Confira! – VEJA como foram as provas dos últimos concursos

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro deve publicar o edital de seu concurso público no dia 28 de fevereiro (concurso TJ RJ). O certame ofertará 160 vagas para cargos de Técnico de Atividades Judiciárias e Analista Judiciário e será organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de promoção de Eventos – Cebraspe.

Com a proximidade da publicação do edital, é importante manter a rotina de estudos e planejamento. Preparar-se com antecedência é fundamental para alcançar um bom desempenho nas provas e a aprovação.

Os editais de concursos passados costumam ser excelentes ferramentas para auxiliar nos estudos. Eles servem de ponto de partida para a organização e planejamento dos estudos. É por meio da análise do edital que o candidato passa a ter noção de quais matérias serão cobradas, a quantidade e os tipos de questões e qual é o peso atribuído à cada disciplina e questão.

Confira ao longo desta matéria informações sobre as etapas de provas e conteúdos programáticos dos últimos editais TJ RJ de 2012 e 2014. Os certames foram organizados pela banca Fundação Carlos Chagas – FCC. Para facilitar, navegue pela matéria utilizando o índice abaixo:

Concurso TJ RJ 2014

Em 2014, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro promoveu concurso público para o provimento de 208 vagas. O certame foi dividido em cinco editais, cada um para um cargo específico e organizado pela Fundação Carlos Chagas – FCC. Confira abaixo como foram distribuídas as vagas:

  • Técnico de Atividade Judiciária sem especialidade – 90 vagas;
  • Analista Judiciário – Especialidade Execução de Mandados – 34 vagas;
  • Analista Judiciário – Especialidade Comissário de Justiça da Infância, da Juventude e do Idoso – 23 vagas;
  • Analista Judiciário – Especialidade Psicólogo – 15 vagas; e
  • Analista Judiciário – Especialidade Assistente Social – 46 vagas.

A remuneração ofertada na ocasião variou de R$ 3.518,13 a R$ 5.794,26.

Prova objetiva

Técnico de Atividade Judiciário sem especialidade

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva composta por 100 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas e apenas uma resposta correta.

As disciplinas cobradas foram:

Grupo I

  • Língua portuguesa – 30 questões;
  • Raciocínio Lógico Matemático – 10 questões;

Grupo II

  • Noções de Direito Administrativo e Constitucional – 10 questões;
  • Noções de Direito Processual Civil – 15 questões;
  • Noções de Direito Processual Penal – 15 questões;

Grupo III

  • Noções de Custas Judiciais – 10 questões; e
  • CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar – 10 questões.

Analista Judiciário – Especialidade Execução de Mandados

A prova objetiva foi composta por 70 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas  de resposta e versou sobre as disciplinas de:

Grupo I

  • Língua portuguesa – 20 questões;

Grupo II

  • CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar – 10 questões;

Grupo III

  • Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Processual Civil e Direito Processual Penal – 40 questões.

Analista Judiciário – Especialidade Comissário de Justiça da Infância, da Juventude e do Idoso

Composta de 70 questões de múltipla escolha, a prova objetiva contemplou as disciplinas de:

Grupo I

  • Língua portuguesa – 20 questões;

Grupo II

  • CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar – 10 questões;

Grupo III

  • Direito da Criança, do Adolescente e do Idoso; Direito Administrativo; Direito Constitucional; Direito Processual Civil e Direito Processual Penal – 40 questões.

Analista Judiciário – Especialidade Psicólogo

A prova para o cargo de Analista Judiciário – Especialidade Psicólogo, composta de 70 questões de múltipla escolha, avaliou dos candidatos conhecimentos nas disciplinas de:

Grupo I

  • Língua portuguesa – 20 questões;

Grupo II

  • Noções de Direito Administrativo e Constitucional, CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar – 20 questões;

Grupo III

  • Conhecimentos Específicos – 30 questões.

Analista Judiciário – Especialidade Assistente Social

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, com 70 questões de múltipla escolha, que abrangeu os conteúdos de:

Grupo I

  • Língua portuguesa – 20 questões;

Grupo II

  • Noções de Direito Administrativo e Constitucional, CODJERJ, Consolidação Normativa e Legislação Complementar – 20 questões;

Grupo III

  • Conhecimentos específicos – 30 questões.

Prova discursiva

A prova discursiva foi aplicada somente para os cargos de Analistas Judiciários e constou de duas questões versando sobre conteúdos pertinentes a conhecimentos específicos.

Para avaliação desta prova, foram considerados os acertos das respostas dadas, o grau de conhecimento do tema demostrado pelo candidato e a fluência e a coerência da exposição.

Foi atribuída nota zero às questões que:

  • fugiram à modalidade de texto solicitada e/ou ao tema proposto;
  • apresentaram textos sob forma não articulada verbalmente;
  • foram escritas a lápis, em parte ou em sua totalidade;
  • estavam em branco; e
  • apresentaram letra ilegível.

Concurso TJ RJ 2012

Em 2012, o TJ RJ publicou dois editais de concurso ofertando vagas  para os cargos de Analista Judiciário – Especialidade Analista de Sistemas e Analista Judiciário sem Especialidade. Os certames também foram organizados pela Fundação Carlos Chagas – FCC.

Ao todo, foram ofertadas 6 vagas para o cargo de Analista Judiciário – Especialidade Analista de Sistemas e 71 para o cargo de Analista Judiciário sem Especialidade.

Prova objetiva

Analista Judiciário – Especialidade Analista de Sistemas

A prova objetiva foi composta de 70 questões de múltipla escolha, contendo cinco alternativas e versou sobre as disciplinas de:

Grupo I

  • Português – 30 questões;
  • Raciocínio lógico-matemático – 5 questões;

Grupo II

  • Legislação – 10 questões;

Grupo III

  • Conhecimentos Específicos – 25 questões.

Analista Judiciário sem Especialidade

A prova objetiva para o cargo de Analista Judiciário sem Especialidade constou de 90 questões de múltipla escolha, contendo cinco alternativas de respostas e versou sobre as disciplinas de:

Grupo I

  • Português – 30 questões;
  • Informática – 5 questões;

Grupo II

  • Direito Administrativo – 5 questões;
  • Direito Constitucional – 5 questões;
  • Direito Processual Civil – 15 questões;
  • Direito Processual Penal – 15 questões;

Grupo III

  • Legislação – 15 questões.

Prova discursiva

A prova discursiva foi aplicada somente para os candidatos que concorreram às vagas de Analista Judiciário  – Especialidade Analista de Sistemas e consistiu em um estudo de caso, contendo duas questões pertinentes a conhecimentos teóricos específicos.

A prova discursiva foi aplicada juntamente com a prova objetiva, e os candidatos tiveram 4h30min para realizarem as provas.

Leia mais sobre o concurso TJ RJ acessando aqui

Resumo do Concurso TJ RJ

Quer conquistar a sua aprovação no concurso TJ RJ?

Prepare-se com quem mais entende do assunto!

COMECE A ESTUDAR NO GRAN

Lorena Martins

Lorena Martins
Equipe de Comunicação do Gran Cursos Online

Crédito:

Gran Cursos Online

Pdf e Videoaulas disponíveis!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: