzir veículos e viaturas operacionais; fiscalizar a execução de serviços contratados; executar todas as atividades que estejam previstas em normas internas, bem como outras tarefas correlatas da mesma natureza e
nível de complexidade.

Concurso Metrô DF: etapas

O concurso contou com:

  • provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os empregos;
  • provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, para os empregos de nível superior;
  • teste de aptidão física, de caráter eliminatório e classificatório, para os empregos Operador de Transporte Metroferroviário  e Profissional
    de Segurança Operacional Metroferroviário;
  • avaliação psicológica, de caráter eliminatório, para os empregos Operador de Transporte Metroferroviário e Profissional de Segurança Operacional Metroferroviário;
  • curso de formação, de caráter eliminatório, para o emprego Profissional de Suporte Metroferroviário; e
  • avaliação de títulos, de caráter classificatório, para os empregos de nível superior.

Prova objetiva

As provas objetivas foram aplicadas no dia 13 de abril de 2013 no Distrito Federal e tiveram duração de 4 horas.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

  • Conhecimentos básicos
    Língua portuguesa – 8 questões
    Raciocínio lógico e matemático – 5 questões
    Legislação Aplicada aos empregados do Metrô DF – 5 questões
    Microinformática – 4 questões
    Atualidades – 3 questões
  • Conhecimentos especíicos – 25 questões

Estrutura da prova

As provas objetivas foram compostas de 50 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas em cada questão, para escolha de uma única resposta correta.

Prova discursiva

As provas discursivas foram aplicadas para os empregos de Analista Metroferroviário – área administrativa e Analista Metroferroviário – Área técnica.

A prova valeu 10,00 pontos e avaliou os conhecimentos específicos referentes a cada emprego, bem como a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas padrão da Língua portuguesa.

Teste de Aptidão Física

Os candidatos que disputaram as vagas de Operador de Transporte Metroferroviário e Profissional de Segurança Metroferroviário também tiveram de realizar o Teste de Aptidão Física.

O TAF consistiu nos seguintes testes:

  • flexão abdominal;
  • barra fixa;
  • salto vertical; e
  • corrida de 12  minutos.

Avaliação Psicológica

Foram submetidos à Avaliação Psicológica os candidatos que concorreram as vagas de Operador de Transporte Metroferroviário e Profissional de Segurança Metroferroviário.

Esta etapa busca verificar se os candidatos apresentam o perfil e as habilidades necessárias para o desenvolvimento das funções do emprego.

Curso de Formação Profissional

Fizeram o Curso de Formação Profissional os candidatos que disputaram as vagas de Profissional de Suporte Metroferroviário.

O curso teve a duração de 30 horas. A prova de verificação de aprendizagem teve pontuação de no mínimo 0,00 ponto e o máximo 10,00 pontos.

Avaliação de Títulos

Os candidatos que concorreram as vagas de Analista Metroferroviário – Área Administrativa e Analista Metroferroviário – Área Técnica também foram convocados para a presentação de títulos.

Concurso Metrô DF: nomeações

De acordo com informações do Metrô DF, 215 aprovados foram nomeados.

Motivos para fazer o concurso

  • Bom salários;
  • estabilidade financeira e profissional.

Resumo do concurso Metrô DF

Lorena Martins

Lorena Martins
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

(function() {
var _fbq = window._fbq || (window._fbq = []);
if (!_fbq.loaded) {
var fbds = document.createElement(‘script’);
fbds.async = true;
fbds.src=”https://connect.facebook.net/en_US/fbds.js”;
var s = document.getElementsByTagName(‘script’)[0];
s.parentNode.insertBefore(fbds, s);
_fbq.loaded = true;
}
_fbq.push([‘addPixelId’, ‘1459353050962300’]);
})();
window._fbq = window._fbq || [];
window._fbq.push([‘track’, ‘PixelInitialized’, {}]);

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!